sexta-feira, 14 de junho de 2019

Ex-vereador de Marília é preso em Alvinlândia por acusação de pedofilia

O ex-vereador João Paulo Salles, mais conhecido como Choquito, foi preso na manhã desta sexta-feira, 14 de junho, por policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Marília na cidade de Alvinlândia.
Choquito foi condenado a seis anos de prisão em regime semi-aberto por pedofilia.
Ele foi enquadrado nos artigos 240 (produzir, reproduzir, dirigir, fotografar, filmar ou registrar, por qualquer meio, cena de sexo explícito ou pornográfica, envolvendo criança ou adolescente) e 241-B (adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente) do Estatuto da Criança e do Adolescente.
Choquito está a caminho da DIG e será recolhido a uma Cadeia da região.
Choquito foi eleito com 1.407 votos e estava em seu primeiro mandato. Ainda no primeiro ano da carreira política, em agosto de 2013, policiais civis apreenderam computadores na casa e no gabinete do ex-vereador.
Ele era investigado por suposto envolvimento com pedofilia. De acordo com informações divulgadas na época pela polícia, ele aparecia em uma gravação mantendo relações sexuais com uma mulher, que seria uma adolescente de 14 anos.
Em dezembro do mesmo ano ele renunciou ao cargo de vereador um dia antes da sessão extraordinária que votaria sua cassação.

Fonte: Marília Notícia


Nenhum comentário:

Postar um comentário