sexta-feira, 31 de maio de 2019

Vera Cruz deve criar "Dia de Combate ao Feminicídio"

Um projeto do vereador Haroldo Bernardes (PcdoB), atual presidente da Câmara de Vera Cruz, pode criar na cidade um dia de combate ao feminicídio. A proposta já passou pelas comissões técnicas e deve ser votada na quarta-feira, 05 de junho.
Haroldo, que cumpre o primeiro mandato e foi o vereador mais votado na cidade, disse que a iniciativa é uma reação ao grande número de casos de violência apesar dos avanços nas denúncias e legislação. Ele prevê o envolvimento de escolas, igrejas, associações em eventos educativos para fortalecer a consciência sobre o problema.
“O que se espera é criar condições de sistematização de medidas educativas e de esclarecimento sobre os males acarretados à sociedade pela violência contra a mulher”, explica o vereador.
O projeto lembra dados nacionais da violência, que indicam a morte de uma mulher cada duas horas vítima de violência, na maioria das vezes no ambiente familiar, especialmente por agressões de parceiros e ex-parceiros.
“São números alarmantes” disse Haroldo, que lembrou repetidos casos de mortes e agressões também na região e na própria cidade. “Dados que apontam a necessidade de maior conscientização da população sobre esse problema”, afirmou.

Fonte: Giro Marília


Morre ex-vereador baleado com tiro na cabeça durante tentativa de roubo em Salto Grande

O ex-vereador de Salto Grande, Arnaldo Francisco Andino, morreu na manhã desta sexta-feira, 31 de maio, na Santa Casa de Ourinhos. Ele estava hospitalizado desde o dia 26 de maio, quando foi baleado com um tiro na cabeça durante uma tentativa de roubo.
A vítima foi encaminhada para a Santa Casa de Ourinhos, em estado grave, onde passou por cirurgia. Mas na manhã desta sexta, ele teve uma piora no quadro de saúde e não resistiu.
O corpo do ex-vereador será encaminhado para Salto Grande, onde será realizado o velório e o sepultamento. Dois jovens envolvidos no crime seguem presos e o menor apreendido.
Ele foi baleado, após tentar reagir a um assalto em sua casa, que fica na rua Mello Peixoto, quando foi baleado por um dos criminosos. Segundo a Polícia Militar de Ourinhos, a casa do ex-vereador foi invadida por volta das 5h por três suspeitos. Após atingir o dono da casa, eles fugiram.
O trio já foi identificado e detido por envolvimento no crime. No mesmo dia do roubo, um jovem de 20 anos acabou preso. Já no dia 28, a Polícia Civil conseguiu identificar os outros dois integrantes, um rapaz de 18 anos e um menor de 16 anos. O maior foi preso e o menor apreendido.

Fonte: G1


Apresentação teatral "Histórias Encaixotadas" ocorre no domingo no Lago

Neste domingo, 02 de junho, Garça recebe o Teatro Lambe-Lambe com  “Histórias Encaixotadas”. Voltado para crianças de todas as idades (adultos, jovens e adolescentes entram nessa grade), o espetáculo ocorrerá no Lago Artificial em dois horários: às 10h30 e às 17horas. A apresentação é da companhia Varanda Produções Teatrais, fundada em 2010, em São José do Rio Preto, pelos artistas Guilherme Hernandes e João Darte. A Varanda Produções Teatrais dedica-se à pesquisa contínua sobre as formas animadas, principalmente por meio das Máscaras Teatrais e do Teatro Lambe Lambe.
A realização é do governo do Estado de São Paulo e Secretaria da Cultura e Economia Criativa - ProAC Programa de Ação Cultural.
São apresentadas quatro histórias ao longo da apresentação, são elas:
Caixa 1 [O voo da alma]: Tal como a obra do artista belga René Magritte, intitulada “O terapeuta”, a cena apresenta traço surrealista e possui como protagonista um homem enigmático sem rosto. Ao descobrir que dentro de seu corpo vive um pombo engaiolado, o personagem tem de lidar também com a sua liberdade interior.
Caixa 2 [Tupi or not Tupi]: O “Abaporu”, homem que come gente, da brasileira Tarsila do Amaral, apresenta pés e braços disformes se comparados ao tamanho da sua pequena cabeça. Ao encontrar-se com fome diante de um escasso cenário composto por um cacto e um sol, o Abaporu precisa aceitar suas origens ou então reinventar a sua forma de se alimentar.
Caixa 3 [Conflitos]: A partir de “Guernica”, onde o espanhol Pablo Picasso retratou o ataque àquela cidade durante a Guerra Civil Espanhola, novas imagens surgem e movimentam o ateliê de Pablo, criando uma linha tênue entre delírio e realidade.
Caixa 4 [Apenas um ladrão]:Inspirado na obra “O Ladrão” de Oswald Goeldi, a cena traz a visão de um ladrão, que após cometer seu roubo, ainda esbaforido, segue sua fuga. Às vezes, aquilo que foi roubado pode te roubar algo também. Mas não há tempo para isto, melhor correr, está vindo um guarda, já se ouve até o apito.

Serviço —  A apresentação de “Histórias encaixotadas” ocorre neste domingo, 02 de junho, às 10h30 e 17 horas, no Lago Artificial "J. K. Williams".

Redação do Garca.Jor


Loja é destruída por incêndio no Centro de Pirajuí

Uma loja de utensílios domésticos foi completamente destruída por um incêndio registrado no final da noite desta quinta-feira, 30 de maio,, na rua Treze de Maio, no Centro de Pirajuí.
De acordo com a Polícia Militar, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Pirajuí (SAAE) foi acionado para combater as chamas, mas o fogo se alastrou rapidamente e consumiu todo o local. Ninguém ficou ferido até porque a loja estar fechada no momento do incêndio, cujas causas serão investigadas.

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru


Ex-prefeito tucano de Assis perde direitos políticos e recebe multa

O ex-prefeito de Assis, Ricardo Pinheiro Santana (PSDB), foi condenado em segunda instância em uma ação movida pelo Ministério Público do Estado de São Paulo, frente a cargos comissionados considerados inadequados durante a sua gestão, no período de 2012 a 2016.
Ricardo perde direitos políticos por três anos e ainda é condenado a pagar multa de 50 vezes o valor recebido pelo cargo, que à época era de R$ 16.674,69, totalizando mais de R$ 800 mil. A condenação é em segunda instância e ainda cabe recurso.
O julgamento ocorreu em São Paulo, no dia 27 de maio deste ano, e teve a participação dos desembargadores Magalhães Coelho, Eduardo Gouvêa e Luiz Sérgio Fernandes de Souza.
Conforme Acórdão, "restou provado não apenas a violação aos princípios da Administração Pública ao se frustrar a realização de licitação exigível, como também o dolo do agente público, consciente, burlou a exigência do concurso público”.
O ex-prefeito de Assis foi condenado a não nomear um procurador jurídico em comissão, mas optou por fazê-lo. O juiz de primeiro grau não considerou a ação irregular e absolveu Ricardo, ao mesmo tempo em que condenou a Prefeitura Municipal a nunca mais nomear o ocupante do cargo como comissionado.
Um recurso foi aberto e o Tribunal de Justiça de São Paulo acolheu o pedido. Alexandre Monte Constantino, secretário de Negócios Jurídicos do governo de Ricardo Pinheiro, fez a sustentação oral de defesa do réu, mas a condenação foi reformada em segunda instância.
A decisão prevê ato de improbidade administrativa por violação aos princípios da administração pública e pelo acusado ter agido com dolo.
Segundo o documento, "Ricardo Pinheiro deve ser condenado às sanções previstas no artigo 12, III, da Lei 8428/92, nos seguintes termos: a) perda da função pública; b) suspensão dos direitos políticos por três anos; c) pagamento de multa civil correspondente a 50 vezes o valor da remuneração percebida pelo agente; d) proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de três anos”.
Em nota, o ex-prefeito informou que irá recorrer da decisão.: "Inicialmente quero registrar que respeito a Justiça, porém discordo totalmente do acórdão do Tribunal de Justiça nesse caso específico. Essa decisão do TJSP demonstra que os desembargadores sequer leram o processo, pois a decisão diz que não respeitei a decisão da ADIN – Ação Direta de Inconstitucionalidade que declarou inconstitucional a Lei Complementar 02/2009 que se refere à criação e livre provimento de cargos. Ocorre que essa decisão de inconstitucionalidade aconteceu em 2017, portanto até 31/12/2016, data em que terminei meu mandato como Chefe do Poder Executivo Municipal, a Lei Complementar 02/2009 estava em vigor. Sendo assim, é óbvio que não cometi nenhuma ilegalidade e agi respeitando a legislação vigente à época. Prova disso é que a decisão de primeira instância dessa ação proposta pelo Ministério Público foi julgada improcedente em relação a mim. Agora farei recurso ao STJ – Superior Tribunal de Justiça e tenho certeza que irei reverter essa decisão absurda”, finaliza.

Fonte: Assiscity



Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio de R$ 55 milhões

A Mega-Sena sorteia neste sábado, 01 de junho,prêmio acumulado estimado em R$ 55 milhões. As seis dezenas do concurso 2.156 serão sorteadas, a partir das 20 horas, no Caminhão da Sorte, estacionado no Largo do Farol da Barra, na cidade de Salvador, na Bahia.
De acordo com a Caixa, o valor do prêmio principal, caso aplicado na poupança, poderia render mais de R$ 204 mil por mês. Também, seria suficiente para adquirir 18 apartamentos, com carro na garagem.
As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa em todo o país. O bilhete simples, com seis dezenas, custa R$ 3,50.

Fonte: Agência Brasil


Quais são os reais problemas do decreto que flexibiliza a posse de armas?

