segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

Garça tem piora em índice de sustentabilidade da limpeza urbana

O Islu (Índice de Sustentabilidade da Limpeza Urbana) de Garça registrou uma queda em dois anos, segundo a nova edição do estudo, publicada nos últimos dias.
O Islu de Garça inicialmente, em 2017, era de 0,659, mas caiu para 0,640 em 2018 e em 2019 manteve o índice.
A pesquisa anual é realizada através de uma cooperação técnica entre o Selurb (Sindicato Nacional das Empresas de Limpeza Urbana) e a PricewaterhouseCoopers (PwC).
Quanto mais próximo de 1, melhor a situação do município. O motivo da piora de Garça está na queda dos fatores chamados “sustentabilidade financeira”, “engajamento do município” e “impacto ambiental”.
Ou seja, “o grau de autonomia financeira do município para a prestação de serviços de limpeza urbana e para o manejo de resíduos sólidos”, “porcentagem de população atendida pelos serviços de limpeza urbana” e “destinação incorreta sobre população atendida”, respectivamente.
O município manteve o mesmo índice durante os três anos no quesito “recuperação de recursos cotados”, que é “recuperação de materiais reciclados coletados”. Como o município tem sistema de coleta seletiva a nota mantida desde 2017 é de 0,026.
O estudo leva em conta dados do Snis (Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento) e do Tesouro Nacional.

Fonte: Marília Notícias


Nenhum comentário:

Postar um comentário