sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Frota de veículos na cidade de Garça tem aumento 2,5% em 2017

A frota de veículos que circulam em Garça chegou a 27.836 unidades apresentando um aumento de 2,5% no ano passado, em comparação com o período anterior, de acordo com números da Fundação Seade. O volume de carros comerciais leves (picapes e furgões) que circularam na cidade chegou a 15.914 unidades, um crescimento de 2,35% em relação a 2016. Já as motocicletas e assemelhados, cujo aumento é visível nos bolsões da cidade e nos acidentes que proliferam a cada dia, aumentaram 2,63% em relação ao ano de 2016. O número de caminhões teve um aumento de apenas 1% e o de ônibus caiu quase 1%.
Mas se a frota de veículos aumentou na Sentinela do Planalto no ano passado, caiu o número de habitantes por total de veículo. Em 2002 era 3,63 habitantes/veículo. Em 2016 os números da Fundação Seade apontaram que são 1,57 habitantes/veículo e no ano passado o percentual ficou em 1,53 habitantes/veículos.
No caso específico dos automóveis o número de habitantes por automóvel era 5,52 em 2002, chegou a 2,75 em 2016 e finalizou 2017 com um índice de 2,68 habitantes/automóvel.
O aumento no número de veículos interfere nas políticas municipais, uma vez que tem uma relação direta com aumento de acidentes, vagas nos estacionamentos, bolsões para motocicletas, estacionamento zona azul e fluxo na malha viária.
Segundo estudo do Sindipeças, que reúne as fabricantes de autopeças, a frota de veículos aumentou 1,2% em 2017 no Brasil, na comparação com o ano anterior.
O volume de carros, comerciais leves (picapes e furgões), caminhões e ônibus que circularam no país no ano passado chegou a 43.371 milhões.
Em 2015 e 2016, anos de crise mais aguda para o setor automotivo, ele tinha ficado praticamente estável em 42 milhões.
Na conta, Sindipeças acrescenta ao número do ano anterior os novos emplacamentos e tira 1,5%, que, segundo a entidade, corresponde à quantidade média de veículos que deixaram de circular por idade ou viraram sucata.
A idade média da frota de carros, caminhões e ônibus ficou em 9 anos e 7 meses, um pouco acima dos 9 anos e 3 meses registrados em 2016.
Uma volta pelas ruas da cidade para ver que a crise também aumentou a idade dos veículos que estão trafegando nas ruas. O sonho de trocar o carro foi adiado em muitos lares garcenses.
“A gente estava planejando trocar o carro há dois anos. Veio a crise e continuamos com o nosso fiat. No ano passado, além de não trocar o carro, ainda era difícil manter o que tínhamos rodando em função do preço da gasolina. Não trocamos o carro e compramos uma moto usada que é mais barato a manutenção para ir ao trabalho no dia a dia”, disse Durvalino Peixoto, morador do Jardim Centenário em Garça.
A conduta dele reflete a mesma de vários lares brasileiros e de acordo com o acordo com o Sindipeças, a maior parte dos veículos que circulam no Brasil (52%) tem de 6 a 15 anos de uso. Em segundo (30%) estão os que têm até 5. E outros 6% são veículos com mais de 20 anos.
“Tenho meu fusca 71 que é minha paixão. Meu sonho era arrumar ele, que é uma paixão, e adquirir outro veículo mais novo para o dia a dia e até pegar estrada, mas ficou tudo no querer”, falou morador do Bairro Labienopolis que, segundo ele, quer arrumar o veículo e entrar para o Clube do Fusca.
O número de veículos por habitante vem se mantendo estável desde 2015. No ano passado, a média foi de 4,8 habitantes por veículo.
Ela é inferior à de países com economias mais maduras e também à da Argentina, e é usada pelas montadoras para apontar o potencial de crescimento do mercado brasileiro.
O estudo diz ainda que, em 10 anos, essa relação reduziu 34%: em 2007, era de 1 veículo para cada 7,3 habitantes.

