quinta-feira, 9 de abril de 2020

Campanha em Marília busca arrecadar alimentos para merendeiras demitidas de escolas estaduais

Uma campanha envolvendo várias entidades está coletando alimentos para doar para merendeiras demitidas que prestavam serviço terceirizado na rede pública estadual. No último dia 01 de abril, cerca de 80 merendeiras foram demitidas pela empresa que prestava serviço ao Estado, em razão da interrupção das aulas pela pandemia do Covid-19.
Segundo Thaís Lacerda, sou cofundadora do Coletivo de Mulheres Marília, uma das entidades participantes da campanha, a empresa terceirizada demitiu as merendeiras em razão dos cortes de repasse do governo, dentre outros motivos, e atualmente são 29 famílias das merendeiras precisando de ajuda.
“Estamos, junto a outras entidades, tentando cooptar doações como cestas básicas, produtos de higiene e até mesmo doações em dinheiro (tudo depois será prestado conta). Também criei uma vakinha virtual para doações em dinheiro/cartão. Estamos buscando o máximo de divulgação dessa causa, pois a ajuda será necessária por alguns meses ainda, a depender da situação após a crise atual”, disse.
A campanha tem apoio também do Sindimmar (Sindicato dos Servidores Municipais de Marília), Adunesp, Sindicato dos Químicos, e Professores em Mobilização Marília. Interessados em contribuir devem entrar em contato com Luciano (14) 98803 8611, Marcos 99173 2553 ou 98166 5189.

Fonte: Jornal da Manhã



Nenhum comentário:

Postar um comentário