terça-feira, 21 de janeiro de 2020

Mulher é presa suspeita de atear fogo em morador no centro de Pirajuí

Uma mulher foi presa suspeita de atear fogo em um morador, na manhã de segunda-feira, 20 de janeiro, no centro de Pirajuí.
De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar fazia patrulhamento quando foi informada sobre o crime e seguiu em direção à Praça João Augusto Ribeiro. Lá, os policiais encontraram um homem de 29 anos com a perna direita e as nádegas queimadas.
A suspeita de 33 anos também estava no local. Segundo o registro policial, o gerente de um mercado próximo ao local relatou aos policias que a mulher costumava ameaçar pessoas que passavam pelo estacionamento.
Ele disse, em depoimento à polícia, que ela pedia dinheiro para os moradores e colocava fogo no chão, com álcool e um isqueiro, para intimidar quem se recusava a colaborar.
Segundo a Polícia Civil, tanto a mulher quanto a vítima têm casa, mas ficam pedindo esmolas pelas ruas da cidade.
A mulher foi presa pela Polícia Militar e um boletim de ocorrência foi registrado como lesão corporal. O homem foi socorrido para a Santa Casa de Pirajuí e transferido para o Hospital Estadual.

Fonte: G1


Nenhum comentário:

Postar um comentário