quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Nem as abelhas que pousaram no Centro aguentaram o calor de Garça

O calor foi um dos motivos que fizeram milhares de abelhas que formaram um enxame no centro de Garça a sair do local sem a necessidade de intervenção do homem na tarde de terça-feira, 17 de setembro.
Os bombeiros chegaram a isolar a área e acionar um apicultor, mas não foi necessário o trabalho de retirada. Por volta das 16h30, as abelhas deixaram o muro de uma loja de sucos onde elas estavam aglomeradas desde o início da manhã.
Segundo informações do Instituto de Pesquisa Meteorológicas da Unesp (Ipmet), Garça registrou 38ºC na tarde desta terça-feira.
"Esse tipo de ocorrência é muito comum nessa época do ano. Devido a chegada da primavera, ocorre um deslocamento das abelhas, da movimentação, por conta do calor e também por conta da consequência das queimadas", explica o subtenente Júlio César.
Os bombeiros chegaram a isolar a área e o dono da loja de sucos não pode abrir o estabelecimento durante o dia.
"Quem chegou primeiro foi a minha irmã, que é minha sócia aqui na loja, e ela prontamente chamou os bombeiros, porque a gente não sabia como agir", conta Marcel Belasalma Rodrigues.
As milhares de abelhas da espécie Europa chamaram a atenção de quem passava pelo Rua Carlos Ferrari, em frente à casa de sucos Hortelã.
"Essa é a primeira vez que eu presencio uma cena dessa e realmente é assustador, porque nos chegamos pra trabalhar, as pessoas todas aqui fora, as pessoas filmando, outras tirando foto, então realmente foi surpreendente", destaca o corretor Rodilei Rodrigues.
Depois que as abelhas foram embora, a área foi liberada pelo Corpo de Bombeiros.

Fonte: Redação do Barca.Jor e G1


Nenhum comentário:

Postar um comentário