quinta-feira, 14 de novembro de 2019

Parceria entre Fatec Garça e Famema tem novo avanço

Quem visitou a terceira edição da Feira do Empreendedorismo, realizada pela Fatec Garça no último mês de abril, teve a oportunidade de conhecer muitas inovações tecnológicas e, entre elas, o estrado de cama automatizado para pacientes em home care. Já na oportunidade foi possível ver a parceria entre a Fatec Garça e o Complexo Assistencial da Famema (Saúde) que está em processo de digitalização de documentos por meio de uma parceria com a Unesp. A parceria com a Fatec de Garça visa o desenvolvimento de projetos de tecnologia médico-hospitalar e nesta segunda-feira, dia 11 de novembro, aconteceu no Hospital de Clínicas, em Marilia um encontro entre os parceiros para formalizar as alianças. A proposta foi melhorar a capacidade e eficiência do atendimento SUS.
Durante o encontro foram apontados os primeiros projetos de tecnologia médico-hospitalar em andamento na Fatec Junior (incubadora que funciona dentro da Fatec de Garça) em prol dos pacientes da Famema, familiares e cuidadores.
Somando-se ao estrado de cama automatizado para pacientes em home care e ao leito de transporte de pacientes com todos os equipamentos acoplados (sem necessidade de demandar uma equipe inteira para levar cada equipamento separadamente), vieram o sistema de registros de eletrocardiograma e o equipamento de laringoscopia automatizado.
De acordo com o gestor da Incubadora de Empresas em Garça, Fábio Dias, a parceria é muito importante e traz à tona aspectos importantes que não devem passar despercebidos. Ele participou do encontro enquanto representante da Associação Comercial e Industrial de Garça – Acig – que responde pela Incubadora, em razão do suporte que a entidade dará ao trabalho.
“Essa parceria mostra a qualidade dos trabalhos que são realizados na Fatec Garça, a importância que os mesmos têm e o trabalho que acontece na Incubadora”, falou ele.
A parceria foi firmada com a Famar (Fundação de Apoio a Faculdade de Medicina de Marília).
De acordo com o diretor presidente da Famar, Igor Ribeiro de Castro Bienert, já existem muitas iniciativas comerciais em tecnologia médico-hospitalar, mas completamente inacessíveis aos usuários SUS.
“Nosso foco é trabalhar por tecnologia eficiente, mais barata e disponível. Essa parceria não gera impacto em negócios, visa exclusivamente melhorar a capacidade e eficiência do atendimento público em Saúde (além do ganho para os alunos da faculdade)”, disse ele em matéria divulgada pelo Jornal da Manhã – Marília. 
No encontro entre os parceiros, ocorrido na segunda-feira, a diretora da Fatec, Cássia Regina Bassan, e um dos professores orientadores, Ildeberto Bulgatt, levaram alguns dos alunos envolvidos diretamente com os protótipos em andamento.
O diretor de Pós-Graduação da Famema, Spencer Payão, destacou, durante a reunião, a importância de aliar tecnologia e ciência ao aspecto prático para o auxílio efetivo de pacientes e familiares. E ressaltou que a formalização é fundamental para garantir a continuidade dessas iniciativas públicas.

Redação do Garca.Jor


Nenhum comentário:

Postar um comentário