sexta-feira, 31 de janeiro de 2020

Marília terá primeira associação para promover maconha medicinal

Evento marcado para o próximo dia 07 de fevereiro, no auditório da Famema (Faculdade de Medicina de Marília), pretende oficializar a primeira associação do Estado de São Paulo voltada à divulgação e apoio às famílias e pacientes com indicação de maconha medicinal.
Apenas duas crianças e um idoso, em Marília, estão respaldados por autorização legal para importar sementes, cultivar, colher, extrair e consumir o óleo da cannabis, visando tratamento de saúde. Em todo o país, são cerca de 50 decisões judicias que permitem a utilização.
Por sentir o drama na pele e atestar a eficácia do tratamento, as mães das duas crianças, primeiros pacientes tratados com a substância na cidade, devem assumir presidência e vice na nova entidade, que receberá o nome de Associação Cannabica em Defesa da Vida.
A autônoma Cláudia Marin é mãe do Matheus, de 12 anos. Ela conta que o filho foi diagnosticado com Epilepsia de Difícil Controle. Recentemente, descobriu que a doença foi causada por microdeleção no cromossomo, geralmente associada à uma condição rara.
“Alguém sabe o que é ver seu filho ter até 80 convulsões por dia? Foi o tratamento com medicamento importado, à base de cannabis, que melhorou a qualidade de vida dele. Foi uma luta muito grande; primeiro para conseguir o direito à importação, depois para fazer com que o SUS assumisse o fornecimento”, relembra Cláudia.
“Entendemos que é um direito, mas muita gente não sabe, não faz ideia de que é possível, de que pode cobrar das autoridades. Sabemos que essa terapia promove muitas melhorias na saúde, pode haver indicações em casos de câncer, doenças crônicas, fibromialgia, epilepsia, parkinson, alzheimer, mas as pessoas não sabem”, apontou Cláudia.
Ainda segundo a fundadora, que também participou da fundação da Associação Anjos Guerreiros – para informação e orientação a familiares de crianças com doenças raras – o grupo tem respaldo científico e vai receber, no encontro para formar a nova entidade, médicos e outros profissionais de saúde, incluindo farmacêutica especialista e até uma terapeuta cannábica.
A assembleia de fundação da Associação Cannabica em Defesa da Vida acontece no dia 07 de fevereiro, às 19h30, no auditório da Famema, localizada à avenida Monte Carmelo, 800.

Fonte: Marília Notícia


Motorista sai ileso de acidente que deixou cabine de caminhão destruída em Assis

Um acidente entre dois caminhões deixou a cabine de um dos veículos destruída em um acidente na noite da última quinta-feira, 30 de janeiro, na Rodovia Raposo Tavares (SP 270), em Assis. Apesar dos estragos, o caminhoneiro saiu ileso.
A batida ocorreu na altura do quilômetro 436. De acordo com a Polícia Rodoviária, um caminhão bateu na traseira do outro. O outro caminhoneiro também não ficou ferido.
O caminhão foi retirado do local e levado à base da Polícia Rodoviária em Assis. As causas do acidente serão investigadas.

Fonte: Assiscity


Placas com padrão do Mercosul entram em vigor em todo o país

Após sucessivos adiamentos, começa a valer nesta sexta-feira, 31 de janeiro, o prazo para que os Departamentos de Trânsito (Detrans) de todos os estados concluam os procedimentos para implantar a nova placa do Mercosul.
A data está de acordo com o que estipula a Resolução nº 780/2019 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), de julho do ano passado, que determina a adoção do novo modelo de placas de identificação veicular (PIV) a partir de 31 de janeiro de 2020. Segundo o Ministério da Infraestrutura, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) que não aderir ao novo padrão, não conseguirá emplacar novos veículos.
A nova placa será obrigatória apenas nos casos de primeiro emplacamento. Para quem tiver o modelo antigo, a troca deverá ser feita no caso de mudança de município ou unidade federativa; roubo, furto, dano ou extravio da placa e nos casos em que haja necessidade de instalação da segunda placa traseira.
Nas outras situações, a troca da placa cinza pela do padrão Mercosul não é obrigatória. Com isso, os carros com a atual placa cinza podem continuar assim até o fim da vida útil do veículo.
O novo modelo apresenta o padrão com quatro letras e três números, o inverso do modelo atualmente adotado no país, com três letras e quatro números. O novo modelo permite mais de 450 milhões de combinações, o que, considerando o padrão de crescimento da frota de veículos no Brasil, pode levar por mais de 100 anos.
Também muda a cor de fundo, que passará a ser totalmente branca. A mudança vai ocorrer na cor da fonte para diferenciar o tipo de veículo: preta para carros de passeio, vermelha para os comerciais, azul para os oficiais, verde para veículos em teste, dourado para os automóveis diplomáticos e prata para veículos de colecionadores.
Todas as placas deverão ter ainda um código de barras dinâmico do tipo Quick Response Code (QR Code) contendo números de série e acesso às informações do banco de dados do fabricante e estampador do produto. O objetivo é controlar a produção, logística, estampagem e instalação das placas nos respectivos veículos, além da verificação de sua autenticidade.
"O novo emplacamento seguirá a lógica da livre concorrência, não havendo definição de preços por parte do governo federal. Na prática, os Detrans estaduais vão credenciar empresas capacitadas para não só produzir as placas como também vendê-las ao consumidor final. Portanto, o proprietário do veículo poderá buscar o valor mais em conta na hora de adquirir o item", informou o ministério.
Desde que foi decidida a adoção da placa do Mercosul, a implantação no registro foi adiada seis vezes. A decisão foi anunciada em 2014, e a medida deveria ter entrado em vigor em janeiro de 2016. Disputas judiciais levaram ao adiamento da adoção da placa para 2017. Mais prazo foi dado para que os órgãos estaduais de trânsito pudessem se adaptar ao novo modelo e credenciar as fabricantes das placas.
As novas placas já são usadas na Argentina, no Uruguai e no Paraguai. Dos 26 estados brasileiros, já aderiram ao modelo Mercosul o Acre; o Amazonas; a Bahia; o Espírito Santo; a Paraíba; o Paraná; o Piauí; o Rio de Janeiro; Rondônia; o Rio Grande do Norte e o Rio Grande do Sul.
"Atualmente são quase 5 milhões de veículos emplacados com a nova PIV. O governo federal estima que, até o fim de 2023, o Brasil já esteja com quase toda sua frota circulando com a nova placa", informou a assessoria do Ministério da Infraestrutura.

Fonte: Agência Brasil


Piratininga lança aplicativo para denúncias

A Prefeitura de Piratininga lançou um aplicativo para smartphones para que os moradores do município possam fazer denúncias, indicações e enviar sugestões e críticas para a administração. O aplicativo "Prefeitura.com.vc" pode ser baixado gratuitamente no App Store e no Google Play. Por meio dele, além de enviar mensagens de texto, o morador também poderá encaminhar fotos.
"Buracos, entulhos descartados indevidamente, mato alto, postes de luz apagados durante a noite ou acessos durante o dia. Os cidadãos poderão nos ajudar informando esses e outros problemas e incômodos que existirem em nossa cidade e, dessa maneira, iremos tomar as devidas providencias para sanar os problemas apontados o mais rápido possível", explica o prefeito Carlos Alessandro Franco Borro de Matos, o Sandro Bola (PSDB).

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru


quinta-feira, 30 de janeiro de 2020

Droga reverte perda óssea em animais, mostra estudo em parceria USP-Unesp

Remédio barato, usado como antibiótico há mais de cinquenta anos, consegue reverter quadro inicial da osteoporose, a osteopenia. O achado é da equipe da USP campus de Ribeirão Preto e da Unesp em Araçatuba e foi publicado em edição da revistas Scientific Reports, do grupo Nature. No artigo, os pesquisadores descrevem que a doxiciclina paralisa “a reabsorção óssea e, ao mesmo tempo, promove remodelação do osso em animais afetados pelo problema.”
Fellipe Augusto Tocchini de Figueiredo, pesquisador da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP) da USP e responsável pelo estudo, conta que trataram um modelo animal de osteopenia (ratas) com 20 mg de doxiciclina, duas vezes ao dia (dose com efeito anti-inflamatório; a dose antibiótica é de 100 mg/dia). A osteopenia é considerada a fase anterior da osteoporose, quando existe diminuição da massa óssea considerada normal.
Os resultados, após seis meses de tratamento, mostraram que a subdose de doxiciclina impede a degradação, ao mesmo tempo que promove formação de novo tecido ósseo. O modo como a droga realiza esse reparo ainda é incerto, mas o estudo sugere que a medicação “leva minerais, como cálcio, magnésio e zinco, do soro sanguíneo para os ossos, enriquecendo-os. Dando uma espécie de complexo mineral para ficarem mais fortes”, diz Figueiredo.
Representação de um osso que sofre de osteopenia. Em destaque é demonstrada a perda de massa óssea, em comparação com um osso normal – Fotomontagem sobre imagens Wikimedia Commons
A reversão da osteopenia no modelo animal foi animadora até pelo fato de os atuais tratamentos apenas pararem o avanço da doença. São resultados positivos, confirmados em 15 análises diferentes. Lembra o pesquisador que realizaram até densitometria óssea, a mesma utilizada em humanos.
Como foi uma experimentação longa – os animais receberam as doses durante 60 dias -, a expectativa é de segurança. O pesquisador informa que é comum em outros países a utilização de subdoses da doxiciclina para tratamento de longo prazo (seis meses a dois anos) da doença periodontal.
Mesmo assim não se pode falar em segurança de uso da droga ou cura da osteoporose, alerta Figueiredo. Mais estudos e, principalmente, testes clínicos precisam ser realizados.
A pesquisa é fruto do doutorado de Figueiredo, que trabalhou nos Laboratórios de Pesquisa Morfológica e de Histotecnologias da FORP sob orientação do professor João Paulo Mardegan Issa. Para o estudo, também usou laboratórios da Bioengenharia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP e da Faculdade de Odontologia da Unesp de Araçatuba. Além de Figueiredo e do professor Issa, integram a equipe a professora Raquel F. Gerlach e o pesquisador Dimitrius L. Pitol, da FORP; o professor da Unesp Edilson Ervolino e a pesquisadora da FMRP Roberta C. Shimano.
Mulheres após a menopausa e pessoas idosas, por exemplo, podem sofrer com a redução da massa dos ossos não acompanhada da natural renovação desses tecidos. Asseguram os especialistas que, nessas pessoas, a osteopenia é tida como um alerta para a futura osteoporose, esta sim responsável pelo aumento do risco de fraturas ósseas.
O envelhecimento da população e consequente aumento dos casos de osteoporose levam autoridades de saúde a indicar dietas balanceadas e práticas de exercícios físicos como prevenção da doença. Mas respostas medicamentosas de baixo custo são bem-vindas e o pesquisador da USP acredita estar no caminho certo, por isso as pesquisas com a doxiciclina.
A ciência já conhecia o efeito da doxiciclina sobre a remodelação óssea; como “é uma molécula com forte afinidade ao cálcio, a droga tem ação no equilíbrio entre formação e reabsorção de osso”, comenta o pesquisador. A novidade agora é o “potencial de reverter a osteopenia, o que seria extremamente benéfico para a sociedade, caso seja confirmado em humanos”.
A reabsorção óssea é uma ação natural do organismo, que degrada o tecido do osso para renová-lo. Esta atividade é induzida por enzimas chamadas Metaloproteinases da Matriz (MMPs) – moléculas do organismo que deterioram substâncias que constituem os ossos. “Em patologias ósseas, como a osteoporose, estas enzimas estão aumentadas em número, indicando que há um processo inflamatório presente”, conta o pesquisador.
E a doxiciclina age justamente inibindo a ação dessas enzimas. No caso deste estudo, os pesquisadores verificaram que a droga impediu que as MMPs destruíssem o colágeno que compreende grande proporção dos ossos. O tratamento com as subdoses controlou a “inflamação e facilitou a remodelação óssea normal” nos animais com osteopenia.

