segunda-feira, 23 de setembro de 2019

Colorimetria: descubra a melhor cartela de cores para suas roupas

A escolha adequada da cor das roupas pode contribuir para iluminar o rosto, suavizar a textura da pele e equilibrar os traços. Para que isso aconteça, os tons devem se adequar ao tipo físico, tonalidade da pele e também do cabelo, segundo a especialista em colorimetria e docente da área de moda do Senac Marília, Ivonete de Souza Nissimura.
“Por meio de um método cientificamente comprovado, é possível determinar as cores que mais favorecem cada pessoa e que influenciam no visual”, afirma Ivonete.
A especialista possui experiência em produção pessoal e revela que a técnica pode até fazer com que a pessoa pareça mais jovem e descansada. Escolher errado, no entanto, ‘apaga’ a pessoa e, consequentemente, sabota a sua aparência. A primavera, que se inicia no dia 23 de setembro, é uma excelente oportunidade para aplicar a técnica, lembrando que a tendência está nas cores quentes, vibrantes e metálicas, como laranja, amarelo, living coral e os vários tons de vermelho.
“Nessas situações, a análise cromática é uma área da consultoria de imagem que pode ajudar muito a determinar o que combina ou não para cada pessoa”, explica a especialista. Para chegar aos resultados, são analisados os subtons da pele, ou seja, o que está embaixo dela, verificando se a temperatura é quente, fria ou neutra.
Neste momento, não é somente a cor da pele propriamente dita que importa. Por exemplo, existem peles negras que têm a temperatura fria e peles brancas com a temperatura quente. Em resumo, de acordo com a análise cromática, pele fria é a que apresenta tons mais rosados, e quente, a que concentra tons mais amarelados.
Já as peles neutras se caracterizam por um tom pastel, que fica entre os rosados e amarelados. Se você tem pele branca e não se queima facilmente ao sol, é uma indicação de que sua pele é neutra.
Mas você sabe qual a cor que melhor combina com seu tom de pele e cabelo? Para auxiliar na determinação das tonalidades que mais combinam com cada pessoa, Ivonete orienta a realização de um breve teste:
- Em primeiro lugar, separe os seguintes materiais: um espelho com luz natural; uma camisa ou papel de cartolina numa cor quente (laranja é uma boa opção de cor) e o mesmo material para uma cor fria (prefira o pink); uma blusa branca e outra off-white ou marfim.
- Em seguida, prenda os cabelos e retire toda a maquiagem, no caso das mulheres. Fique em frente ao espelho e repare bem na cor de seus olhos, cabelos (cor natural) e a pele. Perceba se estão mais perto de tons quentes ou frios. Depois disso, coloque uma blusa de cada vez em volta do pescoço e observe. Neste momento, vá brincando com elas: junte duas cores, veja uma só, e continue analisando. Será possível notar que algumas realçam mais que as outras.
Analisar as peças que estão no guarda-roupa também podem ajudar nesse processo. Se perceber que tem mais peças pinks, pretas ou em tonalidades de azul e lilás, e notar que se sente melhor com essas cores, a coloração é fria. Por outro lado, se você se sente radiante quando usa peças alaranjadas, douradas, salmão ou turquesa, saiba que a tendência é que sua coloração seja quente.
Mas é preciso descobrir se você realmente tem razão. Para isso, confira mais alguns truques que podem ajudar:
- Preste atenção quando sua pele reagir ao sol, pois quem fica com pele vermelha, é fria, enquanto as pessoas que se bronzeiam têm a pele quente;
- Observe as veias do pulso, pois se estiverem mais para o azul, é mais provável que seja fria. Se forem mais para o verde, a probabilidade de você ter a pele quente é maior;
- Outro teste interessante para analisar qual tom e cores combinam mais com a pele é a utilização de uma moeda dourada e uma prateada. Se a pele combinar com a dourada, é quente, e se for com a prateada, é fria. Se a combinação for com as duas moedas, significa que o seu tom é neutro.
Para os interessados em se especializar na área de moda e que buscam uma capacitação de curta duração, o Senac Marília está com inscrições abertas para a capacitação Análise de Cores, com aulas a partir de 11 de outubro. Por meio da técnica de análise sazonal de cores, o curso prepara o aluno a identificar a cartela que harmoniza com a coloração pessoal, incluindo a pele, olhos e cabelos. Ao final do curso, o profissional estará apto a atuar na consultoria e composição harmônica da escolha de roupas, acessórios, maquiagem e coloração de cabelos. Para mais informações e inscrições, acesse o Portal Senac: www.sp.senac.br/marilia.
Serviço:
Análise de Cores
Data: 11 de outubro a 13 de dezembro de 2019
Horário: sexta-feira, das 14 às 17 horas
Local: Senac Marília
Endereço: Rua Paraíba, 125 – Centro – Marília/SP
Informações e inscrições: www.sp.senac.br/marilia

Redação do Garca.Jor


Nenhum comentário:

Postar um comentário