Dijaci David de Oliveira e Najla Franco Frattari

A boa notícia deve ganhar espaço. Ela veio por meio da iniciativa de 13 governadores que publicizaram uma representativa oposição ao Decreto Presidencial No. 9.785/2019 que amplia o acesso às armas de fogo. Eles sabem, como todas as pessoas sensatas compreendem que o fetiche das armas apenas ampliará o número de vítimas por armas de fogo. Isso ocorrerá tanto em conflitos banais tais como discussões de trânsito quanto em casos de suicídio e feminicídio.
Vários outros autores e instituições já se debruçaram sobre a ilegalidade do Decreto (Tavares, 2019; Pereira e Weichert, 2019). Aqui trataremos de eventuais cenários que podem ser produzidos a partir de uma efetivação da lei. Quanto mais analisamos sobre o pacote que flexibiliza a posse e o porte de armas, mais temos clareza de que os novos gestores, no âmbito federal, não entendem de segurança pública e muito menos de política de segurança. Boa parte deles estão movidos pelo fetiche da arma como solução.
Assegurar a posse e o porte de arma é apenas mais uma ilusão de segurança. Se formos observar, ao longo da história, gestores e empresários já venderam inúmeras promessas de garantia de segurança. Foi assim com a febre das cercas elétricas, dos arames farpados, das câmeras, da vigilância privada e inúmeras outras, a ponto de transforma muitas casas e lojas em verdadeiras prisões de segurança máxima. Mas enfim, cada época tem uma solução mágica, porém, não para garantir a segurança, mas para pôr a mão no bolso das famílias brasileiras.
E, mesmo tendo tudo o que já foi prometido e não assegurado, agora querem que os cidadãos (diga-se, a classe média) gaste dinheiro fazendo curso de tiro, pagando exame psicológico, e adquirindo armas de fogo. Todavia, novamente estão vendendo uma ilusão. Como todos sabem, o fetiche da arma, como garantia de segurança, atua apenas no plano imaginário, não no mundo real.
O problema da segurança é uma demanda pública e requer uma ação governamental eficiente e pautada em estudos reais e não em achismos. Desastradamente não é o que tem ocorrido. As ações do governo federal e muitos governos estaduais se movem muito mais em assegurar os interesses privados que os interesses públicos. Primeiro buscam fortalecer as demandas da indústria das armas; segundo, querem atender apenas a demanda dos segmentos mais ricos da sociedade.
No primeiro caso, observe como a letra da lei foi feita para atender um nicho específico de uma das grandes fábricas de armas. O fuzil de modelo T4, que antes só poderia ser utilizado pelas forças de segurança, projeto em 2017, chegou a ser anunciado como uma nova mercadoria disponível para “qualquer cidadão” que tivesse mais de R$ 8 mil reais para pagar por ele. A ideia soou tão absurda que o governo recuou de manter essa possibilidade aberta. Mas ainda assim, o decreto mantém o estímulo aceso para as empresas de armamentos.
No segundo caso, a segurança pública está sendo deixada de lado para atender apenas a demanda privada. Não é, afinal, “qualquer cidadão” que vai comprar armas. Em meio a uma crise econômica e com milhões de pessoas desempregadas, apenas a classe média e alta é que serão “beneficiadas” com a ilusão da segurança particular. O que, então o Governo Federal, oferece para as populações pobres, desempregadas e que ainda demandam o acesso aos serviços básicos? Diríamos que Governo apenas manda um aviso, “Sorria, estamos com uma arma apontada para você!”
Quais são os problemas do modelo de segurança inscrito no decreto de flexibilização das armas?
A segurança é vista como problema privado e não público
Há uma evidente “privatização” da segurança. Não se trata de oferecer uma segurança pública e de qualidade, com uma polícia valorizada e treinada, mas instituir um modelo em que cada um deve assegurar sua própria segurança;
A proposta do decreto presidencial funciona como uma política anti pobre
Como nem todos podem garantir isso (a arma está bem acima de suas condições econômicas) e supondo que a arma seja uma garantia, a segurança será feita de forma desigual; quem tem dinheiro, compra; quem não tem, dane-se;
Trata-se de uma proposta antipolícia
Ainda que muitos policiais gostem e defendam a venda de armas, a verdade é que em um cenário em que muitos têm acesso às armas, aumenta-se o risco de morte de policiais em serviço e fora dele. Isso obrigará todos os Estados a gastarem ainda mais em equipamentos para garantir a vida e a efetividade das ações (mesmo as corriqueiras) em um cenário de armas livres.
A proposta aumentará a violência
Do ponto de vista estrito da segurança, o Governo Federal “engana” a sociedade com a uma falsa promessa de segurança. Constata um problema, mas utiliza o remédio mais equivocado. Ter uma arma não resolve a segurança das famílias. Pelo contrário, existem fortes evidências de se ampliam as chances de produzir mais mortes seja por “acidente”, “suicídio” ou “homicídio”.
Sempre que discute a liberação de armas de fogo se toma o exemplo dos EUA como modelo a ser seguido. Porém deve-se destacar que se nos EUA a taxa média de homicídios é baixa, por outro lado eles possuem uma das mais elevadas taxas de suicídios. Em 2016, das 38.658 mortes por armas de fogo, 22.808 (59%) foram suicídios. O mais grave é que os números estão em ascensão, atinge todos os segmentos sociais. E alguns estados o crescimento chega a superar os 30% (Peterson et al., 2018).
A proposta é um atestado de fracasso das instituições de segurança
Ao apresentar a proposta de flexibilizar a posse e porte de armas, o Governo Federal manda um claro recado: as instituições policiais não teriam capacidade e nem competência para realizar a segurança pública. Logo temos que transferir essa responsabilidade para os cidadãos.
No entanto, o que mais se espera é que os governantes valorizem as instituições policiais, as preparem para garantir o direito fundamental à segurança e invistam em inteligência policial de forma a garantir uma segurança pública para todos, de qualidade e dentro das garantias de um estado democrático de direito.
Além do mais, duas modificações importantes devem ser destacadas. A “efetiva necessidade” para aquisição da arma que, anteriormente, deveria ser comprovada pelo interessado, cabendo à Polícia Federal analisar as alegações, agora está previamente estabelecida no novo Decreto, que se mostra generalista, dando margem para amplas interpretações, ao mesmo tempo em que retira do Estado a capacidade de controle e dificulta a fiscalização. Para piorar a situação, o prazo para renovação que antes era de 5 anos, estende-se para 10 anos, implicando em mais obstáculos no que diz respeito ao efetivo controle estatal quanto às supostas condições adequadas para a posse de armas.
Enfim, o que o governo não fala é que seu projeto apenas reforça ainda mais a desigualdade social. Se temos um país apartado economicamente, vivenciamos ainda várias outras formas de desigualdade, entre elas a desigualdade racial, a desigualdade de gênero e a desigualdade geracional.
Todos sabem que as nações que desejam abertamente enfrentar as práticas de violência tiveram que enfrentar as práticas que mantêm as estruturas de desigualdade. Enquanto não enfrentarmos as diversas formas de desigualdade, sempre estaremos entre as nações mais violentas.
O sistema de vigilância e aparato sofisticado de segurança é ineficaz para frear o racismo, a homofobia, a aporofobia (preconceito contra pobre), a misoginia (ódio às mulheres) e o ageísmo (preconceito contra jovens).

Dijaci David de Oliveira é doutor em sociologia pela Universidade de Brasília (UnB) e professor de sociologia da Faculdade de Ciências Sociais (FCS), da Universidade Federal de Goiás (UFG). Najla Franco Frattari é doutora em sociologia pela Universidade de Brasília (UnB) e professora do Departamento de Ciências Humanas e Filosofia do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG).


quinta-feira, 30 de maio de 2019

Motorista sofre atentado em Iacanga e tem carro alvejado com mais de 20 tiros

Um homem foi vítima de um atentado na manhã desta quinta-feira, 30 de maio, na rodovia que liga Iacanga a Arealva. Segundo a polícia, a vítima foi baleada na mão e na perna, e o carro dela foi alvejado com mais de 20 tiros. O outro homem que estava no banco do passageiro não se feriu.
A Polícia Militar informou que o homem trafegava sentido Iacanga quando um carro preto emparelhou e começaram os disparos em direção ao veículo.
O homem acelerou e, mesmo atingido por dois tiros, conseguiu dirigir até Iacanga, onde encontrou com uma viatura da Polícia Militar e pediu socorro.
A vítima foi levada até a Santa Casa de Iacanga, que chegou a pedir reforço policial no local. O paciente, baleado na perna e na mão, precisou ser transferido para um hospital de Bauru.
A polícia ainda não sabe o que motivou a tentativa de homicídio e quem é o suspeito. O caso está sendo investigado.

Fonte: G1


São Paulo registrou 36 casos de sarampo desde janeiro

O estado de São Paulo registrou, de janeiro até agora, 36 casos de sarampo. Este é o maior número de casos da doença desde 1999 quando, em todo o ano, foram contabilizadas 94 pessoas com sarampo.
O primeiro surto de 2019 ocorreu em Santos, com 21 casos, provenientes de um navio que atracou no porto da cidade. Pelo menos 17 tripulantes e dois passageiros tiveram a doença confirmada. Os outros dois casos atingiram profissionais da saúde do município. Na capital paulista, 14 pessoas foram confirmadas com a doença e em Osasco, uma.
Devido ao número de casos confirmados, o estado está entre aqueles que participarão, entre os dias 10 de junho e 12 de julho, da campanha extraordinária de vacinação contra o sarampo do Ministério da Saúde. O objetivo é vacinar a população na faixa etária de 15 a 29 anos.
A diretora do Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo, Regiane de Paula, explicou que a vacina contra o sarampo deve ser aplicada em duas doses: a primeira quando a criança tem um ano de idade. A segunda, chamada de reforço, é dada aos 15 meses, com a tretaviral, que além das três anteriores, inclui a varicela. "Muitas vezes essa segunda dose não é dada. Quando fazemos um monitoramento rápido, percebemos que a população de 15 a 29 é a mais acometida pelo sarampo. Por isso, é importante reforçar a vacinação nessa faixa etária".
Segundo a diretora, ao detectar um caso suspeito de sarampo é feito o bloqueio dos contatos do indivíduo, com vacinação não só nas pessoas conhecidas da vítima, como nos oito quarteirões ao redor do infectado. "No município de Santos, para se ter uma ideia, nós vacinamos durante 45 dias, mais de 35 mil pessoas e verificamos mais de 55 mil carteiras de vacinação, somente em passageiros desembarcando e embarcando de navios. Em Santos desencadeamos uma vacinação para 90 mil pessoas".
O sarampo era uma doença eliminada no país, mas em 19 de fevereiro de 2019 o Ministério da Saúde comunicou à Organização Mundial da Saúde que o Brasil voltou a ter casos da doença. Para continuar com o certificado, é preciso não ter registrado casos em 12 meses. "Com o surto que aconteceu com as pessoas que vieram da Venezuela, do Pará e de Manaus o território ficou 12 meses sem a interrupção da doença".
De acordo com Regiane, São Paulo é o estado que tem maior fluxo de pessoas transitando em seu território, por ter o maior porto da América Latina e o maior aeroporto internacional. "O que aconteceu no porto, com os 21 casos, mostra a fragilidade. Esses tripulantes que vieram contratados por essa empresa não tinham carteira vacinal. Uma vez que esse navio vem da Europa, que tem muitos casos e até óbitos por sarampo, porque a vacinação não é obrigatória na Europa, pode trazer e levar doenças".
A diretora do Centro de Vigilância Epidemiológica ressaltou que o sarampo é uma das doenças mais transmissíveis, com um indivíduo podendo contaminar mais de 200 pessoas. "A vacina é a forma mais eficiente de controlar um surto de sarampo em uma população não vacinada ou que não tem o esquema vacinal completo nesse momento. E aí falamos também dos profissionais da saúde que precisam se vacinar."
Regiane reforçou que atualmente o sarampo é uma das maiores preocupações das autoridades e que a vacina é altamente segura, feita com vírus vivo atenuado.