Divulgação


Novotec Expresso: inscrições para cursos em Garça vão até dia 09

Vão até o próximo dia 09 de fevereiro as inscrições para cursos rápidos profissionalizantes a serem ofertados na Fatec Garça.
Tais capacitações fazem parte de um projeto denominado Novotec Expresso, do governo do Estado.
São ofertados cursos de Introdução à Robótica com programação Arduíno e Práticas de Gestão de Pessoas.
Cada habilitação oferece 20 vagas, voltadas para alunos que estejam frequentando o ensino médio da rede estadual e que tenham entre 15 e 17 anos de idade. A carga será de 200 horas aula e o início do curso se dará em março.
Para se inscrever o interessado deve acessar o site do programa estadual, no endereço eletrônico www.novotec.sp.gov.br.

Redação do Garca.Jor


Rede municipal de ensino de Garça retoma aulas no dia 05 de fevereiro

A Secretaria Municipal de Educação informou aos pais e alunos que a volta às aulas na rede municipal de ensino ocorrerá na quarta-feira, 05 de fevereiro. Essa retomada se dará nos NEIs (Núcleos de Educação Infantil), nas Emeis (Escolas Municipais de Educação Infantil) e nas salas do ensino fundamental, da primeira a quinta séries.
A equipe de professores inicia o planejamento do ano letivo a partir da segunda, 03 de fevereiro, com o trabalho sendo desenvolvido em cada unidade escolar municipal.
Segundo a secretária da pasta, Rozely Gabana Padilha Silva, em 2020 também será distribuído aos alunos do ensino fundamental os kits com material escolar e novos uniformes. A aquisição deste material foi feita ainda em 2019. A data da distribuição será divulgada posteriormente.

Redação do Garça.Jor


Justiça condena prefeito de Ourinhos a pagar multa de R$ 50 mil por improbidade administrativa

O prefeito de Ourinhos, Lucas Pocay (PSD), foi condenado a pagar uma multa de R$ 50.550 pela prática de atos de improbidade administrativa. A decisão foi publicada na última terça-feira, 28 de janeiro.
De acordo com a sentença, o Ministério Público apontou irregularidades na nomeação de advogados na Secretaria Municipal de Assuntos Jurídicos em 2017.
Segundo a promotoria, as funções nomeadas seriam análogas aos cargos de procuradores municipais, não podendo ser exercidos por servidores não concursados.
A decisão foi julgada parcialmente procedente e, por isso, os direitos políticos de Lucas Pocay foram mantidos.
Nas redes sociais, o prefeito informou que atendeu uma recomendação do Ministério Público na época e que já havia afastado os cargos nomeados. Ele disse que vai recorrer da decisão.

Fonte: G1


Hemocentro de Marília entra em estado de alerta e pede doações

O Departamento de Atenção à Saúde em Hemoterapia (Hemocentro) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília (HC/Famema) entrou em estado de alerta neste final de janeiro.
A queda no número de doadores espontâneos provocou uma baixa preocupante nos estoques de seis dos oito tipos de sangue: A+, A-, B-, AB+, O+ e O-.
Os estoques estão com volume abaixo da quantidade ideal necessária para se suprir sem risco a demanda por transfusões e cirurgias requisitadas por toda rede hospitalar da região, em que uma população de dois milhões de habitantes é atendida.
O Hemocentro pede a colaboração de todos que são aptos à doar: idade de 16 até 69 anos (adolescentes acompanhados dos responsáveis legais) e gozando de boa saúde. Não precisa pesar menos do que 50 quilos.
A assistente social do Hemocentro, Lucimara Faustino Custódio, convida também os doadores dos tipos sanguíneos que não estão abaixo do ideal necessário.
“Como a maioria dos tipos está em baixa, convidamos todos os doadores, para que a reposição seja ainda mais efetiva e garantida”.
O estoque real verificado no dia 29 de janeiro em comparação com a necessidade ideal era: 200 bolsas de A+ (o ideal seriam 240 bolsas); 15 bolsas de A- (48 bolsas); 89 de B+ (84); uma de B- (6); 21 de AB+ (24); 6 de AB- (6); 187 de O+ (240); 6 de O- (48).
Para doar, basta comparecer ao Hemocentro, das 7h às 13h, de segunda a sábado, na Rua Lourival Freire, 240, no bairro Fragata. Mais informações pelo telefone (14) 3402-1851.

Fonte: Marília Notícia


SP 294: acidente mata duas pessoas em Lucélia

Dois ocupantes de uma moto morreram, após batida de frente contra um automóvel no município de Lucélia nesta quarta-feira, 29, na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP 294).
De acordo com a Polícia Rodoviária de Adamantina, a moto Honda CG com placa de Adamantina trafegava no sentido de Inúbia Paulista a Adamantina e o carro Fiat Siena com placas de Marialva-PR em sentido contrário. Por motivos a serem apurados, quando se cruzaram houve o choque.
Motorista do Fiat Siena teve ferimentos leves. As três vítimas chegaram a ser socorridas até um hospital de Lucélia, mas devido à gravidade da ocorrência os ocupantes da moto não suportaram os ferimentos e morreram.
A perícia esteve no local para coleta de provas. O Corpo de Bombeiros de Adamantina e o DER deram apoio ao atendimento do caso registrado pela Polícia Rodoviária de Adamantina.

Fonte: OCNotícias


Mais de 84 milhões de animais foram vacinados contra febre aftosa no país

A maioria dos pecuaristas do país fez, mais uma vez, o dever de casa em relação à prevenção da febre aftosa no rebanho. No segundo semestre de 2019, 98,35% do rebanho bovino e bubalino com até 24 meses de idade foram imunizados, o equivalente a 84,13 milhões de animais.
Os dados finais dessa etapa (segundo semestre de 2019) podem ter alterações, pois ainda não foram considerados os dados da Bahia. O sistema do estado apresentou problemas técnicos e os dados consolidados serão enviados ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) até o próximo dia 31.
Em 24 estados e no Distrito Federal, todos os animais jovens (até 24 meses de idade) devem ser vacinados no segundo semestre de cada ano. No primeiro semestre, são vacinados os animais de todas as idades.  Atualmente, o rebanho bovino e bubalino brasileiro é de 215,57 milhões de cabeças.
“Foi mantida, como em semestres anteriores, a alta cobertura vacinal contra a doença, mostrando que mesmo nesse momento de transição, onde alguns estados estão suspendendo a vacinação conforme previsto no plano estratégico 2017-2026 do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA), os criadores sabem de seu papel e executam a vacinação nos seus animais nos estados que permanecem com a vacinação obrigatória e sistemática”, afirmou o chefe da Divisão de Febre Aftosa (Difa), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Diego Viali dos Santos.
O sucesso do programa brasileiro de vacinação e erradicação da febre aftosa despertou o interesse da Índia, que tem o maior rebanho bovino e bubalino do mundo (mais de 400 milhões de animais).
Na última semana, técnicos brasileiros estiveram na Índia, que integraram a missão da ministra Tereza Cristina ao país asiático, iniciaram a elaboração de um acordo de cooperação técnica na área de febre aftosa, como forma de troca de experiências e conhecimento técnico entre dois países. Como primeiro passo desse trabalho, ficou agendado para maio deste ano, a vinda de autoridades da área sanitária indiana ao Brasil para conhecerem o PNEFA, o parque industrial brasileiro de produção de vacina, laboratórios federais de controle de vacina e diagnóstico de febre aftosa, além de atividades de vigilância.

Redação do Garça.Jor


Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 70 milhões

Ninguém acertou as seis dezenas do Concurso 2.229 da Mega-Sena sorteadas na quarta-feira, 29 de janeiro, no Espaço Loterias Caixa, em São Paulo. O prêmio para o próximo sorteio, que ocorrerá no sábado, 01 de fevereiro, está estimado em R$ 70 milhões.
Os números sorteados foram 06, 11, 29, 40, 41, 58.
A quina teve 64 ganhadores que vão receber, cada um, R$ 53.757,09. Acertaram quatro números 4.315 apostadores, que receberão o prêmio individual de R$ 1.139,03.
As apostas para o próximo concurso da Mega-Sena podem ser feitas até as 19h de sábado. Um jogo simples, de seis números, custa R$ 4,50.

