terça-feira, 13 de agosto de 2019

Ex-presidente do Garça Futebol Clube se une a ex-jogador do São Paulo em clube português

No final do século passado, o Garça Futebol Clube vivia um grande momento, tendo ido até a final da Série A3 do Campeonato Paulista, só não ascendendo depois de ser derrotado pelo Nacional na final da competição. Os jogos atraiam um grande público e o time tinha jogadores de destaque, como Reginaldo e Choquito. O futebol era tocado pela empresa American Sport, que tinha à frente Luiz Antônio Duarte Ferreira, o conhecido “Cai-Cai”.
Após aquela ótima campanha, a força do Garça foi diminuindo e logo a American Sport deixou a equipe e passou a gerenciar o futebol do Marília Atlético Clube. Sob o comando da empresa e de Ferreira, o MAC disputou a série A do Paulista e chegou a brigar para subir para a primeira divisão do Brasileiro. A passagem por Marília foi mais fugaz e Ferreira deixou a região, voltando a se dedicar a uma empresa na área tabagista que possuía no Rio de Janeiro.
Mas o ex-presidente do Garça agora volta ao mundo do futebol. Ele se associou ao ex-jogador Palhinha, que fez muito sucesso ostentando a camisão do São Paulo, para atuar no futebol português.
Ferreira e Palhinha efetuaram a aquisição do União de Almeirim, um time da quarta divisão do país. Os sócios elaboraram um trabalho para reerguer a equipe e buscar levá-la à elite do campeonato lusitano. A aquisição se deu por meio de uma empresa denominada Palhinha 9 Sports Unipessoal Ltda, que hoje conta com 90% das ações do clube. Essa compra teria tido um custo de 200 mil euros.
"Eu cheguei em dezembro com meu parceiro Luiz Antônio Duarte Ferreira e nós começamos a procurar uma equipe pelo país. Andamos de um lado para o outro, fomos em Almada, Cascais, Viana do Castelo, Rio Maior e outros lugares para encontrar um clube que nos permitisse fazer um trabalho embrionário, com sub-15, sub-17, sub-19 e também profissional", disse Palhinha, em entrevista ao portal UOL.
O clube que passa a ser administrado pelo ex-jogador do tricolor paulista e pelo ex-presidente do Garça está instalado em uma cidade de cerca de 12 mil habitantes e um bom estádio para abrigar os jogos. Os investidores indicam que irão também apostar vários jogadores brasileiros, que estão sendo incorporados à equipe e deverão ser aproveitados nas competições locais.

Fonte: Jornal Debate


Nenhum comentário:

Postar um comentário