terça-feira, 7 de janeiro de 2020

Farra dos pedágios: privatização da SP 294 deve ocorrer nesta quarta

O governo de São Paulo deve fazer nesta quarta-feira, 08 de janeiro, o maior leilão de concessão de rodovias já promovido na história do Estado. O lote inclui a SP 294, entre Bauru e Panorama. A concessão prevê 15 praças de pedágio em todo o Estado e sete na região; duas entre Marília e Bauru (sendo uma delas em Jafa) e cinco entre Marília e Panorama.
À espera da concessão, o DER já abandonou a conservação de alguns trechos. Mato, piso ruim em certos lugares e outros pontos mais complicados, como a pista deformada, com calombos e buracos no trecho entre Duartina e Cabrália, são alguns dos problemas que motoristas enfrentam no aguardo da concessão, que vai trazer novos custos mas promete várias obras e melhoria do trânsito, inclusive com a recuperação que o DER deixou de fazer.
Entre as obras na região, estão o contorno de Pompeia, que só deve acontecer no nono ano de contrato, e a construção de marginais entre Marília e Padre Nóbrega, que só deve ocorrer a partir do terceiro ano da concessão. A cobrança do pedágio, por sua vez, deve começar no segundo ano de contrato, ou seja, a concessionária vai começar a arrecadar antes de fazer os principais investimentos previstos na proposta.
O leilão deve ocorrer a partir das 09 da manhã, na sede da B3 no centro de São Paulo, depois de ter sido adiado por uma decisão do Tribunal de Contas do Estado, que reabriu prazos para esclarecimentos e participação de concorrentes. O trecho total da concessão é de 1.273 quilômetros e o contrato valerá por 30 anos, prevendo investimentos de R$ 14 bilhões.

Fonte: Giro Marília


Nenhum comentário:

Postar um comentário