terça-feira, 25 de junho de 2019

Pastor evangélico não quis pagar pedágio e foi preso por tráfico em Marília

Um homem foi capturado nesta manhã, 25 de junho, pela Polícia Rodoviária Federal próximo a Marília, por circunstâncias no mínimo curiosas. Ele próprio acabou se denunciando ao aprontar uma confusão na praça de pedágio existente no sentido Ourinhos. Ao ser consultado, ficou constatado que era procurado e deveria cumprir pena por tráfico de drogas.
Tudo começou por volta das 9h desta manhã. O condutor de um Ford/Fiesta, com placas de Marília, ao chegar à cabine disse ao funcionário que não tinha dinheiro. Caso não fosse liberado, ficaria ali parado sobre a pista e, como transportava doces, iria vendê-los até conseguir o valor da tarifa.
Diante dessa situação, foi acionada a Polícia Rodoviária Federal. Com a chegada da equipe da PRF, o homem, de 39 anos, que se identificou como pastor evangélico e morador em Marília, entregou seus
documentos.
Nas consultas realizadas, descobriu-se que tinha um mandado de prisão em aberto pelo crime de tráfico de drogas (desde março deste ano) determinando o cumprimento da pena de 7 anos, 11 meses 8 dias em regime fechado. O acusado, que seguia para Ourinhos vender doces, alegou que não sabia dessa condenação.
Diante disso, ele foi encaminhado à Central de Polícia Judiciária de Marília e posteriormente será transferido para uma penitenciária da região

Fonte: Visão Notícias




Nenhum comentário:

Postar um comentário