Fonte: Acig


Mais de 21 mil eleitores na região têm título cancelado por faltar à biometria

Vinte um mil duzentos e noventa e um moradores de seis municípios da região tiveram seus títulos eleitorais cancelados e não poderão votar nas eleições de outubro por não terem comparecido aos cartórios eleitorais das suas cidades para realização do cadastramento biométrico obrigatório dentro do prazo legal.
Na área da 26ª Zona Eleitoral, 13.982 eleitores deixaram de realizar revisão biométrica em Botucatu, 1.965 em Itatinga e 688 em Pardinho. Em Cabrália Paulista, na 159ª Zona Eleitoral, 905 eleitores não fizeram a biometria.
Em Piratininga, que pertence à 23ª Zona Eleitoral, 1.748 pessoas tiveram seus títulos cancelados por faltarem à revisão biométrica. Em Vera Cruz, na área de abrangência da 180ª Zona Eleitoral, foram 2.003 títulos cancelados.
Em todos esses municípios, o cadastramento era obrigatório para todos os eleitores com até 70 anos. Após essa faixa etária, o processo só deveria ser feito por aqueles que quisessem continuar votando, apesar da não obrigatoriedade.
O Partido Socialista Brasileiro (PSB) chegou a contestar a exclusão dos eleitores que não fizeram biometria do processo eleitoral deste ano. Porém, na quarta-feira (26), o Supremo Tribunal Federal (STF) manteve o cancelamento dos títulos.
Os eleitores que tiveram seus títulos cancelados deverão agendar atendimento e procurar os cartórios ou postos da Justiça Eleitoral a partir do dia 5 de novembro - quando o cadastro será reaberto - para regularizar sua situação.
Além da não realização do cadastramento biométrico, outras situações podem levar ao cancelamento do título, como a ausência de votação ou a justificativa do voto por três eleições consecutivas, por exemplo.
Quem teve o título cancelado, além de não poder votar, fica sujeito a restrições como a impossibilidade de tirar passaporte ou tomar posse em cargo público, de regularizar o CPF, e de se matricular em instituições públicas de ensino superior.
De acordo com o TRE, após as eleições de 2018, será iniciado um novo ciclo de cadastramento biométrico obrigatório no Estado de São Paulo. A meta do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é concluir a operação em todo o país até 2022.
Os eleitores podem consultar a sua situação eleitoral no site do TSE através do link http://www.tse.jus.br/eleitor/servicos/titulo-de-eleitor/situacao-eleitoral/titulo-e-local-de-votacao.

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru


quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Brasil realizará ações mundiais para celebrar o Dia Internacional do Café

O café, mais do que uma paixão nacional, é fonte de milhões de dólares em renda e de mais de oito milhões de empregos anualmente no Brasil. O produto tem seu dia internacional, que será celebrado em 1º de outubro, e o país, por meio do Ministério das Relações Exteriores (MRE) e da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), em parceria com as entidades do setor privado, realizará uma série de ações para comemorar a data.
Na Sala Brasília do Palácio do Itamaraty, a partir das 15h, o Brasil recepcionará cerca de 250 pessoas, entre lideranças da cadeia produtiva, embaixadores das principais nações compradoras e parceiros do país na cafeicultura para realizar a celebração da data.
Serão servidos cafés das diversas origens produtoras nacionais, preparados nas formas de espresso e filtrado pelo campeão brasileiro de baristas, Thiago Sabino, além de pronunciamentos das autoridades de Estado presentes no evento. Também ocorrerá a cerimônia de Premiação dos Melhores da Qualidade ABIC 2018, que destaca a excelência dos Cafés do Brasil, distinguindo as melhores marcas e produtos certificados no Programa de Qualidade do Café (PQC).
A celebração será realizada entre amigos, comunidade cafeeira, compradores dos cafés brasileiros e integra a agenda anual de ações do Brasil em comemoração ao Dia Internacional do Café, atendendo a uma solicitação da Organização Internacional do Café (OIC) para que as celebrações ocorram nas nações cafeeiras de todo o mundo.
No exterior, o serviço diplomático do Brasil também realizará atividades para celebrar o Dia Internacional do Café e promover o produto do país. A data será comemorada nas Embaixadas de Abu Dhabi, Paris, Londres – em colaboração com a delegação nacional junto à OIC –, Berlim, Moscou, Seul e Tóquio, além dos Consulados em Miami, Nova York, Los Angeles, Xangai e Sydney. Serão oferecidos à degustação cafés nacionais de diversas origens produtoras, além de transmitidas informações sobre a sustentabilidade da cafeicultura brasileira.
O ato comemorativo conta com a participação da Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic), da Associação Brasileira da Indústria de Café Solúvel (Abics), da Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA), do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé) e do Conselho Nacional do Café (CNC).
Presente em território nacional há quase 300 anos, o café foi responsável pelo processo de industrialização e modernização do país, gerando, atualmente, mais de oito milhões de empregos na cadeia produtiva e movimentando, como Valor Bruto de Produção, R$ 24,3 bilhões neste ano.
O Brasil é a maior nação cafeeira do mundo, liderando os rankings internacionais de produção e consumo, além de ser o segundo maior consumidor do planeta. Em 2018, os brasileiros deverão produzir 59,9 milhões de sacas de 60 kg. A exportação do produto é projetada em 35 milhões de sacas e o consumo interno em 22 milhões de sacas.