Fonte: Agência Brasil


quarta-feira, 29 de janeiro de 2020

Venda de espaços para Cerejeiras Festival vai ter início no dia 03

Na próxima segunda-feira, 03 de fevereiro, tem início a venda de espaços para comerciantes interessados em participarem de mais uma edição do Cerejeiras Festival. Conforme explicou Adalberto Vargas Tosi, assessor de gabinete da Secretaria de Turismo, a partir de hoje, 29 de janeiro, ele passa a enviar e-mails aos participantes do evento no ano passado, com o objetivo de saber se eles estão interessados em participar do evento novamente.
“A gente manda o e-mail para o pessoal que participou no ano passado. Os que não responderem a essa primeira chamada, reenviamos o e-mail. Sem a resposta, a partir de meados de fevereiro, as inscrições são abertas para novos interessados”, falou Tosi, explicando o processo.
Aproximadamente 180 espaços são comercializados pela organização do evento e, conforme frisou o assessor, a maioria dos participantes, cerca de 65% não residem no município, mas participam da festa há vários anos.
“Muitos passam a fazer contato desde dezembro, início de janeiro, querendo saber como será o processo. São comerciantes que há várias edições participam da festa”, disse ele.
No que diz respeito a valores, Tosi comentou que eles serão os mesmos do ano passado para quem pagar à vista, caso contrário, terá uma acréscimo de 8%, e os preços variam de acordo com o tamanho do espaço, a localização e a natureza do produto comercializado. Além do pagamento a vista, o valor pode ser dividido em quatro parcelas com vencimentos em fevereiro, março, abril e maio.
“Tudo isso, os valores, a divisão, a comercialização estaremos discutindo com mais propriedade a partir desta quarta-feira”, disse ele.
A Festa chega à sua 34ª edição, mais uma vez com grande expectativa de público, não apenas da cidade, mas de toda região e até mesmo visitantes de outros Estados, que costumam vir à Garça para contemplar a beleza da flor que é símbolo do Japão.

Redação do Garca.Jor


CDP de Álvaro de Carvalho deve ser entregue em março

O Centro de Detenção Provisória (CDP) de Álvaro de Carvalho tem novo prazo de entrega divulgado pela Secretaria de Administração Penitenciária (SAP).
A SAP informou que “a inauguração do Centro de Detenção Provisória de Álvaro de Carvalho está prevista para o dia 03 de março”.
O CDP de Álvaro de Carvalho disponibilizará 823 vagas e custou cerca de R$ 48,6 milhões do Governo do Estado de São Paulo.
A unidade deveria ter sido concluída em setembro de 2018. Após o atraso nas obras, um cronograma divulgado pelo Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional do Estado de São Paulo (Sifuspesp) depois de reunião com a SAP previa a entrega do CDP de Álvaro de Carvalho para fevereiro de 2019, mas a unidade enfrentava contratempos burocráticos.
A entrega do CDP contribuirá diretamente para a redução dos presos provisórios, que aguardam julgamento, da Penitenciária de Marília.
O funcionamento do CDP é aguardado com ansiedade por agentes da região de Marília que saíram para trabalhar em outras unidades do Estado e aguardam transferência para retornar ao local de origem.

Fonte: Marília Notícia



Apae de Tupã vai realizar quarta edição da "Costela ao Fogo de Chão”

A Associação de Pais, Amigos e Excepcionais de Tupã realizará a quarta edição da "Costela ao Fogo de Chão”. O evento ocorrerá dia 09 de fevereiro, das 11h30 às 14 horas, na sede da Apae, localizada na Avenida Arthur Fernandes, nº 780 – Vila Marajoara.
O evento já é tradicional na cidade pelo fato de ser preparado de modo diferenciado, com a costela feita no fogo de chão, o que proporciona mais sabor e qualidade. Os inclusos no cardápio são: arroz, feijão gordo, salada, farofa, mandioca, molho e pão. Bebidas serão vendidas a parte.
De acordo com Marcos Shobie, vice-presidente da Apae, o evento tem o custo de R$ 35,00 (crianças até 10 anos não pagam), já incluso os acompanhamentos. Além disso, será possível utilizar cartão e débito e crédito.
"Esse é um evento muito esperado pela população. O preparo da costela começa na noite anterior. Nós da Apae convidamos todos para passar uma tarde especial rodeada de amigos, curtindo a apresentação musical ao vivo com a dupla local Marcos Paulo & Candé”, convidou.
Toda a renda do evento será revertida em prol da Apae, que têm o objetivo de conseguir fundos para o desenvolvimento da entidade que auxilia crianças e adolescentes do município.
Para obter convites e mais informações, basta entrar em contato através do telefone (14) 3404-5863, ou se dirigir até a sede da Apae que funciona de segunda a sexta, das 7 às 17 horas.

Fonte: TupãCity


Mega-Sena deve pagar hoje R$ 47 milhões a quem acertar as seis dezenas

Quem acertar as seis dezenas no Concurso 2229 da Mega-Sena deverá receber o prêmio de R$ 47 milhões, que será sorteado hoje, 29 de janeiro, no Espaço Loterias Caixa, em São Paulo. A aposta mínima custa R$ 4,50.
As apostas podem ser feitas até as 19h do dia do sorteio em qualquer lotérica ou pela internet.
Os sorteios da Mega-Sena são realizados duas vezes por semana, às quartas e aos sábados. Para adequar o número do concurso da Mega da Virada, que deve ter final 0 ou 5, foram criadas as Mega-Semanas que são exclusividade da Mega-Sena. Os sorteios ocorrem em datas predeterminadas ao longo do ano. Na ocasião são realizados três concursos semanais, às terças, quintas e sábados.
O prêmio bruto corresponde a 43,35% da arrecadação. Desse percentual, 35% são distribuídos entre os acertadores de seis números (sena); 19% entre os acertadores de cinco números (quina) e 19% entre os acertadores de 4 números (quadra).

Fonte: Agência Brasil


Moto Rock Festival ocorre em Garça no próximo mês de abril

Nos dias 03, 04 e 05 de abril, Garça vai receber a oitava edição do Moto Rock Festival.
O evento tem a organização da Tríplice Motociclistas de Pirajuí e conta com um caráter beneficente.
Novamente o encontro será desenvolvido nas dependências do Lago Artificial "J. K. Williams" e deverá seguir o modelo dos últimos anos, com vários grupos de rock se revezando no palco da Concha Acústica e com motociclistas de várias partes do Estado e até de outras unidades da federação marcando presença.
Também haverá uma ampla oferta gastronômica. Os recursos arrecadados serão revertidos para a casa de apoio aos pacientes garcenses em tratamento do câncer na cidade de Jaú.

Redação do Garca.Jor


Campanha do Marília Shopping arrecada 1,8 tonelada de doações

Na campanha de Natal realizada pelo Marília Shopping, além do sorteio de um T-Cross zero quilômetro, os consumidores ainda tiveram a oportunidade de colaborar com entidades assistenciais de Marília através da doação de 1kg de alimento não perecível.
Com o apoio da população da região, foram arrecadadas 1,8 toneladas em itens de primeira necessidade. Alimentos foram doados ao lar de idosos Casa do Caminho e ao Projeto Semear que assiste crianças e adolescentes do município. Entrega das doações contaram com o apoio da Prefeitura de Marília, através do Fundo Social de Solidariedade.
Segundo o síndico do Marília Shopping, Mateus Del Hoyo, “Ao fim dessa campanha, contabilizamos milhares de itens. Esse número expressivo, reforça a dedicação e comprometimento da população em prol de causas sociais e só podemos agradecer a todas as pessoas que abraçaram essa causa junto conosco”, destaca.
“Agradecemos imensamente por esse ato que que fará toda a diferença para quem tanto precisa. Essas doações serão transformadas em kits que serão entregues às famílias de nossas crianças e adolescentes”, ressalta Sônia Mara Martinez Mattar, presidente do Projeto Semear.
Já Eliana Almeida Bento Mulato, assistente social do lar de idosos Casa do Caminho destaca que os alimentos doados serão de extrema importância para os idosos atendidos pelo lar “Contamos com a colaboração da sociedade para andamento dos projetos oferecidos aos nossos atendidos e a alimentação balanceada e de qualidade é de extrema importância. Agradecemos a todo apoio do Marília Shopping ao contribuir para o bem-estar de nossos idosos”, diz.

Redação do Garca.Jor


Aprovados no Sisu devem fazer inscrição até 04 de fevereiro

Os estudantes classificados no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2020 têm até o dia 04 de fevereiro para enviar às instituições de ensino a documentação necessária para se matricular no curso para o qual foram aprovados.
O período de matrículas começou hoje, 29 de janeiro, um dia após o Superior Tribunal de Justiça (STJ) ter liberado a divulgação do resultado do Sisu, que chegou a ser temporariamente suspensa devido às queixas de estudantes que alegavam ter sido prejudicados por problemas na atribuição de notas.
Na semana passada, o próprio Ministério da Educação reconheceu que houve erros na atribuição de notas para cerca de 6 mil estudantes que participaram do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem).
Foram classificados os estudantes mais bem posicionados, de acordo com as notas no Enem e eventuais ponderações, como pesos atribuídos às notas ou bônus. As vagas são distribuídas de acordo com a Lei de Cotas (Lei 12.711/2012) e de políticas de ações afirmativas, que podem variar de instituição de ensino para instituição.
O prazo para os estudantes se inscreverem na lista de espera das instituições de ensino também começa hoje (29) e termina no dia 4 de fevereiro. Parte dos candidatos à espera de vagas deverá ser convocada a partir de 7 de fevereiro até 30 de abril.
Só pode participar da lista de espera quem não foi selecionado em nenhuma das duas opções de cursos escolhidas no momento da inscrição. O candidato selecionado em primeira ou segunda opção, independentemente de efetuar sua matrícula, não poderá manifestar interesse em participar da lista de espera.
Para participar dessa segunda chance, o candidato que não foi selecionado para nenhuma de suas duas opções deve acessar o seu boletim Sisu e manifestar o interesse no prazo especificado no cronograma. É importante que o candidato acompanhe junto à instituição da vaga escolhida, a lista de espera e as convocações para matrícula.