Fonte: Agência Brasil


Declaração anual do MEI: atendimento gratuito ocorre hoje e amanhã no Centro

Hoje e amanhã, 30 e 31 de maio. das 08 às 16 horas, haverá atendimento especial em frente à Prefeitura Municipal de Garça com foco na orientação da entrega da declaração anual do MEI (Micro Emprendedor Individual). O Sebrae aqui de Garça e a Sala do Empreendedor realização o trabalho conjuntamente. O Paço Municipal fica situado na Praça Hilmar Machado de Oliveira, 102, Centro da cidade.
Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, Bruno Henrique Severino, "esse é um trabalho importante de auxílio a todas as pessoas que são MEI. É um atendimento gratuito e muito importante para que todos possam estar em dia com a declaração".
O prazo final para que o empreendedor individual realize sua DASN – Simei referente ao ano base 2018 à Receita Federal é até 31/05/2019.
O envio do documento mantém os Microempreendedores Individuais (MEIs) de todo o País em dia com as obrigações fiscais e garante benefícios previdenciários. O microempreendedor que não cumprir o prazo estará sujeito à multa.
É considerado microempreendedor individual a pessoa que trabalha por conta própria, legalizada como pequeno empresário, fatura no máximo R$ 81 mil por ano e não tem participação em outra empresa como sócio ou titular. O MEI pode ter até um empregado contratado que receba o salário mínimo ou piso da categoria.
Também no dia 31 de maio a unidade do Sebrae Móvel estará instalada em frente à prefeitura, das 10 às 16 horas. O Sebrae Móvel é um escritório em movimento que leva conhecimento a futuros empreendedores e também para quem pretende tornar sua empresa mais competitiva, por meio de atendimentos, palestras, produtos e serviços do Sebrae-SP.

Redação do Garca.Jor


Preso rende agente com arma falsa e foge do Hospital das Clínicas de Marília

O preso Marcelo Miranda rendeu um agente penitenciário com um simulacro de arma de fogo e fugiu do Hospital das Clínicas de Marília na noite desta quarta-feira, 29 de maio.
Segundo o Boletim de Ocorrência, o funcionário da Secretaria da Administração Penitenciária informou que estava no hospital como acompanhante do preso, que é natural de Gália.
Miranda teria pedido para usar o banheiro, momento em que o agente retirou a algema de sua perna e imediatamente foi rendido. O foragido estava com a falsa arma de fogo escondida embaixo do travesseiro e saiu rapidamente do hospital.
O preso estava internado desde o dia 26 de abril e tinha uma decisão judicial que autorizava visita de sua esposa no hospital.
Por ser mulher, o agente não podia revistá-la e uma das suspeitas é que ela tenha levado o simulacro de arma de fogo e entregue em uma das visitas realizadas.
O celular do preso, deixado no hospital, foi apreendido. O caso foi registrado na Central de Polícia Judiciária (CPJ). Ele foi indiciado por dez anos e dois meses em regime fechado por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. O foragido também tem passagens por sequestro, cárcere privado e tentativa de homicídio.
Equipes da Polícia Militar estão realizando buscas na região. Até a publicação desta reportagem, o preso ainda estava foragido.

Fonte: Marília Notícia


“Tentativas Contra o Vento”: solo de dança contemporânea será apresentado em Garça

No próximo dia 8 de junho, a partir das 20 horas, será apresentado na Sala Miguel Mônico o solo de dança contemporânea “Tentativas contra o Vento”, cuja concepção e performance é de Chico Lima.
“Tentativas Contra o Vento” é uma prece circular, uma evocação de uma visão. A transmissão de uma mensagem captada pelo corpo. Uma coreografia, uma tentativa alquímica constante de transformar a matéria corpo em outra coisa, entregar-se ao vento e aprender a permanecer e seguir.
O espetáculo compõe o que o artista Chico Lima chama de Campo Fictício. É o nome que ele encontrou para situar as suas criações independentes em um mesmo lugar, ainda que fictício. Um campo de pesquisa e criação nas artes da cena que se propõe à invenção prática de ficções artísticas, outras possibilidades de formas e mundos. Atualmente, fazem parte do Campo Fictício os trabalhos “Tentativas Conta o Vento” (2015, “II Ritorno” (2016) e “ARAME” (2018).
“Tentativas Contra o Vento” é um solo em dança do ator e bailarino Chico Lima. Resultado de um intenso processo criativo guiado por 3 coreógrafas com as quais o artista já havia trabalhado (Andréia Yonashiro, Morena Nascimento e Lu Favoreto), e em parceria com os artistas Tiago de Mello na trilha sonora, e Cauê Gouveia na iluminação, a coreografia trafega por diferentes estruturas corporais, fisicalidades que se tornam uma prece circular, uma evocação de uma visão, a psicografia de uma mensagem captada pelo corpo. Neste trabalho, a dança é colocada como uma tentativa alquímica constante de transformar a matéria corpo em outra coisa. Confrontando o vento produzido por dois ventiladores industriais, o bailarino mistura-se com os materiais plásticos propostos neste trabalho, confunde-se e transforma-se em novas formas entre o caótico e o suspenso. Entregando-se ao vento, o corpo parece aprender a permanecer e adaptar-se, e encontrar maneiras de seguir neste processo.
No espaço da encenação, apenas o bailarino, o público, e dois ventiladores. Os espectadores se deslocam livremente durante o espetáculo e ingressam na jornada do bailarino em sua dança alquímica, buscando a transformação do corpo e a abertura para atravessamentos das forças invisíveis nos cruzamentos do espaço, luz, som e movimento. O trabalho é fruto de intensa pesquisa partindo do vento e da liberdade como temas poéticos, além do estudo do círculo e de estruturas cíclicas e repetitivas. “Tentativas Contra o Vento” contou com o apoio da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo através do edital ProAC 2014.

Redação do Garca.Jor


Câmara aprova processo de cassação do prefeito de Tupã

A Câmara de Vereadores de Tupã aprovou durante a sessão o processo de cassação do prefeito José Ricardo Raymundo (PV).
Após a leitura na íntegra do relatório da Comissão Processante, com mais de 300 páginas, o processo de cassação do prefeito foi aprovado por 11 votos a favor e quatro contra.
Com a aprovação do relatório, Raymundo é afastado do cargo. O vice-prefeito Caio Aoqui (PSD) foi empossado como chefe do Executivo na manhã de quarta-feira, 29 de maio.
O prefeito negou as irregularidades e afirmou aplicar todas as medidas necessárias. No início da tarde desta quarta-feira, Raymundo informou por telefone à reportagem da TV TEM que vai recorrer na Justiça da decisão dos vereadores.
A ação contra Raymundo começou após protocolo feito em março por um morador da cidade, que apontava a epidemia de dengue, a maior na história do município, como resultado da omissão do poder público.
O documento também cita outros possíveis problemas em Tupã, como a quantidade de buracos no asfalto, supostas irregularidades na Casa Terapêutica e a enchente que ocorreu em março e causou diversos prejuízos na cidade, principalmente no Bairro Vila Marajoara.
Para a Comissão Processante, o prefeito não cumpriu com o princípio constitucional da eficiência e que durante o mandato teria deixado de tomar medidas importantes para evitar prejuízos aos cofres públicos. Segundo a comissão, isso configuraria a omissão por parte de José Ricardo.

Fonte: TV Tem


País derretendo: economia brasileira cai 0,2% no primeiro trimestre do ano

O Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, caiu 0,2% no primeiro trimestre deste ano, na comparação com o último trimestre de 2018. A queda ocorreu depois de altas de 0,5% no terceiro e de 0,1% no quarto trimestres do ano passado.
Segundo dados divulgados hoje, 30 de maio,, no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a economia brasileira cresceu 0,5% na comparação com o primeiro trimestre do ano passado e 0,9% no acumulado de 12 meses.
Os dados mostram que, do último trimestre de 2018 para o primeiro trimestre de 2019, a queda de 0,2% foi puxada por um recuo de 0,7% no setor industrial. As principais atividades em queda foram a indústria extrativa mineral (-6,3%), construção (-2%) e  indústrias da transformação (-0,5%).
A agropecuária também teve queda (-0,5%). Os serviços tiveram taxa positiva de 0,2% no período, evitando uma queda mais acentuada da economia.
Sob ótica da demanda, a queda foi puxada pela formação bruta de capital fixo, isto é, os investimentos, que caíram 1,7% do último trimestre de 2018 para o primeiro trimestre deste ano. As exportações também caíram (-1,9%).
Ao mesmo tempo, os consumos do governo e das famílias cresceram 0,4% e 0,3%, respectivamente. As importações tiveram alta de 0,5%.