Fonte: Redação do Garca.Jor


Prefeitura de Lupércio abre inscrições para concurso público com 24 vagas

A Prefeitura Municipal de Lupércio anunciou um novo concurso público visando a contratação de servidores para 24 vagas.
Os cargos de nível fundamental, médio e superior são: Agente de Saúde (4); Atendente de Consultório Dentário (1); Atendente II (1); Cirurgião Dentista (2); Escriturário II (1); Fisioterapeuta (1); Lançador (1); Monitor (1); Motorista (1); Procurador Jurídico (1); Professor de Educação Básica I - Educação Infantil (1); Ensino Fundamental (1); Professor Educação Básica II - Artes (1); Educação Física (1); Serviços Gerais (1); Técnico Agrícola (1); Técnico em Contabilidade (2); Técnica de Enfermagem (1) e Vigia (1).
As jornadas de trabalho serão de 20; 30 e 40 horas semanais, com remunerações de R$ 1.055,74 a R$ 3.127,33; ou de R$ 13,74 hora-aula, no caso dos docentes.
Os interessados já podem realizar suas inscrições, que se estendem até o dia 14 de outubro, pelo site www.primeconcursospublicos.com.br. A confirmação da participação só será efetivada após o pagamento da taxa de inscrição, que varia de R$ 30,00 até R$ 100,00.
Serão aplicadas provas escritas, com quarenta questões objetivas, previstas para o dia 04 de novembro de 2018. Detalhes sobre o concurso são obtidos no edital do concurso que pode ser acessado aqui.