Fonte: Agência Brasil


terça-feira, 28 de janeiro de 2020

Escola de Cultura Artística tem vaga para agente administrativo

A Associação Movimento Pró-cultura de Garça, gestora da Emca (Escola Municipal de Cultura Artística “Amélio “Nana” Zancopé”), lançou o edital de nº 01/2020, para o processo seletivo simplificado, que irá contratar em regime celetista, um agente administrativo para trabalhar na escola.
As inscrições começaram hoje, 27 de janeiro, e terminam na sexta-feira, 31 de janeiro. A carga horária é de 44 horas semanais, com remuneração de R$ 1.344,00, mais o vale alimentação no valor de R$ 174,00.
Nas disposições gerais do edital, os requisitos exigidos são:
Ter até a data de admissão, idade mínima de 21 anos;
Ter no mínimo ensino médio completo;
Saber utilizar pacote MS Office;
Ter disponibilidade para trabalhar a noite (quando necessários);
Facilidade em trabalhar em equipe;
Facilidade para falar em público, organização e proatividade.
Já com relação às atribuições, o agente administrativo irá coordenar, organizar e responder pelo expediente da secretaria, realizando: preenchimento de matrículas, computação e classificação dos dados referentes a organização escolar; atendimento ao público; comunicação à equipe pedagógica sobre a vida escolar do aluno, como falta, atestado médico e outros; atualização das listas e manutenção dos prontuários dos alunos; digitação de documentos; zelar pela guarda e sigilo dos documentos escolares.
Os critérios do processo de avaliação e seleção, como pontuações por formação e experiência profissional, assim como, os documentos exigidos no momento da contratação estão descritos no edital anexo a reportagem na página da Prefeitura de Garça: www.garca.sp.gov.br; no Jornal Debate (edição nº 113) e na sede da EMCA.
Os interessados deverão deixar o currículo, com foto, na sede do Movimento Pró-Cultura, localizada à rua 27 de Dezembro, 10, Williams, em Garça, entre esta segunda-feira, dia 27, até sexta-feira, dia 31 de janeiro, das 8h às 11h e das 13h às 18h.

Redação do Garca.Jor


Jamaica, Ilhas Cayman e Cuba acionam alerta de tsunami após terremoto de magnitude 7,3

Nesta terça-feira, 28 de janeiro, foi registrado um grande terremoto na costa de Cuba e da Jamaica , com magnitude de 7,3 graus na escala Richter; o terremoto também foi sentiido no México .
Por meio do Twitter, o sistema de alerta sísmico Sky Alert indicou que há relatos de que o terremoto foi sentido no estado de Quintana Roo; No entanto, vários usuários de Cancun disseram que não receberam nenhum relatório.
Por outro lado, usuários da rede de Veracruz enfatizaram que houve um leve tremor em áreas como Xalapa, e alguns mais enfatizaram ter sentido um leve terremoto nas áreas de Campeche.
Segundo a agência de notícias Sputnik, Jamaica Cayman e Cuba acionaram alerta para um possível tsunami.
Até o momento, não se sabe se há danos materiais ou perdas humanas devido ao terremoto nas costas da Jamaica e Cuba.

Fonte: Infobae, Sputnik


Mulher é morta a tiros pelo ex dentro de ônibus em Marília

Uma mulher foi morta a tiros dentro de um ônibus na madrugada desta terça-feira, 28 de janeiro, no distrito de Padre Nóbrega, em Marília. O ex-marido dela, autor do crime, se matou na sequência.
De acordo com a Polícia Militar, Cristiano Rodrigo Raimundo, 40 anos, arrastou Elizabeth Aparecida Raimundo, 35 anos, para fora do ônibus, mas ela conseguiu voltar ao coletivo. Em seguida, o criminoso a colocou sentada na escada e atirou na cabeça.
A perícia foi acionada e apura quantos tiros foram disparados. A polícia informou que o criminoso fugiu de carro e se matou dentro do veículo, na Avenida República, no Bairro Palmital.
A polícia registrou o crime como feminicídio. Conforme apurado pela polícia, o ex-marido não aceitava o fim do relacionamento. A mulher estava indo trabalhar, por volta das 05 da manhã, e havia outros passageiros no ônibus no momento do crime. Outras pessoas não se feriram.

Fonte: G1


Polícia Ambiental apreende grande quantidade de maconha em Garça

No último domingo, 26 de janeiro, a Polícia Ambiental apreendeu grande quantidade de drogas na zona rural de Garça.
De acordo com o Boletim de Ocorrência, por volta de 19h os policiais faziam patrulhamento quando avistaram dois indivíduos em uma plantação de café.
Ao perceberem a presença da viatura, a dupla fugiu e não foi possível detê-los. Entretanto, os policiais ambientais localizaram 57 tijolos de maconha e mais três porções fracionadas da mesma droga.
Também foram apreendidas uma cavadeira, uma mochila, um rolo de plástico film, uma faca, um boné e um celular.
Toda a droga e objetos apreendidos foram encaminhados até a Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Marília.

Redação do Garca.Jor


Homem é encontrado morto próximo a torre de energia em Tupã

O corpo de um homem, ainda não identificado, foi encontrado próximo a uma torre de energia na SP 294 em uma propriedade rural próximo à entrada do distrito de Parnaso.
Uma testemunha que passava pelo local encontrou o corpo e acionou a polícia. As primeiras informações dão conta de que a vítima teria se jogado de maneira proposital contra a torre.
As polícias Rodoviária e Militar estiveram no local. Em entrevista à Rádio Cidade, a testemunha relatou que à princípio, pensou que o corpo fosse apenas um monte de madeira. "Cheguei mais perto e vi que era um ser humano. Aí buzinei, achando que estava bêbado, mas quando estava mais próximo vi que estava morto. Não dava para saber quem é", disse.
O caso teria acontecido por volta das 12h50. O corpo foi encaminhado ao IML de Tupã. Não foram localizados documentos com a vítima.

Fonte: AssisCity


segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

Praça de pedágio a ser instalada em Jafa vai ter cobrança de R$ 8

O governo do Estado já tem a ideia de preço para o diversos pedágios que serão instalados no interior do Estado, depois do processo de privatização recentemente ocorrido e que vai afetar diretamente Garça e região, já que algumas praças serão instaladas na SP 294, fazendo com que o garcense que queira se dirigir a Bauru ou a Marília tenha de colocar a mão no bolso.
Segundo os números apresentados pela Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo). No pedágio que será instalado na altura de Jafa, o valor da tarifa a ser arcada pelo motorista será de R$ 8,00 (na ida e na volta). Já no pedágio a ser implantado no limite entre Bauru e Piratininga a cobrança será da ordem de R$ 8,87, ao passo que a praça que vai ser erguida entre Oriente e Pompeia terá a cobrança de R$ 8,13. Ou seja, alguém que resida em Garça e queira ir até Marília de carro, em breve deverá ter obrigatoriamente R$ 16 na carteira apenas para poder ir e vir pela SP 294. Mais um fardo para o orçamento familiar...
A Artesp indicou que as praças de pedágio terão "redutores" de preço para usuários que efetuarem a aquisição de um sistema eletrônico de pagamento. Esse "redutor" vai tendo um percentual maior diante da frequência de uso por parte do motorista, entretanto, a validade de uso do sistema será mensal.
Para entender: no pedágio de Jafa, a tarifa a ser cobrada será de R$ 8,00. O motorista que usar a plataforma eletrônica pagará R$ 8,00 na primeira passagem e na segunda já terá o valor reduzido para R$ 7,60. Se passar pelo pedágio em 30 oportunidades ao longo do mês, a tarifa poderá cair para até R$ 1,49. Na virada do mês, novamente os preços voltam ao normal e a redução pode ter o "redutor", caso o motorista recarregue o sistema.
A privatização do lote Piracicaba-Panorama (chamado PiPa), que engloba a SP 294, ocorreu em dezembro e a proposta do Consórcio de Infraestrutura Brasil, liderado pelo Fundo Pátria Investimentos e o fundo soberano GIC, de Cingapura, foi declarada vencedora, atingindo R$ 1,1 bilhão, diante de valor mínimo inicial que era de apenas R$ 15 milhões. A concessão prevê 15 praças de pedágio em todo o Estado e sete na região; duas entre Marília e Bauru (sendo uma delas em Jafa) e cinco entre Marília e Panorama.
No total, a concessão tem previsão de investimentos da ordem de R$ 14 bilhões em 30 anos para o trecho entre a cidade de Piracicaba, na região de Campinas, e o município de Panorama, no extremo oeste do Estado, divisa com o Mato Grosso do Sul.
O projeto é a maior concessão rodoviária do país. Segundo dados da Agência Nacional de Transportes Terrestres, a quilometragem média das concessões no Brasil é de 482,6 quilômetros, contra 1.273 quilômetros do lote PiPa.

Fonte: Jornal Debate


Ex-prefeito de Vera Cruz pede para ser incluído em indulto humanitário

O ex-prefeito de Vera Cruz, Antonio Rodolfo Devito (PSDB), protocolou na vara de Execuções Criminais de Marília um pedido formal para ser incluído no projeto de indulto humanitário editado no final do ano passado pelo executivo federal.
Devito cumpre pena de prisão domiciliar após condenação por improbidade em processo que rejeitou um contrato de terceirização de serviços da saúde quando ele era prefeito da cidade, em 2004.
O ex-prefeito deveria cumprir serviços à comunidade, mas alegou problemas de saúde e transformou a pena em prisão domiciliar.
O Ministério Público já apresentou um parecer sobre o caso e defendeu a rejeição do pedido. Segundo o MP, Devito não mostrou estar em fase terminal de doença e nem cumpre pena em estabelecimento prisional, que seriam requisitos para a medida.
O pedido tramita de forma paralela ao processo de acompanhamento do cumprimento de pena, que deve ter uma audiência nesta terça-feira, dia 28, para investigar denúncia de que o ex-prefeito descumpriu a ordem de ficar em casa após 22h. Devito deve ser apresentar no fórum de Marília às 14h30.
Devito teria saído para acompanhar a esposa, a prefeita Renata Devito (PSDB), durante uma crise de abastecimento em que a administração denunciou furto de cabos elétricos da mina que abastece a cidade.
O caso foi denunciado à noite e o ex-prefeito foi filmado participando de encontro no local e até orientando formas de buscas dos cabos, que acabaram localizados.
Após a gravação do vídeo, policiais que estavam no local foram alertados sobre a presença do ex-prefeito. Pouco depois Devito teria deixado o local.

