sexta-feira, 27 de setembro de 2019

Ex-prefeito de Bariri é condenado a mais de 11 anos de cadeia por estupro

O ex-prefeito interino de Bariri, Paulo Henrique Barros de Araújo foi condenado a 11 anos e 3 meses de prisão, em regime inicialmente fechado, pelo sequestro e estupro de uma menina de 8 anos em Bauru, no mês de abril de 2018.
A sentença é de primeira instância e cabe recurso. Se ele for recorrer, deve aguardar o resultado preso.
Segundo o advogado contratado pela família da vítima, a sentença foi dada no dia 21 de setembro. O processo corre em segredo de Justiça.
Uma menina de 8 anos, moradora do Núcleo Habitacional José Regino, em Bauru, saiu de casa para comprar pão no dia 21 de abril de 2018 e foi abordada por Paulo Araújo. Moradores do bairro a viram entrando em um Ônix preto e acionaram equipes da PM.
Araújo a levou até o Vale do Igapó, para uma área de mata, onde seu carro ficou preso em um buraco. A criança fugiu e conseguiu pedir socorro. A PM fez buscas no Vale do Igapó e prendeu Araújo.

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru


Nenhum comentário:

Postar um comentário