Fonte: Agência Brasil


Polícia Civil de Pirajuí alerta para novo golpe que vem sendo aplicado

A Polícia Civil de Pirajuí alerta para uma nova modalidade de golpe que está sendo aplicada na região onde estelionatários furtam cartões das vítimas se passando por funcionários dos bancos para fazerem saques e transferências. Dois suspeitos foram identificados, mas as investigações prosseguem.
Num dos casos mais recentes, um homem ligou para o aparelho fixo de um aposentado de Pirajuí no último dia 27, identificou-se como funcionário de uma loja e disse que o cartão dele havia sido clonado, orientando-o a telefonar para o 0800 do banco.
De acordo com a polícia, o golpista teria "segurado" a ligação e, ao telefonar para o número do banco disponível atrás do cartão, a vítima acabou conversando com a mesma pessoa da ligação anterior, pensando se tratar de um atendente da instituição.
Sob o pretexto de analisar eventual clonagem, o interlocutor afirmou que enviaria um funcionário até a casa do cliente para retirar o cartão e enviar até Campinas. Momentos depois, um homem foi até o local, mas, desconfiado, o aposentado pediu seu RG.
Na sequência, ele ameaçou chamar a polícia e o suspeito acabou fugindo em um carro prata com placas de Belo Horizonte, conduzido por outro homem, deixando o RG para trás. O documento do falso funcionário foi entregue à Polícia Civil e apreendido.
As investigações levaram à identificação de dois suspeitos, de 44 e 34 anos, moradores da Capital. Eventuais vítimas de crimes semelhantes podem entrar em contato com a Polícia Civil pelo telefone 197 para formalizar a ocorrência.

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru


Marília Shopping recebe toda beleza da Feira de Flores de Holambra

Toda variedade das flores e plantas de Holambra irão trazer um aroma agradável e diferente ao Marília Shopping com a Feira de Flores de Holambra. Com entrada gratuita, a Feira acontece de 1 a 12 de junho na praça de eventos do centro de compras.
Promovida pelo Lions Clube de Marília com a coordenação de Leonildo Lehnhardt, a feira contará com mais de 150 espécies de flores e plantas utilizadas em ornamentos, arranjos florais, além de adubos e acessórios para jardins, que serão responsáveis por um verdadeiro recanto de perfume e beleza.
E, para cuidar bem das plantas compradas na Feira de Flores de Holambra, os consumidores terão à sua disposição orientações sobre o cultivo e preservação de cada espécie.
Com arrecadação destinada para o custeio das obras sociais mantidas pelo Lions Clube de Marília, ao receber a Feira, o Marília Shopping colabora com o caráter social de que se reveste a feira e fortalece o trabalho desenvolvido pela entidade.
Serviço
Feira de Flores de Holambra
Quando: 1 a 12 de junho
Horário: Segunda a sábado: 10h às 22h
Domingos: 13h às 19h
Entrada Franca
Referência de visitação e consumo da população da cidade e região, o Marília Shopping, administrado pela AD Shopping, maior administradora independente do Brasil, conta com diversas lojas com as melhores marcas e grifes, amplo estacionamento com opção de vallet park, rede Cinépolis com cinco salas de cinema em tecnologia 3D; diversificada praça de alimentação com as melhores redes entre restaurantes e fast-foods e área de entretenimento com diversões eletrônicas para crianças.

Redação do Garca.Jor


Antigo frei da paróquia Nossa Senhora de Lourdes vai receber título na Câmara

No próximo dia 05 de junho, em Sessão Extraordinária de Caráter Solene a ser realizada no Teatro Municipal – Sala Miguel Mônico, a partir das 19h30, Frei Lucas Lisi Rodrigues receberá o Título de Cidadão Garcense. O edital de convocação para a sessão foi publicado ontem, 29, no Diário Oficial do Município, e a entrega do título foi aprovada em 10 de dezembro do ano passado, em votação unânime ao Decreto Legislativo 15/2018 de autoria do vereador Rafael José Frabetti (DEM). Frei Lucas Lisi Rodrigues, contra o desejo de toda comunidade, deixou Garça no início do ano para ser pároco na cidade de Olímpia.
“Essa é a oportunidade que temos de homenagear pessoas queridas. Frei Lucas deixará sua marca em Garça. Quando soubemos que ele ia embora a comoção foi geral, mas ele foi de uma sabedoria. Ele disse que entendia que tinha um outro município precisando dele”, disse Frabetti na época da votação.
Segundo Frabetti, Frei Lucas, vai além da sua ‘pouca idade’ e o envolvimento em questões sociais mostra o quanto o “menino está preparado para fazer o que faz”.
“Nunca vi um jovem de 27, 28 anos tão preparado. Agradeço muito a população que me permitiu homenagear uma pessoa como o Frei Lucas. É uma homenagem merecida para um jovem brilhante e eu tenho certeza que retornará em nosso município”, falou Frabetti apontando outras qualidades do frei, como também o excelente trabalho que ele desenvolveu à frente da Paróquia Santuário Nossa Senhora de Lourdes e Patronato Juvenil Garcense.
Como saldo de sua atuação na cidade, frei Lucas destaca o engrandecimento da Paróquia Nossa Senhora de Lourdes, com um número ainda maior de frequentadores, com a reforma do templo, com a abertura das portas laterais da igreja para poder receber melhor a todos, com a construção de um museu em memória de frei Aurélio Di Falco e com a construção da sacristia. Mas, para além das realizações materiais, os fiéis foram aumentando, "provavelmente porque eles encontraram nesta paróquia, com o jeito característico do franciscano, uma acolhida alegre, fraterna, fervorosa", afirmou o frei na ocasião de sua saíde da cidade.

Redação do Garca.Jor


Forte terremoto atinge El Salvador

Um terremoto de magnitude 6,6 atingiu a costa de El Salvador na madrugada desta quinta-feira (30), mas os serviços de emergência do país informaram que não há relatos iniciais de danos significativos.
O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) informou que o epicentro do tremor ocorreu no Oceano Pacífico, cerca de 27 quilômetros a sul-sudeste de La Libertad. O cismo atingiu uma profundidade de pouco mais de 65 quilômetros, segundo o USGS.
A Defesa Civil de El Salvador publicou no Twitter que, de acordo com o monitoramento inicial, o terremoto não causara um impacto "grave ou generalizado".
O mar de La Libertad estava em condições normais, acrescentou.
Tremores também foram sentidos na vizinha Guatemala.
O Centro de Alerta Nacional de Tsunami dos Estados Unidos informou que não havia alerta previsto para a costa oeste dos país norte-americano.

Fonte: Agência Brasil


quarta-feira, 29 de maio de 2019

Justiça Eleitoral cancela mais de 600 títulos em Garça

A Justiça Eleitoral encerrou na última sexta-feira, 24 de maio, a relação do quantitativo de pessoas que tiveram o título de eleitor cancelado por ausência aos três últimos pleitos (cada turno é contabilizado como uma eleição). São Paulo foi o Estado com o maior número de cancelamentos: 674.500. Em Garça foram cancelados 633 títulos de eleitores que não votaram ou não justificaram ausência em três eleições consecutivas. Dos 35.270 eleitores registrados em Garça, 705 foram identificados como faltosos. O número, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), engloba os eleitores faltosos identificados nos últimos três pleitos que não regularizaram sua situação antes da data de identificação dos faltosos, como também eleitores que têm acima de 70 anos e abaixo de 18 anos, que não terão o título cancelado por não serem obrigados a votar.
Durante o prazo legal para a regularização, 59 eleitores garcenses acertaram a situação com a Justiça Eleitoral. Outros seis eleitores tiveram o título cancelado na cidade e, segundo o TSE, são documentos que foram cancelados/suspensos por outros motivos, no período entre a identificação dos faltosos e o cancelamento.
As demais cidades que compõem a 47.ª Zona Eleitoral também registraram cancelamentos de títulos: em Álvaro de Carvalho foram cancelados 44 títulos; em Alvinlândia – 29; Fernão registrou o cancelamento de 13 documentos o que mostra que nenhum dos eleitores apontados como faltosos compareceram para regularizar a situação. Em Gália foram 59 cancelamentos. Outra cidade na região que não registrou nenhuma regularização foi Vera Cruz. Segundo TSE, nenhum dos 8 eleitores identificados como faltosos, acertaram a situação
Em todo o Brasil, foram cancelados 2.486.495 títulos. Entre as capitais, a cidade de São Paulo encabeçou o ranking, com 199.136 documentos cancelados.
Para verificar se o seu título foi cancelado, o cidadão deve consultar o site do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), na área de “Serviços ao Eleitor – Situação eleitoral – Consultar a situação eleitoral”.
Quem teve o título cancelado deverá pagar multa correspondente à ausência às urnas e, em seguida, poderá fazer a regularização da sua situação no cartório eleitoral de seu domicílio, levando documento de identificação oficial original, comprovante de residência recente e o título, se ainda o possuir.
Se o título foi cancelado, o eleitor poderá ter impedimentos quanto a atos que exijam a quitação eleitoral, como: obtenção de passaporte, carteira de identidade e empréstimos em qualquer estabelecimento de crédito mantido pelo governo.
A irregularidade também pode gerar dificuldades para: inscrição, investidura e nomeação em concurso público; e renovação de matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo.

Redação do Garca.Jor


Corpo de homem é achado em rio na zona rural de Platina

O corpo de um homem foi encontrado na tarde desta terça-feira, 28 de maio, no Rio do Cristo, na zona rural de Platina, próximo a uma estação da Sabesp.
Segundo o Corpo de Bombeiros de Assis, a corporação foi acionada e retirou o corpo já em estado avançado de decomposição. Por isso, segundo os bombeiros, não foi possível a identificação.
Ainda de acordo com os bombeiros, o corpo do homem foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Assis para os trabalhos de identificação. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Fonte: G1


Tradicional Festa Alemã do Eisbein será neste domingo em Assis

No domingo, 02 de junho, será realizada mais uma edição da tradicional Festa Alemã do Eisbein, em Assis.
O almoço é realizado há mais de 15 anos e promete reunir centenas de pessoas no Clube Kaikan, a partir das 12h.
O cardápio será variado e contará com o que há de melhor na comida alemã: o Eisbein, que é o joelho de porco cozido, acompanhado de purê de batata, chucrute, salsicha branca e da salsicha viena.
Além disso, o público também poderá saborear deliciosos bolos, Apfelstrudel, chopp Brahma e muito mais!
Para alegrar o almoço, a banda Alemã Meninos de Ouro de Rolândia (PR) estará presente com apresentações de danças típicas alemãs, disputa de serrote traçador feminino e masculino, além da disputa de chopp de metro.
Os convites estão sendo vendidos e para garantir seu lugar nesta grande festa é só entrar em contato pelos telefones (18) 99725-9960 (Elaine), (18) 99747-9784 (Afonso), (18) 99775-2879 (Loni) ou (18) 99793-8090 (Nilda).