Fonte: Giro Marília


PT pode apoiar Flávio Dino à Presidência em 2022, diz Gleisi Hoffmann

Reeleita presidenta nacional do PT, a deputada federal Gleisi Hoffmann (PR) afirma, em entrevista ao jornal Valor Econômico publicada nesta segunda-feira (27), que o partido trabalha com uma nova candidatura presidencial do ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad. Segundo Gleisi, os petistas também veem o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), como uma alternativa para a sucessão de Jair Bolsonaro em 2022.
Em 2018, Haddad foi ao segundo turno da eleição presidencial, amealhando 47 milhões de votos. Além disso, o PT elegeu a maior bancada de deputados federais, quatro senadores e quatro governadores. Para 2022, Gleisi já menciona outras possibilidades, se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva continuar legalmente impedido de se candidatar – em função do seu enquadramento na Lei da Ficha Limpa.
“Haddad é o nosso nome forte, mas vamos discutir com os partidos de oposição”, afirma. Segundo ela, o governador do Maranhão pode ser vice na chapa petista, ou até encabeçar a chapa. Gleisi afirma que Lula não convidou Flávio Dino para se filiar ao PT, ressalvando que o PCdoB é “nosso amigo e aliado”.
Conforme O Globo, no entanto, o convite para Dino sair do PCdoB e voltar ao PT partiu do próprio ex-presidente. “Numa conversa recente, em São Paulo, Lula começou com um ‘volta para casa’, na tentativa de atraí-lo para o PT, o primeiro partido do governador do Maranhão. Não só. Prometeu que faria de tudo para Dino ser o candidato do PT à presidência em 2022. Não convenceu”, informa a coluna de Lauro Jardim, publicada no Globo.
O governador reeleito do Maranhão tem sobressaído por sua movimentação em busca de uma frente ampla contra o autoritarismo e em defesa da democracia. Primeiro, Dino visitou o ex-presidente José Sarney, seu adversário histórico. Em dezembro, encontrou-se com o apresentador de TV Luciano Huck. Na última semana, reuniu-se com Lula e também com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.
“Dino é uma liderança que está se colocando no cenário nacional, é preparado e está fazendo um movimento legítimo”, disse Gleisi. “Ele pode ser uma alternativa, nós o respeitamos muito, ele sempre foi muito leal à causa do presidente Lula”, completou.
Para ela, Bolsonaro é o mais forte em seu campo. “Não vejo na direita ninguém, pelo menos por enquanto, com capacidade de substituí-lo”. Questionada sobre o potencial de Huck, a petista diz não ver nenhuma proposta concreta dele para o povo brasileiro. “O Bolsonaro tem mensagem popular. Huck vai dizer o quê? ‘Sou de centro’?”
Gleisi tem sido cobrada por ações mais assertivas de que o PT era capaz quando fazia oposição a FHC. Para a dirigente, o problema é que os partidos de esquerda enfrentam uma “hegemonia de opinião”, já que a grande mídia é amplamente favorável à política econômica de Bolsonaro. “Não existe opinião contrária. Todo mundo está positivando a economia”, critica.
Gleisi nega que Lula tenha submergido após os primeiros discursos, em tom incisivo, quando foi libertado em novembro. Segundo ela, o ex-presidente já deu uma série de entrevistas e participou de atos públicos no Rio de Janeiro e em Minas Gerais.
O PT tem 256 prefeitos e 2.808 vereadores. Para ampliar esse número, o partido instala no próximo dia 7 o grupo de trabalho eleitoral (GTE), que será coordenado pelo deputado José Guimarães (CE) e terá os reforços de Haddad e do senador Jaques Wagner (BA).  O partido terá candidatos próprios em quase todas as capitais e nas grandes cidades.
Gleisi pondera que, após o fim dos programas partidários anuais e das inserções, a campanha eleitoral será o principal canal para fazer o debate político, defender Lula e o legado do partido. Os petistas cogitam ceder a cabeça de chapa nas disputas para as prefeituras para o deputado Marcelo Freixo (PSOL) no Rio de Janeiro e para a ex-deputada Manuela D’Ávila (PCdoB) em Porto Alegre.
Segundo Gleisi, a deputada Marília Arraes (PE) deve ser candidata a prefeita do Recife, apesar da pressão contrária do diretório municipal. A palavra final será da direção nacional do PT. Em São Paulo, com seis pré-candidatos, o esforço será para buscar um entendimento. “Respeito as prévias, mas não vejo hoje grande diferença política na condução do processo de São Paulo que justificasse esse processo”.

Fonte: Vermelho


Mulher acorda com homem nu ao lado da cama e chama a polícia em Tarumã

Por volta 03h40 desta segunda-feira, 27 de janeiro, a Polícia Militar foi chamada para atender uma ocorrência de importunação sexual em Tarumã.
A vítima foi uma mulher de 59 anos, que segundo o registro do Boletim de Ocorrência, acordou com um homem nu ao lado de sua cama.
A mulher entrou em contato com a redação do AssisCity e relatou que estava deitada na cama com seu marido, quando sentiu algo mexendo na sua perna. Ela imaginou que poderia ser um bicho.
"Eu estava sem óculos e pensei que poderia ter ocorrido alguma coisa com a minha tia de 90 anos, que é acamada, surda e de quem eu cuido. Gritei meu neto e percebi que também não era ele. Foi quando pulei por cima do meu marido, que acendeu a luz e vimos um homem encostado na parede completamente nu, que saiu correndo pela rua", afirma.
A Polícia Militar foi acionada e encontrou o homem dormindo em uma calçada nas proximidades de um posto de combustíveis. Ele foi conduzido até o Grupamento da Polícia Militar de Tarumã, onde foi reconhecido pela vítima e posteriormente encaminhado ao Plantão da Polícia Civil de Assis.
Segundo o B.O, não havia sinais de arrombamento na residência. Em entrevista ao AssisCity, a vítima relatou que o homem pode ter entrado pela janela do quarto da sua tia, que estava aberta. Também havia uma cadeira encostada na parede e um criado mudo, onde ele pode ter se apoiado para entrar na casa.
A ocorrência foi registrada como importunação sexual. Foi verificado que o homem que é do Paraná, está há pouco tempo na cidade e já causou importunação para alguns comerciantes, mas não foram registradas outras ocorrências. Ele será apresentado na tarde desta segunda-feira, 27 de janeiro, em audiência de custódia.

Fonte: Assiscity


Marília vai ter Carnaval de rua neste ano

A Prefeitura de Marília lançou uma licitação para a realização de carnaval de rua em Marília este ano, além de outro edital que prevê a locação de um trio elétrico para a Secretaria de Cultura por 12 meses. Veja no final do texto parte da programação para fevereiro.
O termo de abertura da licitação para alugar o caminhão adaptado para eventos com público foi publicado na última sexta-feira (24).
No termo de abertura não consta o valor previsto e a reportagem não localizou o edital no Portal de Licitações da Prefeitura.
“Justifica-se  a  abertura  de  licitação considerando   que   a   Constituição   determina   o   dever   do   poder público  garantir,  apoiar,  incentivar  a  valorização e  a  difusão  das manifestações   culturais   e   a   Administração   Municipal   pretende atendimento a vários eventos”, diz o documento veiculado no Diário Oficial.
O termo de abertura da licitação para contratar empresa especializada para realizar o projeto de Carnaval de Rua 2020, entre 15 e 25 de fevereiro, na avenida Sampaio Vidal, foi publicado no sábado (25). A Prefeitura pretende gastar até R$ 103 mil.
Também está prevista “praça de alimentação anexa ao recinto na Avenida das Indústrias e na Avenida João Ramalho no Desfile de Escolas de Samba”.
O serviço envolve “execução de serviços de apoio logístico e de palco, acompanhar a montagem do palco, som e toda a infraestrutura e logística do evento, coordenar a programação artística, interagir e orientar o público, distribuir confete e serpentina, realizar inscrições para os concursos de fantasias e outras atividades a serem realizadas durante os blocos”.
O certame prevê ainda até 75 seguranças não armados, contratação de engenheiro para montagem das estruturas e organização dos eventos Rainha do Carnaval 2020, Rei Momo, Princesa e Rainha da Diversidade.
Blocos:
Bloco me encontra em 15/02 das 16h as 0h;
Bloco Infantil Mamãe eu quero em 22/02 das 16h às 21h horas;
Bloco será que ele é? em 23/02 das 16h à 0h;  e
Bloco Bolacha ou Biscoito? em 25/02 das 16h à 0h.

Fonte: Giro Marília


sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

Neste sábado comércio de Garça fica com portas abertas até o meio dia

Amanhã, 25 de janeiro, último sábado do mês, enquanto os paulistanos comemoram o feriado de aniversário da capital paulista, o comércio garcense ficará de portas abertas até o meio dia.
Num momento de ‘calmaria’ no comércio, mais uma vez o setor de papelaria e os estabelecimentos que comercializam material escolar devem registrar grande movimento.
Conforme indicado pelo presidente da Acig (Associação Comercial e Industrial de Garça), João Francisco Galhardo, o ano letivo deve começar, na maior parte das escolas particulares e públicas ainda este mês, e isto aquece o comércio com a venda do material escolar.
“Muitos já fizeram suas compras, muitas escolas já liberaram a listagem ainda no final do ano letivo, ou no momento da matrícula, mas sempre ficam aqueles que deixam para depois. Por isso, como aconteceu na semana passada, os estabelecimentos que trabalham com material escolar devem registrar um maior movimento neste sábado”, falou Galhardo.
Os que não estão efetivando as compras, estão no processo de pesquisa de preços, lembrou o presidente.
“O comércio, nos dois últimos sábados do mês não tem o registro de grandes vendas, mas estamos confiantes. Esse movimento que acontece em todo início de ano alavanca as vendas no setor e é significativo para os comerciantes do ramo”, falou o gerente Fábio Dias, lembrando que apenas os dois primeiros sábados do mês funcionam em horário diferenciado, ficando aberto até às 16 horas.

