segunda-feira, 26 de agosto de 2019

Após um ano da morte de Ana Carolina Montolezzi, pai clama por justiça em Assis

No domingo, 25 de agosto, completou um ano da morte da jovem Ana Carolina da Silva Montolezzi, de 17 anos. A vítima foi morta após levar um tiro do padrasto na cabeça em uma casa no Jardim Morumbi, em Assis.
O pai de Ana Carolina, Márcio Montolezzi, tenta seguir a vida, apesar da dor pela ausência da filha. Ele afirma que após um ano do crime, ainda aguarda o desfecho do caso.
"Como pai, a falta dela ainda traz muito sofrimento. Não consigo dormir direito, me alimentar bem, principalmente porque ainda aguardo que a justiça seja feita. Há cerca de 15 dias fui conversar com o promotor do caso, que disse ter pedido mais algumas informações à Polícia Civil, já que o inquérito não foi fechado. Não quero que a morte da minha filha fique no esquecimento, porque o culpado tem que pagar pelo que fez”, afirma.
Na época do crime, o padrasto de Ana Carolina passou por audiência de custódia e conseguiu a liberdade provisória, para aguardar o julgamento em liberdade.
"Não sei dizer onde ele está morando, mas sei que está em liberdade. Deixo o apelo para que, caso alguém tenha alguma informação que possa ajudar no inquérito policial e no julgamento da justiça, que possa procurar a polícia e contar o que houve. Mesmo diante de tanto sofrimento, vou continuar lutando para que a memória da Carol seja mantida e que os culpados sejam punidos”, finaliza.

Fonte: TupãCity


Nenhum comentário:

Postar um comentário