terça-feira, 18 de fevereiro de 2020

Policial que ameaçou prefeita de Vera Cruz teve de pagar fiança para ser liberado

Uma confusão envolvendo a prefeita de Vera Cruz, Renata Devito (PSDB), virou caso de polícia na última sexta-feira, 14 de fevereiro, em São Roque. Ela foi abordada por um policial civil à paisana em um centro de compras às margens da rodovia Castello Branco (SP 280) e teve a placa do carro oficial do Executivo danificada. O agente acabou preso e só foi liberado após pagar fiança.
O policial civil gravou um vídeo alegando que a chefe do Executivo estava fazendo compras com o veículo oficial. Em nota, Devito diz que retornava de um compromisso na Capital e que parou no local com outros integrantes de sua equipe para se alimentar quando foram abordados pelo agente, que vestia trajes civis.
Ela afirma que o homem passou a ofendê-los e ameaçá-los com arma de fogo, além de arrancar a placa do carro oficial sem autorização. Na nota, a prefeita revela, ainda, que o subprocurador municipal foi agredido fisicamente. A Polícia Rodoviária foi acionada e todos os envolvidos foram para a delegacia de São Roque.
Também em nota, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) disse que o caso é apurado pela Corregedoria da Polícia Civil. "O policial civil foi preso na última sexta-feira (14), em São Roque, por lesão corporal e dano ao patrimônio. Após pagamento de fiança, o agente foi liberado", informa. A chefe do Executivo de Vera Cruz explicou, ainda, que aguarda intimação para depor sobre o caso na Corregedoria da Polícia Civil.

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru


Nenhum comentário:

Postar um comentário