Redação do Garca.Jor


Atribuição de aulas na rede estadual de ensino é marcada por problemas

A atribuição de aulas para a rede estadual de ensino em Marília (que engloba também as unidades de ensino de Garça) enfrenta nesta sexta-feira, 24 de janeiro, o segundo dia de problemas na classificação e foi cancelada a reunião marcada para 13 horas que deveria resolver a questão.
O problema foi provocada por falhas no sistema Portalnet, da Educação, e apesar da digitalização dos processos as planilhas terão que ser refeitas manualmente.
A Comissão de Atribuição de Aulas da Diretoria Regional de Ensino, que é responsável por corrigir os problemas no sistema oficial, enviou comunicado sobre transferência dos procedimentos para a segunda-feira, dia 27, a partir das 8h
“A nova lista de classificação será atualizada manualmente à vista das informações das Unidades Escolares e está prevista para ser divulgada à partir das 16h do dia 24/01/2020 (hoje)”, diz o comunicado.
Em nota, a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo diz que não houve qualquer alteração nos procedimentos e regras para atribuição dos professores temporários em 2020.
“A atribuição de aulas dos professores concursados já foi realizada em toda a rede estadual. Quanto aos docentes da categoria ‘O’, devido à grande quantidade de demanda, o prazo para atribuição foi prorrogado até a próxima segunda-feira (27).”
Segundo a nota oficial, eventuais recursos serão avaliados individualmente e havendo necessidade, as atribuições ainda poderão ser feitas na próxima segunda-feira, 27 de janeiro.

Fonte: Giro Marília


Homem invade sede da Prefeitura de Assis e queima papeis

Um homem ateou fogo em papeis e assustou servidores na Prefeitura Municipal de Assis na tarde desta sexta-feira, 24 de janeiro. O caso ocorreu por volta das 12h20 nas dependências do Paço Municipal, na Avenida Rui Barbosa.
Segundo apurado pela reportagem do AssisCity, o homem com idade entre 35 e 40 anos entrou na prefeitura e foi em direção a uma sala de arquivo morto no andar mais alto do prédio. Ele começou a arremessar objetos lá de cima e depois ateou fogo nos papeis que estavam em uma lixeira.
Depois, o homem foi até o piso do Gabinete e disparou o extintor de incêndio pelo corredor e pelas paredes. Durante alguns momentos ele chegou a dizer que não conseguia emprego e que ninguém dava oportunidade para ele.
De acordo com o relato de alguns servidores, durante a queima dos papeis, o homem também ateou fogo na sua camisa e nos seus documentos. A Polícia Militar foi acionada e conduziu o homem até a Central de Polícia Judiciária, onde o delegado irá ouvir seu depoimento.
Não há informações sobre a identidade do homem, se ele é de Assis ou de outra cidade, além da motivação do ocorrido. Apesar do susto, o homem não agrediu nem ameaçou qualquer servidor ou munícipe.

Fonte: AssisCity


Adolescente morre após bater bicicleta na lateral de caminhonete em Avaí

Um adolescente de 15 anos morreu depois de bater a bicicleta na lateral de uma caminhonete, na manhã de sexta-feira, 24 e janeiro, em Avaí.
De acordo com a Polícia Civil, a caminhonete seguia na via preferencial quando foi atingida pela bicicleta que trafegava em alta velocidade. Com o impacto, o ciclista morreu no local.
Ainda segundo a polícia, o motorista da caminhonete realizou o teste de bafômetro e o exame deu negativo para o uso de álcool. A Polícia Civil investiga o caso e não divulgou a identidade da vítima.

Fonte: G1


ONG: desinformação, preconceito e... fim?

Ricardo Mezavila

No Brasil, creio que no mundo todo, há formas diferenciadas de organizações não-governamentais, que dificulta estabelecer um conceito único e amplo que as englobe em uma mesma definição. No aspecto jurídico as ONGs são identificadas como associações ou fundações, regidas por estatutos.
As primeiras ONGs surgem no Brasil ainda nos anos de 1950, início dos anos 60, vinculadas ao trabalho de educação de base, normalmente vinculadas à Igreja, e depois elas foram crescendo.
“Oitocentas e vinte mil mil ONGs no Brasil. Isso tem que acabar”, informação falsa dita pelo presidente Jair Bolsonaro, que completou dizendo: “Por isso não sobra dinheiro para escolas e hospitais”. Com a chancela do presidente, esse tipo de avaliação negativa vem crescendo e quase arrasta as ONGs para um julgamento sumário, perverso e inquisitório.
Na contramão dos ditames presidenciais, estudo feito pelo IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística aponta que, em 2016, o Brasil contava com 237 mil fundações privadas e associações sem fins lucrativos. A maior parte dessas entidades sem fins lucrativos está localizada nas regiões Sudeste (48,3%) e Sul (22,2%). Em seguida aparecem Nordeste (18,8%), Centro-Oeste (6,8%) e Norte (3,9%).
Os dados do IBGE mostram ainda que a maior parte das ONGs tem vocação religiosa (35,1%) ou trabalha com cultura e recreação (13,6%). O terceiro maior grupo atua na área de desenvolvimento e defesa de direitos (12,8%). As associações patronais profissionais ficam em quarto lugar (12,2%), enquanto as de assistência social vêm na quinta colocação (10.2%). Nos últimos lugares estão as ONGs de educação e pesquisa (6,7%), saúde (2%), meio ambiente e proteção animal (0,7%) e habitação (0,1%).
Os 10,2% das ONGs voltadas para a assistência social e os 0,7% voltadas para o meio ambiente e proteção animal, são as que sofrem maior preconceito. A maioria da população quando ouve sobre ONG identifica esses segmentos como ‘os que recebem verba pública para defender bandido’ e ‘bando de maconheiros que derrama óleo na praia e toca fogo na floresta para arrecadar fundos’.
Essa afirmação vai assinada pelos mais de vinte e cinco anos que atuei na área social: Existe, sim, preconceito contra esse segmento, que atua no apoio às ações governamentais, na prevenção e redução das injustiças, na democratização do ensino, na sustentabilidade do meio ambiente, na defesa contra a violência sofrida por indígenas e mulheres.
Em campanha, Bolsonaro declarou que: “No meu governo não terá verbas para as ONGs e não haverá um centímetro de terra demarcada para reserva indígena ou quilombola”. Contudo, o presidente demagogo, quer subsidiar o pagamento do consumo de energia elétrica das igrejas evangélicas.
Vida longa para as instituições que atuam com responsabilidade! As ONGs que, efetivamente, realizam um trabalho sério provavelmente terão os títulos de utilidade pública municipal, estadual e federal; terão registro nos Conselhos nos quais atuam e que lhes permitem firmar convênios e prestar contas dos projetos desenvolvidos. Por isso, é sempre indicado que se busque informações sobre a história e a trajetória de uma ONG, antes de simplesmente julgá-la.

Ricardo Mezavila é escritor, pós-graduado em Ciência Política, com atuação nos movimentos sociais no Rio de Janeiro.


Carne de frango: OCDE e FAO apontam quanto Brasil deve exportar até 2028

Efetuando uma projeção a partir da média registrada entre 2016 e 2018, trabalho conjunto realizado por OCDE e FAO sugere que as exportações brasileiras de carne de frango devem aumentar 23,5% até 2028.
Como os dois órgãos adotaram por base o volume de, aproximadamente, 4,3 milhões de toneladas, o previsto é chegar aos 5,3 milhões de toneladas dentro de oito anos – expansão média pouco superior a 2% ao ano.
Nessa projeção, as exportações brasileiras terão um nível de expansão ligeiramente maior que o das exportações mundiais, cujo volume – já muito próximo dos 17 milhões de toneladas – tende a registrar aumento de 21%.
O nível de crescimento brasileiro, porém, pode ficar aquém do apresentado pelo concorrente mais próximo, os EUA. Pois o previsto no estudo da OCDE/FAO é que os EUA cheguem a 2028 com exportações de pouco mais de 4,3 milhões de toneladas, quase 29,5% a mais que o registrado na média do triênio 2016/2018.
Notar, de toda forma, que só em 2028 os EUA exportarão o mesmo volume que o Brasil exportou na média entre 2016 e 2018. Ou seja: a liderança brasileira como maior exportador mundial se mantém e sua participação até se amplia, passando de 30,8% do total mundial no triênio base para 31,4% ao final de 2028 – aumento de 1,78%.
Mas a participação norte-americana também aumenta. No caso, 6,64%. Pois deve passar de 23,9% para 25,5% de todas as exportações mundiais de carne.
Oportuno registrar que nos dados da OCDE/FAO está inclusa a carne de outras aves. Mas o predomínio quase total é da carne de frango.

Fonte: Avisite


Mais de 1,5 milhão de estudantes já se inscreveram no Sisu

Em balanço divulgado na manhã desta sexta-feira, 24 de janeiro, pelo Ministério da Educação, 1.561.692 estudantes fizeram 2.990.812 inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Os candidatos têm até o domingo (26) para concorrer às vagas do programa, e cada participante pode optar por até dois cursos.
O Sisu é a principal forma de acessar o ensino superior público com a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e vai distribuir no primeiro semestre do ano 237.128 vagas em 128 instituições de todo o país. A inscrição é gratuita e deve ser feita na página do programa na internet.
O sistema seleciona os mais bem classificados em cada curso, e, caso o desempenho do candidato permita o ingresso nos dois cursos, prevalecerá a primeira opção, com apenas uma chamada para matrícula.
Inicialmente, a data final de inscrições seria nesta sexta-feira (24), mas, em decorrência das inconsistências na correção das provas do Enem, o Ministério da Educação decidiu prorrogar até domingo (26), para evitar prejuízos.
Os resultados das inscrições serão divulgados no dia 28 de janeiro.
A partir do resultado, a matrícula ou o registro acadêmico nas instituições participantes devem ser feitos até o dia 4 de fevereiro. O lançamento da ocupação nas vagas pelas instituições participantes será até 7 de fevereiro, e a manifestação de interesse para constar na lista de espera é até as 23h59 de 4 de fevereiro.

