segunda-feira, 30 de dezembro de 2019

Gasto com pizzas vai ser investigado em Ubirajara

A Polícia Civil irá investigar denúncia feita por um vereador de Ubirajara sobre supostas irregularidades no pagamento de uma festa de confraternização para parlamentares e funcionários da Câmara realizada em uma pizzaria.
De acordo com boletim de ocorrência registrado pelo vereador Marcelo dos Santos, a festa ocorreu no último dia 20, em uma pizzaria em Duartina, e teria sido promovida pelo presidente do Legislativo, Marcos Rogério Silvino Briquezi.
Santos alega que, além de parlamentares de partidos de oposição ao atual chefe do Executivo, participaram da festa de confraternização alguns familiares e amigos convidados. Ele afirma que a conta foi paga com verba da Câmara.
Ainda segundo a versão do vereador no BO, na nota fiscal lançada pelo estabelecimento, no valor de R$ 2.150,00, constou na descrição o termo "marmitas". A nota, de acordo com ele, já está disponível no Portal da Transparência.
O delegado de Ubirajara, Paulo Calil, informou que, pelo fato da denúncia envolver vários vereadores, o caso será remetido à Delegacia Seccional de Polícia de Bauru para a investigação de eventual crime.
O presidente da Câmara confirmou à reportagem que a festa foi paga com recursos do Legislativo. "Eu fiz para todos os funcionários e familiares da Câmara. Inclusive, ele (o denunciante) foi convidado. Ele não foi porque não quis", diz.
"Se constou marmita (na nota fiscal), aí é com a empresa. Foi uma confraternização e todos os funcionários sabiam. E todos os vereadores também". Ele afirma ainda que tudo foi feito de forma "transparente" e que "não tem nada a esconder".

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru


Nenhum comentário:

Postar um comentário