Fonte: Assiscity


Mega-Sena acumula e pode pagar R$48 milhões nesta quarta

A Mega-Sena está acumulada e tem prêmio estimado em R$ 48 milhões, o sorteio será na nesta quarta-feira (29). A Quina, também acumulada, e a Lotofácil podem pagar R$ 4 milhões e R$ 2 milhões, respectivamente.
Aplicado na Poupança, o montante do prêmio da Mega-Sena pode render mais de R$ 178 mil por mês, só o rendimento já garante uma boa aposentadoria. O valor é suficiente para adquirir 16 apartamentos de luxo, nas melhores localidades do país.
As apostas podem ser feitas até às 19h (horário de Brasília) em qualquer lotérica do país e também no Portal Loterias Online (www.loteriasonline.caixa.gov.br). Clientes com acesso ao Internet Banking Caixa podem fazer suas apostas, na Mega-Sena, pelo seu computador pessoal, tablet ou smartphone. Para isso, basta ter conta corrente no banco e ser maior de 18 anos. O serviço funciona das 8h às 22h (horário de Brasília), exceto em dias de sorteios, quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte.
Para jogar pela internet, no Portal Loterias Online, o apostador precisa ser maior de 18 anos e efetuar um pequeno cadastro. O cliente escolhe seus palpites, insere no carrinho e paga todas as suas apostas de uma só vez, utilizando o cartão de crédito. O valor mínimo da compra no Portal (que pode conter apostas de todas as modalidades disponíveis no site) é de R$ 30,00 e máximo de R$ 500,00 por dia. Os apostadores também podem optar no portal pelos combos de apostas que podem ser de apenas uma modalidade (sorteio especial da Quina de São João) ou de várias modalidades. Na seleção do combo, o cliente pode escolher entre visualizar os números selecionados em cada aposta ou o formato "Surpresinha”, no qual o sistema escolhe aleatoriamente os números da aposta, quando da sua efetivação.

Redação do Garca.Jor


Enem tem 5,1 milhões de inscritos confirmados

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019 tem 5.095.308 inscritos confirmados, de acordo com balanço divulgado na noite de hoje (28) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Ao todo, 6.384.957 fizeram a inscrição no Enem, mas 20,2% não pagaram a taxa de inscrição de R$ 85 e não tiveram a inscrição confirmada.
O número de inscrições caiu em relação ao ano passado, quando o exame teve 5,5 milhões de inscritos confirmados e é o menor número desde 2012, quando 4,3 milhões confirmaram a inscrição.
Essa não foi, no entanto, a primeira queda. Desde 2017, o número de inscrições no Enem cai. Em 2016, foram 8,6 milhões de confirmados. Naquele ano, o exame deixou de certificar o ensino médio. Até então, os participantes podiam fazer a prova e, mediante uma nota mínima, obter o diploma da etapa de ensino. Em 2017, o número de confirmados caiu para 6,7 milhões.
O exame deste ano também apresentou o menor número de isenções pelo menos desde 2014, 2.980.502, que representam 58,5% dos inscritos; e o maior número de pagantes, 2.114.806, o equivalente a 41,50%.
De acordo com o Ministério da Educação (MEC), o número de inscritos confirmados está mais próximo ao de participantes que efetivamente comparecem às provas: 4,2 milhões em 2018. "Isso confirma o sucesso das mudanças adotadas pelo Ministério da Educação e pelo Inep desde 2016 para promover a inscrição consciente e evitar abstenções e desperdício da verba pública", diz a pasta.
O Enem 2018 teve a menor taxa de ausência desde que o Enem adotou o formato atual, em 2009. No ano passado, 26% dos inscritos confirmados faltaram às provas, provocando um prejuízo de R$ 121 milhões com ausências.
As mulheres, representando 59,5% dos confirmados, e os negros (46,4% se autodeclararam pardos e 12,7%, pretos) são maioria entre os candidatos que farão o exame este ano. Em relação à faixa etária, 26,7% tem de 21 a 30 anos, 17,8% tem 17 anos; 15,9% tem 18 anos.
Os egressos, aqueles que já se formaram em anos anteriores, representam 58,7%. E os treineiros, participantes que não vão concluir a educação básica este ano, são 12,1% dos inscritos.
O Enem oferece três tipos de atendimento – especializado, específico e por nome social –, além de 15 recursos de acessibilidade. Os participantes podem solicitar mais de um atendimento e mais de um recurso de acessibilidade, desde que justificassem a necessidade.
Neste ano, o Inep recebeu 40.756 solicitações de atendimento especializado, 8 mil de atendimento específico e 2.068 de atendimento por nome social. De acordo com a autarquia, os números de atendimentos confirmados serão consolidados após a fase de análise de laudos.
As provas serão aplicadas em dois domingos, 3 e 10 de novembro. Quem já concluiu o ensino médio ou vai concluir este ano pode usar as notas do Enem para se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de ensino superior, no Programa Universidade para Todos (ProUni), que oferece bolsas de estudo em instituições privadas de ensino superior, ou no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Fonte: Agência Brasil


segunda-feira, 27 de maio de 2019

Maria Gabriela Batistela, de Ourinhos, é coroada Miss Brasil Earth

A Miss Ourinhos, Maria Gabriela Batistela, venceu neste fim de semana o concurso Miss Brasil Earth (Miss Terra), realizado em Minas Gerais. A ourinhense representou todo o Estado de São Paulo. Agora, Gabriela vai representar o pais na sequencia contra representantes de todo mundo.
As Misses coroadas dedicam o seu ano de reinado para promover projetos específicos e muitas vezes tratar de questões relativas ao meio ambiente e outras questões globais, através de visitas a escolas,
ações de plantação de árvores, campanhas de rua, limpeza da orla costeira, palestras, intervenção pública nos media, intervenções em feiras ambientais, participação ativa em programas, programas ecofashion e outras atividades ambientais.
A vencedora de Miss Earth é a porta-voz da Fundação Miss Earth, do Programa de Meio Ambiente das Nações Unidas (ONU) e de outras organizações ambientais.
A Fundação Miss Earth também trabalha com os departamentos ambientais e Ministérios dos países participantes, vários setores privados e companhias, bem como Greenpeace e a Fundação Mundial para a Natureza (WWF).

Fonte: Passando a Régua


Confira os resultados das rodadas do master e do suíço

Neste final de semana, os campeonatos de futebol suíço e suíço master tiveram rodadas completas. Conheça os resultados e a classificação atualizada desses torneios.

Campeonato de futebol suíço master - 7ª rodada do 1º turno - Sábado, 25 de maio 

Internacional x Palmeiras de Garça
Cavalcante 2 x Aliança 2
Excellent Global x Óptica Visão
CAF x Corinthians de Garça
Óptica Exata 2 x Salec 2
Descansou: Dinos

Campeonato de futebol suíço - 8ª rodada do 1º turno - Domingo, 26 de maio

Kosminho 0 x Lanchonete São Lucas 2
Art Elétrica 6 x Vimec 2
Paulista 1 x Flamengo 0
São Lucas 1 x Os Pior 1
Empório Rebelo 3 x Dinos 4
VKT 2 x Juventude 6
Levi's 3 x Salgueiro 0

---

Campeonato de futebol suíço master - classificação

01 Salec 19 pts
02 Aliança 16 pts
03 Excellent Global e Óptica Exata 12 pts
05 Internacional 10 pts
06 Cavalcante 09 pts
07 Óptica Visão e CAF 06 pts
09 Dinos 05 pts
09 Corinthians de Garça 03 pts
10 Palmeiras de Garça 0 pt


Campeonato de futebol suíço - classificação

01 Os Pior 22 pts
02 Art Elétrica e Levi's 18 pts
04 Kosminho e Vimec 14 pts
06 São Lucas 13 pts
07 Flamengo 12 pts
08 Juventude e Lanchonete São Lucas 09 pts
10 Dinos 07 pts
11 Empório Rebelo e Paulista 06 pts
13 Salgueiro 04 pts
12 VKT 03 pts

Redação do Garca.Jor


Antiga agência do Banco do Brasil: prédio está sendo depredado e abriga desocupados

O amplo prédio que já ostentou a agência local da Nossa Caixa Nosso Banco e, posteriormente, o Banco do Brasil, está com as portas fechadas desde o mês de fevereiro de 2017. Dentro de seu processo de enxugamento e de contenção de despesas, a instituição financeira federal decidiu encerrar as atividades daquela unidade, "entupindo" com todos os seus clientes a agência da rua Coronel Joaquim Piza.
Além do desconforto, com filas e aperto, para os correntistas, essa ação do banco trouxe um problema social para Garça. Após mais de dois anos fechado, o prédio se transformou em alvo de ladrões de fios e outros artigos e de vândalos, além de se mostrar um local aprazível para bêbados, usuários de crack e desocupados.
Jornal DEBATE tem recebido nas últimas semanas reclamações de várias pessoas. De empresários que possuem negócios nas redondezas do prédio a quem transita diariamente por aquela localidade. Essas reclamações destacam a insegurança causada pela presença de usuários de droga no período noturno no prédio e também a dilapidação, a olhos vistos, do imóvel, sem que se veja uma movimentação em busca de uma mudança desse cenário.
A administração municipal pouco tem a fazer. O máximo possível é a notificação da instituição bancária e a aplicação de multas em caso de verificação de alguma irregularidade.
A legislação dispõe que seria até mesmo possível uma "arrecadação" do prédio por parte do município, mas isso se daria diante de um quadro dos mais complexos. O Código Civil, por exemplo, indica que isso seria possível em caso de abandono, mas apenas após três anos da verificação que o imóvel não tem recebido as devidas conservações.
Já a Constituição Federal dispõe que é possível a realização por parte do poder público municipal da desapropriação de imóvel subutilizado ou não utilizado, mas devendo haver a justa indenização.
Evidentemente, tais medidas judiciais não deverão ocorrer, ante os prazos estabelecidos ou os altos custos de ressarcimento. A expectativa, assim, recai sobre o movimento executado pelo Banco do Brasil em tentar comercializar o imóvel.
Em fevereiro deste ano, a instituição bancária incluiu o prédio garcense na lista de um leilão de imóveis de sua propriedade. Os lances foram recebidos até o dia 21 de março e nenhuma proposta foi apresentada e, portanto, a venda foi frustrada.
Novamente o Banco está ofertando o imóvel da avenida Labieno da Costa Machado. Agora, os interessados têm até o dia 06 de junho para apresentar os lances para adquirir o prédio, sendo que o lance inicial será de R$ 2,106 milhões. O terreno total é de 2.361 metros quadrados, com uma área construída de 1.202 metros quadrados. Quem quiser fazer a oferta deve apresentar seus lances no endereço www.lancenoleilao.com.br/lote.php?idLote=7035.
Enquanto o martelo não é batido, a comunidade de Garça vai continuar a conviver com a decadência de um prédio que já foi tão bem estruturado e que hoje se desmonta ao sabor do abandono e da dilapidação e vandalismo.