Fonte: Agência Brasil


Mega-Sena acumula e deve pagar R$ 40 milhões no sábado

Nenhum apostador acertou os seis números do concurso nº 2.227 da Mega-Sena desta quinta-feira, 23 de janeiro,. Foram sorteados os números 06, 09, 12, 27, 32, 57. Segundo estimativa da Caixa, o concurso de sábado, 25 de janeiro, deverá pagar R$ 40 milhões.
A quina teve 92 apostas vencedoras e cada uma vai receber um prêmio de R$ 27.202,90. A quadra saiu para 5.732 apostadores, que receberão prêmio de R$ 623,73. A aposta mínima na Mega-Sena custa R$ 4,50. Nesse caso, a chance de acerto (probabilidade estatística) é de uma em mais de 50 milhões.

Fonte: Agência Brasil


quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

Rinaldo José Traskini é reeleito presidente da Associação Comercial e Empresarial de Pompeia

O atual presidente da Associação Comercial e Empresarial de Pompeia, Rinaldo José Traskini é reeleito para a próxima gestão 2020-23, depois de pleito realizado na sede da entidade, conforme o Estatuto e Regimento Interno da instituição, seguindo edital publicado dia 14 de Dezembro, quando apenas uma chapa foi inscrita, denominada “Pompeia sempre a frente”, e referendada pelos associados presentes em cerimônia realizada na manhã de quarta-feira, dia 15. “Fico feliz pelo voto de confiança, mais uma vez, e acredito ter a oportunidade de continuar alguns projetos e iniciar outros em fase de planejamento, seguindo sempre os interesses da classe empreendedora”, disse o empresário ao agradecer a presença dos comerciantes associados que se dispuseram a estar na entidade para votarem, mesmo com chapa única.
A chapa inscrita e eleita que assumirá a entidade a partir do dia primeiro de Fevereiro foi constituída da seguinte forma: Presidente - Rinaldo José Traskini; 1º Vice-Presidente - Marineves da Silva Barros Souza; 2º Vice-Presidente - Marcos José Guilhem; 3º Vice-Presidente - Chikao Nishimura; 1º tesoureiro - Clarissa Zanoni Kera Arantes; 2º tesoureiro - Marcia Heiko Saito Crivelaro; 1º secretario - Arlete Cassaro Menini Gonçalves; 2º secretario - Luiz Gustavo Neves Valotto; Presidente do SCPC - Alair Mendes Fragoso; Conselho Fiscal - Ailton Figueiredo de Lima, Carlos Augusto Reis e José Peres Vicente; Suplentes - José Antonio Vieira Lourencetti, Roseli Lopes de Oliveira Palú e Vera Lucia Sales Truzzi; Conselho Consultivo - Adilson Josafá Sampaio, Admilson Kamiya, Ana Paula Cury Takaki, Antonio Felipe, Antonio Felipe Junior, Elizabeth Dias da Silva, Elizete Aparecida Cassaro Yassuda, Guilherme Buim Arena Belinato, Hidemi Mukai Tateishi, Lina de Cassia Ferraz Severino, Marisabel Alves Simões Mattiazzo, Minoru Takaki, Renato Zanatta Polo, Vanda Lucia Luzia de Sá, e Wagner do Nascimento.
Na assembleia de eleição, Clarissa Zanone Kera Arantes esteve como Presidente da sessão, tendo Neide Kazuko Taketa Costa na secretaria e Nelson Roberto Vieira como escrutinador. “O processo foi tranquilo, como é tradição em nossa entidade, e a chapa foi eleita por unanimidade”, disse a presidente da assembleia que conduziu os trabalhos dentro dos procedimentos normatizados, lavrando a ata que será encaminhada para registro em cartório. “Todos os detalhes foram seguidos e cumpridos, finalizando com a votação que foi tranquila. Agora vamos aguardar o início das atividades da nova diretoria” disse Valdenice Aparecida Lacerda Valderramas, gerente administrativa da associação comercial, ao lembrar que a atual gestão finaliza os trabalhos dia 31 de Janeiro.
Rinaldo José Traskini ao ser proclamado futuro presidente para a próxima gestão, agradeceu a presença de todos e disse ter um novo desafio pela frente. “Não faço promessa e sim afirmação de que continuaremos ao lado do comerciante no que for preciso, afinal, nossa função é assessora-lo”, falou ao enumerar uma série de conquistas e realizações nos últimos anos, principalmente com os reconhecimentos da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp) e do Sebrae-SP, colocando a Associação Comercial e Empresarial de Pompeia, entre as três melhores do Estado de São Paulo. “E não pensem que isso é fácil”, disse ao fazer um agradecimento especial a gerente da entidade, Valdenice Aparecida Lacerda Valderramas que completou mais de 30 anos de atividades na instituição.

Fonte: Portal NC


O sutil poder da linguagem

Bruno Barros Ferreira

‘‘Quando iam pegando no sono, arrepiavam-se, tinham precisão de virar-se, chegavam-se à trempe e ouviam a conversa dos pais. Não era propriamente uma conversa: eram frases soltas, espaçadas, com repetições e incongruências. Às vezes uma interjeição gutural dava energia ao discurso ambíguo. Na verdade nenhum deles prestava atenção às palavras do outro: iam exibindo imagens que lhes vinham ao espírito, e as imagens sucediam-se, deformavam-se, não havia como dominá-las. Como os recursos de expressão eram minguados, tentavam remediar a deficiência falando alto”.
A insólita descrição do horizonte escasso de compreensão de Fabiano, restrito ao universo monossilábico que ao mesmo tempo o constitui e conforma os limites do seu mundo,  inspira a conclusão, de entrada,  como um atropelo à revelia do protocolo, de que o pensamento é, em última instância, composto de signos, os signos mediados pelas palavras e, articulados, delineiam a extensão e as fronteiras da própria realidade, do entendimento e da elaboração. O espectro semântico de cada palavra abre lugar a uma infinidade de sentidos e, então, quanto mais profícuas as ferramentas disponíveis (palavras), maior a rede de articulações, mais densas as dimensões de significação, mais verticais as discussões e mais sofisticadas as ideias, como grandezas diretamente proporcionais.
Conclusão que, no entanto, não se apressa sem antes delinear os fatores outros que se justapõem à articulação dos signos. Ao reconhecer que as enunciações não apenas dizem, relatam ou descrevem coisas, verificáveis no nível apofântico (verdadeiro ou falso), os atos de fala  evidenciam que, quando veiculadas em contextos próprios,  executam ações (atos performativos), moldando o mundo exterior, como o faz um sim verbalizado em uma cerimônia de casamento ou um aceito exclamado no bojo de uma tratativa de negócios. E daí, pois, que se insere no âmbito do dito (ato locucionário) o não dito (ato ilocucionário) e os efeitos do que foi dito (ato perlocucionário), sendo perfeitamente razoável entender o porquê um interlocutor, a partir de uma enunciação do tipo pegue o casaco antes de sair de casa, entenda que possa vir a fazer frio e que efetivamente se aqueça caso acate a sugestão. Palavras e ação, pois.
Não sem antes, também, aplaudir os contributos da crítica nietzscheana dirigida ao paradigma metafísico de pensamento, responsável por conferir à linguagem ocidental uma imobilidade insuportável. Como natural decorrência das aspirações de um sujeito que atravessou toda a antiguidade e a modernidade em busca da verdade, a linguagem definiu, categorizou, enquadrou, limitou e, como quem coloca coisas em caixas, nomeou o mundo fugidio que não mais poderia escapar à designação, pavimentando o solo que conferiria segurança e ordenação ao andar cauteloso. Como contrapartida, claro, embotou a dimensão criativa da linguagem, que potencialmente poderia não só nomear como também expandir o quadro de percepções possíveis, dançando com os sentidos assim como  os sentimentos dançam com a música.
Não sem antes aderir à fertilidade do pensamento que imbrica linguagem e discurso ao universo político, cultural e social que singulariza determinada realidade. Depois da proposta da linguagem como forma de vida e da explicitação dos jogos contextuais que ela permite – palavras têm contextos e os contextos conduzem a interpretação -, entendê-la enquanto discurso é antes de mais nada perscrutar as condições de possibilidade  para o surgimento de um tipo de saber, sempre compreendido por intermédio de um feixe de relações de poder. Toda rede de conhecimento – o direito, a medicina, o jornalismo, a publicidade e qualquer logia – se consolida à luz de um background de sentido que permite com que a produção teórica tecida no bojo daquele ramo seja ele o que é, e, antes tudo, permite a sistematização dos elementos com que lida segundo uma ordem hierárquica congruente ao paradigma a que está inserido.
Não sem antes apostar na sociologia dos campos, que, em alguma medida, confirma a perspectiva proposta quando explicita como os sentidos autorizados – aqueles reputados como corretos e majoritariamente compartilhados sem que a grande maioria das pessoas se dê conta que a eles aderiram -, quase nunca são frutos de um acordo e nem sempre decorrem da coerência interna segundo um determinado sistema de saber que verifica a correção ou incorreção de determinados sentidos; antes, decorrem de árduas e desproporcionais lutas travadas entre pessoas que disputam os mesmos espaços de definição, sendo que o certo, o bom, o correto e suas respectivas antíteses exsurgem da paradoxal sutileza de um enfrentamento não confessado. 
Tudo isso (também) para propor como a linguagem se apresenta como o recurso ao mesmo tempo mais eficaz e sutil à conservação e subversão do mundo, a depender das conveniências postas. Eficaz porque, como condição de possibilidade, esquadrinha o horizonte semântico, elastecendo ou enxugando os sentidos conforme atenda ou desatenda pretensões, conforme liberta ou aprisiona, libera ou obstrui; sutil porque, banalizada pela troca cotidiana e esquecida como veículo do pensamento e locus da luta, é traiçoeiramente permeada por alterações tímidas e sucessivas, que, ao final, força arbitrariamente o deslocamento do eixo dos sentidos, que passam a comportar significações outras até que sejam invertidas ou negadas.
Antes da espoliação patrimonial, da violação sexual, da mitigação, da negação, do abuso e do arbítrio; antes, pois, do passar do pano, do negar sem sentir, do mentir sem pesar, da República de Gilead, da saudação ao Grande Irmão ou do amor incondicional ao Marechal, inicia, com um silêncio perturbador, a desindexação dos sentidos compartilhados em direção ao momento em que, sem que se perceba o itinerário do processo rasteiro de subtração dos sentidos das palavras, inversões sejam consolidadas e os absurdos passem despercebidos pelos ouvidos mais atentos, abrindo espaço para a realocação das coisas e a reordenação insana do universo compartilhado.
Talvez por isso não bastasse aos trabalhadores de Alentejo apresentados por Saramago, extenuados pela humilhação cotidiana da escravidão moderna dissimulada, apenas dominar o ofício manuseando, fabricando e produzindo, pois muito enganadas vivem se não aprenderem as palavras todas e a entender o que elas são, ceifar, carregar, molhos, gadanhar, debulhar à máquina ou a sangue, molhar o milho (…) trabalhar em poços trabalhar em brocas e barrancos, chacotar a lenha, rechegar, enfornar, terrear, empoar e ensacar, o que aqui vai, santo Deus, de palavras, tão bonitas, tão de enriquecer os léxicos, bem-aventurados os que trabalham, e que faria então se nos puséssemos a explicar como se faz cada trabalho e em que época, os instrumentos, os apeiros, e se é obra para homem ou para mulher e porquê”; e porque, claro, o universo linguístico ressiginifica o universo do próprio homem, enforma-o segundo um modelo que se espera de comportamento e, muito mais astucioso do que dominar o trabalhador pelo trabalho, é fazê-lo acreditar que a assimetria faz parte de um mundo que é e sempre foi, legitimando a opressão com a concorrência do oprimido.                                         
Não sem antes, em um tom esperançoso, apostar no constrangimento como resposta. Constrangimento que consiste em apresentar um conjunto de argumentos que contrapõe, ao mesmo tempo em que, atento aos despropósitos, chacoalha as premissas, revisa as conclusões, recoloca as melhores perguntas, sacudindo os preconceitos percebidos e não percebidos, desconstruindo, analiticamente se o caso for, proposições incoerentes e incongruentes, apontando, enfim, os disparates que, nessa condição, merecem ser expostos.

