segunda-feira, 15 de julho de 2019

Passaredo Linhas Aéreas quer voltar a operar na regi]ao

A empresa Passaredo Linhas Aéreas, que já atuou em Marília no passado, confirmou ao Marília Notícia nesta segunda-feira, 15 de julho, a existência de planos para voltar a operar no aeroporto estadual local Frank Miloye Milenkovich.
Apesar do interesse na cidade, “até o momento não existe confirmação desta nova rota”. A informação consta em nota enviada ao site após questionamento sobre as linhas que podem ser criadas. Não foram dados prazos.
Atualmente a Azul Linhas Aéreas é a única companhia de aviação comercial em Marília e assumiu o balcão de atendimentos e check in após a saída da Passaredo do município, em fevereiro de 2011.
A Passaredo anunciou recentemente a implementação de 62 novas operações semanais ligando cidades do Estado de São Paulo.
A empresa também deve voltar a operar em São José do Rio Preto, cidade abandonada por ela pouco tempo depois da saída de Marília, e outros importantes municípios do interior paulista.
Em todos os casos são utilizadas aeronaves ATR- 72-500 com capacidade para 68 passageiros.
A Passaredo entrou no mês passado na disputa pelas autorizações de pousos e decolagens que pertenciam à Avianca no aeroporto de Congonhas (SP).
A companhia de aviação regional já solicitou à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) assumir ao menos dez dos 21 slots (autorizações de pouso e decolagem) da rival, que está em recuperação judicial, no aeroporto paulistano.
Por falar em recuperação judicial, a Passaredo também enfrentou o mesmo processo em 2017, mas agora estima investimentos de R$ 17,5 milhões, para ampliar em 50% suas operações caso tenha êxito e passe a operar em Congonhas.

Fonte: Marília Notícia


Nenhum comentário:

Postar um comentário