terça-feira, 16 de julho de 2019

Torneio de futebol é cancelado e cerca de mil garotos ficam sem alojamento em Guaimbê

Cerca de mil atletas adolescentes que participariam de um torneio de futebol de base em Guaimbê chegaram à cidade neste fim de semana, mas descobriram que o evento havia sido cancelado.
Sem estrutura de alojamentos e sem alimentação, as delegações e os atletas com idades entre 13 e 17 anos precisaram ser socorridos por moradores e pela comunidade católica da cidade, que conseguiram doações de alimentos e prepararam café da manhã e almoço para os jovens.
A “Brazil Cup 2019” atraiu para a cidade equipes de todo o Brasil e até de países vizinhos, como Paraguai e Chile. Uma equipe paraguaia que viajou um dia inteiro de ônibus chegou à cidade e, diante da confusão, passou a noite em Guaimbê e retornou no dia seguinte.
Até esta segunda-feira, 15 de julho, uma equipe chilena ainda estava a caminho para a competição que foi cancelada.
O evento foi organizado por um empresário do ramo de futebol. O prefeito de Guaimbê, Albertino Domingues Brandão (MDB), diz que chegou a fazer uma reunião sobre o assunto, mas acabou não autorizando o evento.
Já segundo os organizadores, o empresário Alex Vasconcelos e o vereador da cidade Sílvio Santos Pereira (MDB) alegaram que a prefeitura tinha conhecimento e autorizado a competição.
Além dos transtornos causados aos garotos e delegações, o cancelamento da competição também provocou prejuízos. Muitos pais e técnicos alegam ter depositado dinheiro para a alimentação e alojamento. Os organizadores garantem que não receberam.
Comerciantes também relatam prejuízo. A empresária Simone Vieira da Costa, responsável por uma pousada que teria reservado quartos para boa parte dos atletas, diz que também ficou no prejuízo e registrou um boletim de ocorrência.

Fonte: G1




Nenhum comentário:

Postar um comentário