Bruno Barros Ferreira é graduado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás, analista judiciário do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás e ex-sssessor do Ministério Público do Estado de Goiás.


Vazamento em adutora afeta abastecimento de água em dez bairros de Salto Grande

Dez bairros de Salto Grande estão com problemas de abastecimento de água por causa de um vazamento em uma adutora. A cidade tem pouco mais de 8 mil habitantes e 5.272 pessoas são afetadas, ou seja, 60% da população.
Segundo a divisão de Água e Esgoto, os funcionários do setor estão trabalhando no reparo da rede que tem 7 quilômetros de extensão e fica em um local de difícil acesso. Os bairros afetados são: Vila Salto Grande; Vila São Geraldo, Vila São João, Cohab, Parque das Nações, Bugre, CDHU, Mutirão, Bomba D´Água e Jardim Thainá.
Ainda não há previsão para a finalização dos trabalhos e a orientação é para a população economizar água.
A prefeitura também vai disponibilizar caminhões-pipa aos moradores que tiverem necessidade. O telefone para informações é o (14) 3378-1399.

Fonte: G1


Mulher morre com suspeita de dengue hemorrágica em Parapuã

Uma mulher de 45 anos morreu na tarde de quarta-feira, 22 de janeio, com suspeita de dengue hemorrágica em Parapuã.
A responsável pelo setor epidemiológico Cristina Pereira, informou por telefone a equipe de reportagem Guia Parapuã que a morte deve ser investigada pela Secretaria
Municipal de Saúde.
A principio a mulher sofreu uma parada cardiorrespiratória, porém segundo Cristina, tudo indica que a paciente chegou ao hospital com suspeita de dengue.
O médico plantonista encaminhou o corpo da parapuense para o instituto médico legal de Tupã, que vai realizar Uma autópsia para confirmar ou não a suspeita.

Fonte: AssisCity


CDHU abre inscrições para 103 casas na cidade de Agudos

A Secretaria de Estado da Habitação, por meio da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), recebe entre os dias 23 e 27 de janeiro inscrições de interessados em participar do sorteio de 103 unidades do Programa "Nossa Casa", que serão construídas na Vila Nossa Senhora Aparecida, em Agudos (13 quilômetros de Bauru).
As moradias do chamado empreendimento habitacional "Agudos-F" terão dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço e vão atender famílias com renda mensal entre 1,5 e 5 salários mínimos.
Para concorrer ao sorteio, o pretendente deve fazer a sua inscrição por meio do aplicativo Kaizala, disponível gratuitamente nas lojas App Store e Play Store, ou pelo site da CDHU, no link http://www.cdhu.sp.gov.br.
A seleção dos beneficiados será feita por sorteios públicos classificatórios. Só poderá se candidatar quem estiver morando ou trabalhando na cidade e não tiver sido beneficiado por nenhum programa habitacional.
Outra exigência é que o candidato esteja com nome limpo, sem nenhuma restrição de crédito, para obter o financiamento ofertado pelas regras da Caixa Econômica Federal, e sem pendência com a Receita Federal.
Nesta modalidade de programa, os terrenos são ofertados pelos municípios e a construção das moradias é realizada com recursos da Caixa e da Secretaria da Habitação, por intermédio da Agência Paulista.
A Secretaria de Habitação concederá subsídios de até R$ 40 mil, conforme a renda das famílias. Será possível contar ainda com subsídios federais e utilizar o FGTS no financiamento habitacional.
O interessado em concorrer a um dos imóveis deverá acessar o site da CDHU (cdhu.sp.gov.br) e clicar no banner das inscrições. Em seguida, deve escolher o empreendimento de Agudos
Quem optar pela inscrição via celular deverá inserir o número de celular e será redirecionado para instalar o aplicativo Kaizala, disponível para Android e Iphone. Uma vez instalado, o interessado será incluído no grupo da CDHU e poderá efetivar a inscrição.
Para aqueles que preferirem fazer a inscrição no próprio site, e só clicar em "Prefiro inscrever-me pelo site" ao invés de incluir o número do celular. Na sequência, selecionar opção "Inscrição" e seguir as orientações.
Será enviado o código de acesso por SMS ou ao e-mail informado e o interessado deve validar o código para abrir e preencher o formulário. Ao concluir o processo, os candidatos receberão o número da inscrição pelo app e pelo e-mail informado.

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru


Caminhoneiro reage a roubo e esfaqueia ladrão em Marília

Um caminhoneiro que transportava carga de biscoitos evitou um assalto na madrugada desta quinta-feira em Marília depois de reagir e atingir o ladrão com uma faca. O assaltante fugiu a pé e foi localizado pela polícia na rua Pedro de Toledo.
O crime aconteceu na rua Dermânio da Silva, na zona norte, enquanto o caminhoneiro dormia no veículo. Ele pretendia viajar pela manhã e ouviu barulho no veículo por volta de 03h30.
O motorista desceu da cabine armado com a faca e flagrou dois homens e uma mulher, que teriam chegado em um carro. Houve luta e o motorista disse ter sido agredido com chutes e socos.
Um dos homens teria desistido do assalto e fugiu com a mulher. O outro ainda estava em luta e foi atingido com a faca.
A ocorrência foi relatada pela vítima do assalto, que denunciou o crime e revelou sua reação. Os policiais acionaram equipe do Resgate que fez primeiro atendimento e levou o acusado ao Hospital das Clínicas.
O caminhoneiro reconheceu o ladrão, que ficou internado com escolta policial. Apesar do sucesso na reação, a Polícia Militar divulgou nota em que desaconselha esse tipo de medida.
“A Polícia Militar, preocupada com a segurança de todos, orienta a não reação das vítimas nos casos de roubo e assim que possível liguem para o telefone de emergência 190 informando as características dos criminosos e a direção tomada por eles. A vida é o bem mais precioso que se tem “, diz a nota.

Fonte: Giro Marília


quarta-feira, 22 de janeiro de 2020

Inscrições para curso de acondicionamento de cargas terminam nesta quinta no PAT de Garça

As inscrições continuam abertas para o curso gratuito de qualificação em acondicionamento de cargas. A capacitação é uma oportunidade para quem quer aprender a trabalhar com almoxarifado e para as empresas que trabalham com estoque. A carga horária é de 20 horas.
O objetivo do curso é ensinar os participantes a planejar, programar e operacionalizar a arrumação de cargas em armazéns, almoxarifados verticalizados, contêineres, veículos carrocerias, baú, carreta sider e outros.
Um dos principais alvos é a segurança e eficiência, de forma a evitar acidentes e a preservar as cargas, os recursos de armazenamento, os veículos transportadores e as unidades de armazenagem, como contêineres ou galpões.
São utilizados vários tipos de materiais, equipamentos, ferramentas e acessórios de acordo com suas características e aplicações, desenvolvendo qualidades pessoais, encorajando a prática da segurança de maneira preventiva e garantindo a qualidade do serviço executado, verificando as condições de funcionamento do equipamento.
Para participar do curso os interessados devem ter no mínimo 18 anos de idade, ter completado a 5ª série do ensino fundamental e uma renda familiar per cápita de até um e meio salário mínimo, hoje em torno de R$ 1.600,00.
As inscrições estão sendo realizadas no PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador), à rua 15 de Novembro, 110, no Centro, e vão até às 16 horas desta quinta-feira, 23 de janeiro.
O curso está sendo promovido pela Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e o Senai Marília.

Redação do Garca.Jor