sexta-feira, 20 de março de 2020

Polícia Civil prende suspeitos de matar ex-detento em Duartina

A Polícia Civil prendeu, na quinta-feira, 19 de março, os dois suspeitos de envolvimento no assassinato de um ex-detento em Duartina. O crime aconteceu em dezembro de 2019 e foi o único homicídio registrado na cidade no ano passado, segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP).
De acordo com o delegado Paulo Calil, a vítima Edson Ubijara Pontes estava bebendo no Ecoparque quando se envolveu em uma briga com um dos suspeitos e quebrou a clavícula dele, momentos antes do crime.
Por isso, o outro suspeito agiu por vingança e matou o homem de 29 anos com um tiro no peito, a mando do amigo.
Após as investigações, a Polícia Civil identificou os suspeitos e pediu a prisão preventiva deles. Na quinta-feira (19), eles foram presos por homicídio triplamente qualificado e levados ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Bauru.
Segundo o delegado, um dos suspeitos tinha passagem na polícia por tráfico de drogas e saiu da cadeia em outubro. O outro tinha uma condenação anterior por lesão corporal grave.
A vítima também era ex-detento e, segundo a polícia, tinha saído da cadeia 18 dias antes de ser assassinado, após cumprir pena pela Lei Maria da Penha.

Fonte: G1


Nenhum comentário:

Postar um comentário