Fonte: Jornal Debate


Governo alemão alerta judeus contra uso do quipá

O comissário do governo alemão para o combate ao antissemitismo aconselhou judeus a não usar o quipá (peça do vestuário judeu) em público, devido a um recente aumento de ataques antissemitas no país.
"Não posso recomendar aos judeus que usem o quipá todo o tempo e em qualquer lugar na Alemanha. Infelizmente preciso dizer isso", afirmou o comissário, Felix Klein, em entrevista ao grupo de mídia Funke.
Klein afirmou que sua opinião sobre o assunto mudou devido a "uma crescente desinibição social e brutalização" na sociedade, que fizeram com que o antissemitismo aumentasse.
"A internet e as redes sociais contribuíram fortemente para isso, mas também os constantes ataques contra a nossa cultura da memória", afirmou.
O comissário sugeriu que policiais e funcionários públicos sejam treinados para lidar com o problema. Klein afirmou que há uma definição clara do que é antissemitismo e que esta deve ser ensinada em academias policiais, assim como a professores e juristas.
De acordo com dados do Ministério do Interior, crimes antissemitas aumentaram quase 20% na Alemanha em 2018 em relação ao ano interior, com 1.799 ocorrências. Klein destacou que 90% dos casos foram praticados por indivíduos que apoiam grupos de extrema direita.
Após as declarações de Klein, representantes da comunidade judaica na Alemanha exigiram que o Estado garanta aos judeus uma vida sem medo. O presidente de Israel, Reuven Rivlin, se disse "profundamente chocado" com a recomendação do comissário alemão.
"A responsabilidade pelo bem-estar, a liberdade e o direito ao exercício da religião por qualquer membro da comunidade judaica está nas mãos do governo alemão e de seus órgão para aplicação da lei", afirmou.
"Temores quando à segurança de judeus alemães são uma capitulação perante o antissemitismo e um reconhecimento de que os judeus novamente não estão seguros em solo alemão", acrescentou. O presidente israelense disse que nunca se deve capitular perante o antissemitismo.
Neste domingo (26), o presidente do Conselho Central dos Judeus na Alemanha, Josef Schuster, denunciou um aumento das ameaças antissemitas no país, reforçando o alerta de Klein.
"Há muito tempo é fato que, em grandes cidades, judeus estão potencialmente expostos a riscos, se forem identificados como judeus", afirmou. "Eu não tendo a dramatizar, mas, no geral, a situação realmente piorou."
Segundo Schuster, o debate desencadeado por Klein é bem-vindo, pois "está na hora" de toda a sociedade alemã combater o antissemitismo.
A ministra alemã da Justiça, Katarina Barley, manifestou preocupação com a situação. "Os atos violentos cada vez mais frequentes contra judias e judeus são vergonhosos para o nosso país", disse ao jornal Handelsblatt. A ministra afirmou que movimentos de direita atacam a democracia na Alemanha e têm como alvo a convivência pacífica no país.
Klein, cujo posto de comissário para o antissemitismo foi criado no ano passado, ressaltou que políticos e a sociedade precisam reconhecer os problemas que ele apontou e que o combate ao antissemitismo deve ser tarefa de todos.

Fonte: Deutsche Welle


Ex-vereador é baleado na cabeça durante tentativa de roubo em Salto Grande

O ex-vereador de Salto Grande, Arnaldo Francisco Andino, levou um tiro na cabeça na manhã deste domingo (26) após reagir a uma tentativa de assalto em sua casa, localizada na Rua Mello Peixoto.
Segundo a Polícia Militar de Ourinhos, a casa do ex-vereador, foi invadida por volta das 5h por três suspeitos. O idoso reagiu à tentativa de assalto e foi atingido por um tiro na cabeça.
A vítima foi levada para a Santa Casa de Ourinhos, onde passou por cirurgia. Segundo o hospital, o estado de saúde do ex-vereador na tarde deste domingo era considerado grave.
Os três assaltantes fugiram após a invasão, mas um dos envolvidos foi localizado pelos policiais e reconhecido pela esposa da vítima.
O suspeito foi encaminhado à delegacia de Ourinhos, onde foi ouvido pelo delegado de plantão. Ele ficou preso e passará por audiência de custódia nesta segunda-feira (27).

Fonte: G1


Cidade pequena gasta mais por habitante para manter Legislativo

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) elaborou um levantamento com o número de vereadores, a quantidade de funcionários lotados na Câmara e o gasto total com pessoal e custeio, indicando a despesa por habitante. O raio X das contas verificou os dados nos 645 municípios do Estado de São Paulo. Quanto menor a cidade, na faixa de 1.600 habitantes, o custo per capita é mais alto se comparado a de cidades maiores.
Os dados cadastrais foram com base no Sistema Audesp, informações que as próprias Câmaras enviam ao Tribunal. Na região de Bauru, o JC verificou os números de 51 localidades.
Os municípios de Bauru, Botucatu e Bauru têm gasto por habitante menor. No levantamento do ano base de 2018, Bauru de 374.272 habitantes teve gasto per capita de R$ 45,50, Jaú com 148.581 o índice atingiu R$ 39,04 e Botucatu de 144.820 o valor foi de R$ 30,83.
A cidade de Fernão com 1.704 habitantes, vizinho a Duartina, apresenta despesa per capita de R$ 402,74, Paulistânia um pouco maior com 1.832 a despesa para manter o Legislativo é de R$ 398,02, enquanto Uru de 1.177 habitantes, penúltimo município menor do Estado, o índice calculado foi de R$ 318,96. Nenhum desses gastos são considerados ilegais, a pesquisa serve de parâmetro para avaliar o custo da máquina pública.
O presidente da Câmara de Fernão, Luiz Alfredo Leardini, afirma que vem respeitando a todos os limites de gastos impostos pela legislação. "A comparação per capita acaba resultando em um valor maior para o município o que não significa que está gastando mais. É importante destacar que a Câmara de Fernão vem respeitando a todos os limites de gastos impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal e Constituição Federal", destaca.
De acordo com o diretor da Unidade Regional (UR) de Bauru do TCE, José Paulo Nardone, os limites com gastos com vereadores dificilmente são extrapolados, mas as despesas despendidas são cerca de 90% para manutenção. No levantamento é ressalvado o gasto com investimento, como construção de prédio. "Esse mapa das Câmaras mostra a despesa para manutenção do Poder Legislativo. Quanto menor o município, a relação do per capita é mais cara. Então, para município pequeno o custo para manutenção do Poder Público do Legislativo é bastante elevado", declarou.
Nardone ressalva, porém, que a pesquisa não é uma análise qualitativa. "Não se questiona se a Câmara é boa ou ruim. Só oferecemos um dado e fica para avaliação de jornalistas e da população", explicou.
Numa faixa intermediária, cidade do porte de Garça com 44.370 habitantes com 13 vereadores e 12 funcionários o gasto per capita atingiu R$ 38,10, Ibitinga com 59.451 pessoas com 10 vereadores a despesa sobe para R$ 54,00, porém abaixo em relação a outras cidades menores.
Sobre a pesquisa o presidente do TCE, Antonio Roque Citadini, informou que o mapa é mais um instrumento que favorece e incentiva o controle social e a transparência no uso dos recursos públicos. "O cidadão, imprensa, o agente público - seja quem for -, poderá, a qualquer local e momento, saber quanto custa o seu vereador e quanto é destinado para o Legislativo em sua cidade e região", destacou. O JC traz nesta edição uma listagem de 51 cidades da região com os dados da pesquisa do TCE.
O levantamento do TCE demonstra por números uma realidade que há muito tempo se discute no país. Os municípios pequenos, na faixa de 1.500 a 5.000 habitantes, têm um custo de manutenção mais alto seja para custear o Legislativo e o Poder Executivo. Muitas dessas cidades não têm receita própria e são dependentes do repasse de recursos do Fundo de Participação dos Município (FPM) e outros verbas da União e do Estado. Na pesquisa feita pelo TCE constatou que quanto menor a cidade maior é o custo quando o cálculo é com base no número da despesa pela quantidade de habitantes.
A menor cidade do Estado, Borá com 836 pessoas é a que tem o maior custo por habitante. A Câmara daquela cidade composta de 9 vereadores, quatro funcionários, tem despesa por habitante de R$ 854,60. Na região de Bauru, nenhuma das 51 cidades pesquisadas pelo JC, atinge esse índice. Mas a metade dessa despesa tem Fernão, na região de Garça, que o índice chega a R$ 402,74. Essa cidade gasta por ano R$ 686.262,13 para manter a estrutura da Câmara.
Em Fernão, o subsídio pago a vereador mensal é de R$ 1.600 e o presidente da Casa cerca de R$ 2.700.  O Legislativo pode gastar 7% da receita, mas o percentual está em 5%. O presidente da Câmara de Fernão, Luiz Alfredo Leardini, alega que o gasto do município está dentro da legalidade (leia texto abaixo).
Outro município de pequeno porte, Paulistânia com 1.832 com 9 vereadores, 7 funcionários na Câmara, tem gasto per capita de R$ 398,02. A presidente da Câmara, Claudinéia de Moraes (PSDB), explica à reportagem que quando assumiu já havia sete funcionários no Legislativo. "Quando assumi já havia esse quadro de funcionários. Eles têm direitos constitucionais e os cargos estão dentro da legalidade. Não há o que ser feito. O que pode pesar é esse quadro de funcionários, mas esses servidores têm direito adquirido", explicou.
Paulistânia é ex-distrito de Agudos que conseguiu a emancipação nos anos 90, quando houve a última leva de municípios que conseguiram pelas regras da Constituição de 1988 deixar de ser vinculado ao município-sede.
Claudinéia ressalta, também, que a Câmara é bem econômica e não tem gastos de viagens exageradas feitos pelos vereadores e nem outras despesas. O Legislativo gasta o equivalente a 4% da receita, mas legalmente pode atingir o percentual de 7%.
A vereadora lembra que o atual município quando era distrito de Agudos era "muito esquecido". A emancipação foi importante para dar mais condições de atender melhor a população. "Esses dados [mapa do TCE] até parecem que são negativos para a cidade, mas é um dos municípios que está bem estruturado pelo momento político atual que estamos passando em comparação a cidades vizinhas. O custo pode ser mais caro, no entanto, o dinheiro está sendo muito bem aplicado no município em todos os setores. O povo aqui não pode reclamar, por ter o que outros municípios não têm", declarou a presidente da Câmara de Paulistânia. 
Entre as 51 cidades da região de Bauru, a terceira com maior custo per capita na manutenção da Câmara é Uru de 1.177 habitantes, 9 vereadores, 6 funcionários com despesa de R$ 886.239,97, equivalente a R$ 81,48 por habitante de despesa em 2018. O subsídio do parlamentar está fixado em cerca de R$ 1.600,00.
O presidente da Câmara, José Rubens Capeli da Silva (PSDB), informou que a despesa para manter o legislativo em seu município está em torno de 3% da receita, mas legalmente pode chegar a 7%. "Não tem como essa despesa ser menor. Isso ocorre porque até 15 mil habitantes a quantidade de vereadores é a mesma que uma cidade de 1.200 habitantes. O subsídio é pago há bastante tempo na faixa de um salário mínimo e meio. Só se reduzir o número de vereadores, mas isso não é possível", citou.
Silva observa que o Legislativo não tem veículo próprio e os vereadores não fazem viagem com recursos pagos pela Câmara. "Isso ocorre uma vez por ano, quando é de interesse do município. No final do ano sempre há devolução de duodécimo. No ano passado, retornaram para os cofres da prefeitura cerca de R$ 100 mil", declarou. A Câmara de Uru funciona em prédio próprio.
O presidente da Câmara de Fernão, Luiz Alfredo Leardini, preferiu se manifestar em nota enviada ao JC sobre o levantamento do TCE que aponta o município com o maior gasto per capita entre os 51 municípios da região de Bauru
De acordo com Leardini, as Câmaras Municipais de municípios de pequeno porte possuem a mesma estrutura mínima de funcionamento, são 9 vereadores, numero mínimo fixado pela Constituição Federal. Os valores gastos pela Câmara de Fernão anualmente para seu funcionamento em 2018 foi de R$ 686.262,13, ficando abaixo de muitas Câmaras da região com a mesma estrutura de funcionamento.
Ele usa os números absolutos de gastos totais para justificar que o custo é menor comparado com outras cidades do mesmo porte. "Em comparação à Câmara Municipal de Gália município mãe que gastou em 2018 o montante de R$ 803.411.15, Paulistânia R$ 729.173,29, Borá R$ 714.443,83 conforme informações extraídas do Portal da Transparência, verificamos em comparativo que Fernão gastou menos", declarou.
O presidente da Câmara de Fernão afirma que tem as mesmas atividades e responsabilidades e o volume de serviço, desenvolvidos pelos vereadores e servidores e das Câmaras Municipais citadas como exemplo. "A comparação per capita acaba resultando em um valor maior para o município de Fernão o que não significa que está gastando mais. É importante destacar que a Câmara Municipal de Fernão vem respeitando a todos os limites de gastos impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal e Constituição Federal", destaca.
Mas Leardini diz que acha muito importante o trabalho realizado pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo avaliar os gastos per capita das Câmaras Municipais, para demonstrar para sociedade o custo de todas as Câmaras Municipais do Estado de São Paulo.

