quarta-feira, 29 de abril de 2020

Atestado de óbito de professor confirma morte por choque durante manutenção em clínica de Assis

Na manhã de segunda-feira, 27 de abril, a família de Júnior Conceição Sampaio, de 32 anos, confirmou que ele morreu devido a uma descarga elétrica.
O caso ocorreu na tarde de sexta-feira, enquanto Júnior auxiliava um amigo eletricista na manutenção de uma clínica, no Centro de Assis.
De acordo com o atestado de óbito, encaminhado à reportagem do AssisCity pelo pai da vítima, a causa da morte foi uma eletroplessão, que é a morte provocada pela exposição do corpo a uma carga letal de energia elétrica, de forma acidental. O atestado também informa parada cardíaca e agente físico.
Júnior tinha 32 anos de idade e atuava como professor de História na rede estadual de ensino. Segundo sua mãe, ele deu aulas nas escolas Professor Carlos Alberto de Oliveira, Professora Lourdes Pereira, para a turma do EJA da escola Francisca Ribeiro Mello Fernandes e, neste ano, estava ministrando aulas em uma escola de Tarumã.

Fonte: AssisCity


Nenhum comentário:

Postar um comentário