quinta-feira, 10 de outubro de 2019

Empresa de Duartina está envolvida em operação contra sonegação da PF

A Secretaria da Fazenda do Estado deflagrou, nesta quinta-feira, 10 de outubro,, a operação Forasteiro, que tem o objetivo de desarticular um esquema de sonegação de impostos baseado na criação de empresas fantasmas.
Na região do Centro-oeste paulista, a ação está sendo realizada em Assis, Botucatu, Duartina, Jaú e Santa Maria da Serra, com um contribuinte investigado em cada cidade.
Entre as empresas fiscalizadas, estão indústrias e comércios atacadistas de diversos setores, a maioria no segmento de metais e plásticos.
Segundo a Secretaria, a operação tem como finalidade recuperar os mais de R$ 100 milhões do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) que as irregularidades causaram de prejuízo aos cofres paulistas desde 2015.
A fiscalização identificou que os maiores volumes de créditos foram emitidos em 2019, mas também encontrou operações suspeitas nos últimos quatro anos.
Assim, a ação da Secretaria da Fazenda está sendo feita em 15 Delegacias Regionais Tributárias (DRTs) do Estado, com 250 agentes fiscais de rendas.
Todos os 128 contribuintes investigados no estado deverão prestar esclarecimentos à Secretaria da Fazenda, incluindo os cinco da região do Centro-oeste paulista. Eles poderão ser responsabilizados nas esferas civil e penal.

Fonte: G1


Nenhum comentário:

Postar um comentário