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru


Curso sobre Olericultura Orgânica é aplicado a produtores rurais de Assis

Uma parceria entre o Senar – Serviço de Aprendizagem Rural e o Sindicado Rural de Assis, com o apoio da Prefeitura Municipal de Assis, oferece desde março um programa de Olericultura Orgânica a produtores e trabalhadores rurais de Assis.
Juliana Vesaro Bresciani, coordenadora do Senar explica que as aulas que começaram em março, e são realizadas com dois encontros mensais, seguindo até o mês de outubro, para o grupo que já participa, e que ainda não há previsão de abertura de uma nova turma.
"O programa conta com a participação de 17 produtores e trabalhadores rurais, e é aplicado em nove módulos, cada módulo aborda uma etapa da produção orgânica, desde o preparo do solo, passando pela compostagem, produção de mudas, plantio, colheita, até os cursos para comercialização”, lembra.
Juliana considera que o curso já foi aplicado em anos anteriores e que devido a procura, foi formada uma nova turma.
"No programa é utilizado o material do Senar, que é bem completo, as aulas são aplicadas pelo engenheiro agrônomo André de Moraes Costa, e é desenvolvido de forma teórica e prática, as aulas práticas ocorrem em uma propriedade rural no bairro Água da Cabiúna”, adianta.
Juliana ressalta ainda que o programa tem como objetivo ajudar na capacitação dos agricultores para a produção de olerícolas no sistema orgânico, produzindo alimentos mais saudáveis e competitivos, além de oferecer menor agressão ao meio ambiente.

Fonte: Assiscity


Polícia Civil prende massoterapeuta suspeito de abusos sexuais em Marília

A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Marília cumpriu na manhã de sábado, 25 de maio, um mandado de prisão preventiva contra um massoterapeuta de 58 anos, suspeito de ter praticado inúmeros casos de abuso sexual e estupro na cidade.
Ao menos cinco mulheres entre 27 e 45 anos depuseram nos últimos dias na Polícia Civil com acusações contra o homem que teria supostamente cometido os crimes durante sessões de massagem em uma clínica localizada na zona Leste.
O mandado de prisão foi expedido pela 3ª Vara Criminal e não existe prazo para soltura. Um inquérito está em andamento e a reportagem apurou que está sendo investigada a existência de outras possíveis vítimas.
A advogada Larissa Toríbio, responsável pelo projeto OAB Por Elas, que orienta vítimas de violência e abuso, defende algumas das mulheres que se dizem abusadas pelo massoterapeuta. Ela espera que outros casos venham à tona com a prisão preventiva.
As clientes de Larissa afirmam, diz ela, que tiveram suas partes íntimas tocadas pelo acusado durante sessões de massagem. Ele também teria introduzido o dedo na vagina de algumas delas, mas até agora não foram encontrados relatos sobre “conjunção carnal”.
“Ele é uma pessoa muito conhecida na área dele e me parece que trabalha há 20 anos na cidade”, afirma a advogada. “Ele vem fazendo isso há muito tempo. Um boletim de ocorrência de estupro foi registrado em 2012, porém acabou arquivado por falta de provas”.
“Há 15 dias ele estuprou outra vítima”, afirma a advogada, que foi procurada por essa mulher. Juntas elas identificaram outras pacientes do massoterapeuta que também se disseram abusadas sexualmente, conforme afirma.
Em torno de 12 vítimas já teriam sido contatadas, mas nem todas aceitaram depor. “São situações que geram muito trauma”, diz Larissa. “Essa mulher que registrou o BO há cinco anos tentou o suicídio três vezes, desenvolveu síndrome do pânico. As sequelas são terríveis”.
Outra mulher, de acordo com a advogada, relatou ter sido imobilizada pelo massoterapeuta, que teria habilidades relacionadas com artes marciais, ao tentar se desvencilhar dele. “As vítimas morrem de medo dele, como é comum que aconteça em casos desse tipo. Mas é preciso denunciar”.

Fonte: Marília Notícia


Em 2018, Garça registrou aumento em desligamentos de energia devido a colisões em postes

A CPFL Paulista informou que Garça registrou um crescimento de 108,70% nos casos de interrupção de energia decorrentes de colisões de veículos contra postes.
Em 2018, a cidade teve 48 ocorrências desse tipo, contra 23 casos no ano anterior. Marília registrou 113 acidentes (redução de 5,04%) enquanto em Bauru foram identificados 245 casos no ano passado, contra 227 em 2017, queda de 7,35%.
Em média, cada ocorrência na região de Bauru interrompe o fornecimento de energia para 88 clientes, com o tempo médio de restabelecimento de três horas – o tempo de retomada do serviço se explica pelo fato de que colisões contra postes exigem, muitas vezes, que a CPFL Paulista reconstrua a rede elétrica no local atingido, como a própria substituição do poste, conforme a dimensão do dano.

Redação do Garca.


