segunda-feira, 27 de abril de 2020

Duplicação da SP 333 em Marília avança em direção a Echaporã e Júlio Mesquita

Duas etapas de duplicação da Rodovia SP 333 (Rodovia Dona Leonor Mendes de Barros), região de Marília, seguem em obras com previsão de inauguração a partir de julho de 2021 e devem provocar impactos no tráfego e melhoria nos acesso entre Marília e Júlio Mesquita e Marília e Echaporã.
As obras envolvem 67 quilômetros de vias duplicadas. Os investimentos estão previstos no contrato de concessão firmado com a Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) e a Entrevias, que prevê 211 quilômetros de duplicação entre os 570km sob gestão da empresa.
As obras precisam estar concluídas até o oitavo ano de concessão. Em julho deste ano, a Entrevias entra no quarto ano de concessão.
As intervenções no primeiro trecho vão do quilômetro 295 ao 314, ou seja, iniciam quatro quilômetros antes do trevo de Júlio Mesquita, no km 299, e seguem até o entroncamento com a BR 153, na saída de Marília para Lins.
Equipes estão executando os serviços preliminares, como supressão de vegetação e trabalham na etapa de terraplanagem e drenagem, até o momento sem a necessidade de interdições. A previsão de conclusão é julho de 2021. No local será construída uma nova pista, com duas faixas de rolamento e acostamento.
A pista existente passará por obras de revitalização e será convertida em pista de sentido único, também com duas faixas e acostamento. Está prevista também a execução de dois dispositivos ao longo dos 19 kms ao longo da SP 333.
Em março, a Concessionária iniciou a mobilização para a obra de duplicação do trecho entre Marília e Echaporã, entre os quilômetros 362 e 385 e 337 ao 361.
Nesta etapa, equipes iniciaram os serviços preliminares, como limpeza e terraplanagem para a construção de uma nova pista com duas faixas de rolamento e acostamento.  Está prevista ainda a implantação de onze dispositivos em desnível na rodovia SP 333.
As duas duplicações fazem parte de um cronograma focado em segurança viária e infraestrutura. Motoristas terão uma experiência mais confortável e com um deslocamento mais ágil e seguro.

Fonte: Giro Marília


Nenhum comentário:

Postar um comentário