quinta-feira, 27 de junho de 2019

Sindicato acusa Prefeitura de Marília de boicotar negociações

O Sindicato dos Servidores Públicos de Marília acusa a Prefeitura daquela cidade de engavetar comissão permanente de negociação e boicotar a participação da entidade no relacionamento com os servidores.
Em nota oficial, o Sindicato diz que a administração nomeou mas não aciona a comissão de negociação e passou a fazer encontros diretos com servidores, sem qualquer participação ou orientação da entidade.
A nota indica que já foram feitas reuniões com motoristas para tratar de questões salariais e outros detalhes sem participação de representantes do sindicato.
Além disso, categorias como mecânicos, marceneiros e eletricistas já teriam sido convocadas pra reuniões marcadas e desmarcadas várias vezes, sem qualquer justificativa para a medida.
“Nós vemos isso como uma manobra para excluir o Sindimmar das discussões, visando enfraquecer a nossa atuação e a própria representatividade dos trabalhadores”, destacou o presidente do Sindicato, José Paulino.
Segundo Bruna Marcelino, vice-presidente, até agora o governo municipal não agendou reunião para tratar dos assuntos relacionados aos profissionais da educação.
“Do jeito que está é melhor revogar essa Comissão Permanente, uma vez que nunca marcam reuniões e ainda fazem encontros individuais, deixando o sindicato de fora. Essa é uma jogada para tirar a nossa representatividade e isso não pode acontecer”, explicou Paulino.

Fonte: Giro Marília


Nenhum comentário:

Postar um comentário