União Europeia terá Parlamento mais verde e populista

As eleições mais disputadas para o Parlamento Europeu em décadas chegaram ao fim neste domingo (26) com a direita eurocética e anti-imigração e os ambientalistas ganhando espaço sobre partidos tradicionais que costumavam formar o centro político do bloco.
Ao longo de quatro dias de votação, eleitores foram às urnas nos 28 países da União Europeia (UE), numa participação estimada em 51% – excluídos aqui os eleitores do Reino Unido –, a mais alta dos últimos 20 anos. Ao todo, 426 milhões de pessoas foram convocadas a votar.
As eleições deste ano foram vistas como um teste da influência dos movimentos nacionalistas, populistas e de extrema direita, que ganharam força no continente nos últimos anos e influenciaram decisões importantes, como a saída do Reino Unido da União Europeia.
O pleito ainda opôs, de um lado, os defensores de uma UE mais unida e, de outro, aqueles que consideram o bloco um corpo burocrático e intervencionista e defendem a restrição da imigração e que o poder retorne para as mãos dos governos nacionais.
Enquanto partidos pró-UE ainda devem ficar com uma fatia significativa do Legislativo sediado em Bruxelas e Estrasburgo – projeções apontam que eles ocupem cerca de dois terços das 751 cadeiras –, seus adversários tiveram ganhos significativos.
Na França, projeções indicam que o partido ultradireitista e anti-imigração Reunião Nacional, de Marine Le Pen, despontou em primeiro lugar, em surpreendente revés para a legenda centrista do presidente Emmanuel Macron, que faz da integração da UE o mote de seu governo.
Derrotada por Macron na última eleição francesa, Le Pen afirmou que o resultado "confirma a nova divisão nacionalista e globalista" na França e em outros lugares do mundo.
As projeções na Alemanha, o maior país da União Europeia, também mostram quedas drásticas para o partido da chanceler federal, Angela Merkel, e seu parceiro de coalizão de centro-esquerda, enquanto os verdes cresceram consideravelmente – tornando-se o segundo maior partido –, e os populistas de direita ganharam um pouco mais de força.
O ministro do Interior e vice-primeiro-ministro italiano, Matteo Salvini, figura importante entre os nacionalistas linha-dura e anti-imigração, disse ter sentido "uma mudança no ar" e adiantou que a vitória de seu partido – a ultradireitista Liga, projetada para se tornar a principal força da Itália – "mudaria tudo na Europa".
Para o alemão Manfred Weber, candidato do Partido Popular Europeu (EPP), a maior bancada do Parlamento Europeu, estas eleições foram marcadas pelo enfraquecimento do centro político tradicional e, por isso, é "mais do que necessário que as forças que acreditam nesta Europa, que querem levar esta Europa a um bom futuro e que têm ambições para esta Europa" trabalhem unidas.
São muitos os fatores que podem ter contribuído para essa mudança de ares no continente. A Europa foi bastante afetada nos últimos anos pela crise migratória de países do Oriente Médio e da África, além de ataques mortais perpetrados por extremistas islâmicos.
Também houve crescentes tensões em torno da desigualdade econômica e forte aversão ao establishment político – sentimentos não muito diferentes dos que levaram à eleição de Donald Trump nos Estados Unidos.
O primeiro-ministro cada vez mais autoritário da Hungria, Viktor Orbán, um possível aliado do italiano Salvini, disse esperar que estas eleições tragam uma mudança favorável a partidos políticos contrários à imigração. Para ele, o tema será o responsável por "reorganizar o espectro político na União Europeia".
Por outro lado, os defensores de uma UE mais unida, liderados pelo francês Macron, argumentam que questões como mudanças climáticas e imigração são muito amplas para qualquer país resolver sozinho.
O presidente francês, cujo país foi abalado nos últimos meses pelo movimento populista dos coletes amarelos, descreveu as eleições deste ano como "as mais importantes desde 1979, porque a União Europeia enfrenta um risco existencial" por parte dos nacionalistas que buscam dividir o bloco.
A ascensão dos populistas eurocéticos, contudo, não foi tendência em todos os países. O Partido da Liberdade da Áustria (FPÖ), de extrema direita, deve ficar em terceiro lugar no país depois de ser atingido por um escândalo de corrupção durante a campanha – o que levou ao colapso da coalizão de governo e à renúncia do vice-chanceler federal.
Na Holanda, o Partido para a Liberdade (PVV), liderado pelo populista antieuro e antimigração Geert Wilders, deve perder todos os seus assentos no Parlamento Europeu enquanto as projeções apontam para uma vitória dos social-democratas.
Analistas duvidam da capacidade dos populistas de formarem uma coalizão efetiva – como almeja Salvini –, dadas as diferenças em questões-chave, como as relações com a Rússia.
Os populistas "alcançaram o mesmo tamanho de onda, talvez um pouco maior, do que em 2014, mas não há um tsunami", disse Sebastien Maillard, diretor do instituto Jacques Delors. Ele prevê que os eurocéticos não serão capazes de "perturbar a vida democrática" no próximo parlamento.
O resultado destas eleições pode deixar as duas principais bancadas do Parlamento Europeu, o EPP e os Socialistas & Democratas (S&D), sem maioria, abrindo caminho para complicadas negociações para a formação de uma coalizão.
Com isso, os verdes e os liberais da Aliança dos Liberais e Democratas pela Europa (ALDE) devem se tornar forças decisivas.

Fonte: InfoMoney


sexta-feira, 24 de maio de 2019

Ladrões dopam cães e furtam R$ 40 mil em equipamentos de fábrica em Garça

Criminosos invadiram uma empresa que fabrica cochos (recipiente onde se coloca comida para gado) no Araceli, em Garça, na madrugada desta sexta-feira, 24 de maio.
Para entrar no local, os ladrões doparam dois cães de guarda da raça rottweiler, e na sequência arrombaram o escritório da empresa. Do local, foram levados quatro notebooks e celulares.
Além disso, os ladrões também furtaram 25 máquinas manuais elétricas, como furadeiras, serras circulares e parafusadeiras. Segundo o dono da empresa, o prejuízo foi estimado em R$ 40 mil.
Antes de sair, os criminosos também reviraram o escritório e destruíram móveis e documentos.
Segundo o dono, a fábrica possui circuito de monitoramento, mas os ladrões invadiram a central e destruíram os servidores. Apenas a imagem do portão pôde ser salva, onde é possível ver um carro branco – os criminosos não foram filmados.
O empresário disse que essa foi a primeira vez em 21 anos que a empresa foi atacada por ladrões. Um boletim de ocorrência foi registrado, mas ninguém foi preso até o momento.

Fonte: G1


Marília Shopping celebra Semana da Tireoide com ação educativa

Como forma de orientar a população quanto aos distúrbios da glândula tireoide, suas sintomatologias e importância de seu diagnóstico, a Liga Acadêmica de Endocrinologia e Metabologia (LEM) da Universidade de Marília em parceria com a Liga Acadêmica de Endocrinologia da Faculdade de Medicina de Marília (FAMEMA), realizam no Marília Shopping, em 26 de maio, das 12h às 18h, campanha alusiva a Semana Internacional da Tireoide.
Para essa ação haverá esclarecimento de dúvidas e aconselhamento sobre os fatores de risco para os distúrbios da glândula tireoide proporcionando um maior entendimento acerca das alterações tireoidianas; relevância clínica e sintomatologia para que dessa forma seja possível buscar por atendimento médico em tempo hábil.
A tireoide é uma glândula que regula a função de órgãos importantes como o coração, o cérebro, o fígado e os rins. Ela produz os hormônios T3 (triiodotironina) e T4 (tiroxina) que garantem o equilíbrio do organismo. A glândula possui forma de borboleta (com dois lobos) e se localiza na parte anterior do pescoço, logo abaixo do Pomo de Adão.
Essa glândula atua diretamente no crescimento e desenvolvimento de crianças e de adolescentes, na regulação dos ciclos menstruais, fertilidade, peso, memória, concentração, humor e no controle emocional. Quando não funciona corretamente, pode liberar hormônios em quantidade insuficiente (hipotireoidismo) ou em excesso (hipertiroidismo). Nos dois casos, o volume da glândula aumenta.
Segundo a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, um dos problemas mais frequentes da tireoide são os nódulos. Estima-se que 60% da população brasileira os desenvolverão em algum momento da vida. No entanto, apenas 5% deles são cancerosos. A identificação precoce pode ser decisiva e fundamental nesse processo.
Referência de visitação e consumo da população da cidade e região, o Marília Shopping, administrado pela AD Shopping, maior administradora independente do Brasil, conta com diversas lojas com as melhores marcas e grifes, amplo estacionamento com opção de vallet park, rede Cinépolis com cinco salas de cinema em tecnologia 3D; diversificada praça de alimentação com as melhores redes entre restaurantes e fast-foods e área de entretenimento com diversões eletrônicas para crianças.

Redação do Garca.Jor


Habitação sorteia 72 casas na cidade de Paulistânia

A Secretaria de Estado da Habitação, por meio da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano), sorteia, neste sábado, 25 de maio, às 16h15, 72 moradias em Paulistânia. As unidades do Conjunto Habitacional Paulistânia E têm previsão de entrega para agosto deste ano.
O secretário estadual da Habitação, Flavio Amary, participa do evento. O empreendimento foi viabilizado pela parceria entre Secretaria Estadual da Habitação e Caixa Econômica Federal, mediante investimento de R$ 7,2 milhões. O sorteio será na Quadra Municipal na av. Francisco Idalgo, 50, no Centro.

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru


Master e suíço vão ter rodadas completas neste final de semana

Os campeonatos municipais de futebol suíço master e suíço terão rodadas completas no sábado, 25 de maio, e domingo, 26 de maio, respectivamente. Confira, a seguir, os jogos que vão agitar o amadorismo local:

Campeonato de futebol suíço master - 7ª rodada do 1º turno - Sábado, 25 de maio - 15h30 horas

Heitor Gonçalves
Internacional x Palmeiras de Garça

Martin Carvalho
Cavalcante x Aliança

Marcos Antônio da Silva
Excellent Global x Óptica Visão

Naudert da Silva Braga
CAF x Corinthians de Garça

João Luiz Zancopé
Óptica Exata x Salec
Descansa: Dinos

Campeonato de futebol suíço - 8ª rodada do 1º turno - Domingo, 26 de maio

Heitor Gonçalves
08h00 - Kosminho x Lanchonete São Lucas
10h00 - Art Elétrica x Vimec

Martin Carvalho
08h00 - Paulista x Flamengo
10h00 - São Lucas x Os Pior

Marcos Antônio da Silva
08h00 - Empório Rebelo x Dinos
10h00 - VKT x Juventude

Naudert da Silva Braga
08h00 - Levi's x Salgueiro

---

Campeonato de futebol suíço master - classificação

01 Salec 18 pts
02 Aliança 15 pts
03 Óptica Exata 11 pts
04 Excellent Global 09 pts
05 Cavalcante 08 pts
06 Internacional 07 pts
07 Óptica Visão 06 pts
08 Dinos 05 pts
09 CAF e Corinthians de Garça 03 pts
10 Palmeiras de Garça 0 pt


Campeonato de futebol suíço - classificação

01 Os Pior 21 pts
02 Art Elétrica e Levi's 15 pts
04 Kosminho e Vimec 14 pts
06 São Lucas e Flamengo 12 pts
08 Juventude, Lanchonete São Lucas e Empório Rebelo 06 pts
10 Dinos e Salgueiro 04 pts
12 Paulista e VKT 03 pts

Redação do Garca.Jor