Fonte: PCI



Brasil registra retração no rebanho de bovinos e na produção de leite

A safra recorde de grãos em 2017, influenciada por fatores climáticos favoráveis, contribuiu para a redução dos custos de produção no setor pecuário entre 2016 e 2017.
Ainda assim, o ano foi marcado pela retração do rebanho de bovinos e da produção de leite, mas, em contrapartida, houve aumento significativo do rebanho suíno, que teve a maior expansão da série histórica e, principalmente, no número de galinhas (poedeiras) e galináceos.
As informações constam da pesquisa Produção da Pecuária Municipal 2017 (PPM), divulgada hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no Rio de Janeiro.
O estudo traz informações dos efetivos da pecuária existentes no país, da produção de origem animal e do valor da produção, que fechou 2017 em queda de 0,4% comparativamente a 2016.
Os dados indicam, por exemplo, que, enquanto o total de galináceos chegou a 1,4 bilhão de cabeças, com crescimento de 6% em relação a 2016 - o maior resultado da série histórica da pesquisa, iniciada em 1974 -, o total de bovinos fechou o ano em 214,9 milhões de cabeças, uma queda de 1,5% de um ano para outro.
Ao comentar os números da PPM 2017, a analista do levantamento, Mariana Oliveira, ressaltou o aumento dos rebanhos de suínos, galináceos e galinhas e as “pequenas quedas” de bovinos e caprinos.
“Do ponto de vista da produção, destacou-se o aumento da produção de mel e dos ovos de galinha e de codorna. A queda de bovinos pode ser explicada pelo aumento do abate, em razão da queda do preço da arroba, o que é uma coisa cíclica: cai o preço da arroba, aumenta o abate de vaca como forma de reduzir o rebanho e, consequentemente, promover a alta do preço da arroba”, explicou.
Já o recuo do valor da produção, a analista explicou: “O valor de produção da pecuária caiu 0,4% de 2016 para 2017 em razão do preço de alguns dos principais produtos como o leite, que diminuiu 0,5% e afetou o valor total da produção”.
Segundo Mariana, o aumento do abate de galináceos está diretamente ligado à situação econômica da população. “Uma vez que o preço do produto é inferior ao da carne, a tendência é que boa parcela da população opte pelo produto mais barato disponível”.
Em 2017, o total de bovinos no Brasil foi de 214,9 milhões de cabeças, uma queda de 1,5% com relação a 2016. “O ano foi marcado por um aumento no abate de matrizes, influenciado pelos baixos preços do bezerro e da arroba”, justificou o IBGE.
O Brasil é detentor do segundo maior rebanho mundial, atrás apenas da Índia, e é o maior exportador e segundo maior produtor de carne bovina, segundo dados do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos.
A Região Centro-Oeste, destaque na produção de bovinos, apresentou 74,1 milhões de cabeças, correspondendo a 34,5% do total nacional em 2017. Mato Grosso segue como o estado com o maior plantel bovino, abrigando 13,8% - 29,7 milhões de cabeças. O estado tem grandes frigoríficos e é responsável pelo maior volume de abate bovino no país.
A produção de bovinos segue avançando para o Norte, que possui o segundo maior número - 48,5 milhões de cabeças de gado - e foi a única região a apresentar crescimento em 2017, com variação de 1,0% em relação a 2016.
Dos 20 municípios brasileiros com os maiores números de bovinos em 2017, 11 estavam no Centro-Oeste e nove no Norte. São Félix do Xingu, no Pará, que apresentou o maior total nacional, teve um crescimento do rebanho nos últimos dez anos de 23,6%.
Já o rebanho brasileiro de suínos atingiu 41,1 milhões de cabeças em 2017, um aumento de 3,0% com relação a 2016. A Região Sul concentra o maior total com Santa Catarina no topo do ranking estadual, com 19,7% da soma nacional. Logo em seguida, aparecem o Paraná (16,8%) e Rio Grande do Sul (14,6%).
Galináceos, galinhas e produção de ovos
O total de galináceos em 2017 foi de 1,4 bilhão de cabeças. A Região Sul, destaque na produção e abate de frangos, foi responsável por 47,1% desse total, seguida da Região Sudeste (26,1%). Somente o Paraná abrigou 25,3% do total nacional.
O quadro para as regiões se inverte quando aborda o efetivo de galinhas (poedeiras). A soma nacional estimada em 242,8 milhões de cabeças – um aumento de 11,4% em relação ao ano anterior – teve sua maior concentração na Região Sudeste (38,7%), seguida da Região Sul (26,0%).
O Brasil se destaca mundialmente na produção e exportação de frangos, sendo o maior exportador e segundo maior produtor de carne de frango, também de acordo com o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos. Os principais destinos do produto brasileiro em 2017 foram Arábia Saudita, Japão e China.
A produção brasileira de leite em 2017 foi de 33,5 bilhões de litros, uma retração de 0,5% em relação a 2016. As Regiões Sul e Sudeste encabeçam a produção nacional, com 35,7% e 34,2% do total de litros, respectivamente.
Em relação ao número de vacas ordenhadas, é na Região Sudeste que está localizada a maior parte desses animais: 30,4% do total de 17,1 milhões no Brasil. No entanto, a maior produtividade nacional é encontrada na Região Sul, o que a mantém com o status de maior produtora de leite desde 2015.
O principal estado produtor de leite no Brasil é Minas Gerais, que possui ainda o maior rebanho de vacas ordenhadas. Em 2017, foi responsável por 26,6% da produção de leite e por 20,0% do total de vacas ordenhadas.
O preço médio nacional em 2017 foi de R$ 1,1 por litro de leite, uma queda de 5,6% em relação a 2016, ano que atingiu o maior valor da série histórica pela queda na produção e competição pelo produto por parte da indústria. O valor de produção anual gerada na atividade foi de R$ 37,1 bilhões.

Fonte: Agência Brasil


Garça vai ter curso de cuidador de crianças no mês de outubro

A empresa Saber Assessoria e Consultoria Educacional traz para Garça o curso de Cuidadores de Crianças, focado em crianças de zero a cinco anos. A capacitação tem a coordenação da professora especialista Estela Mancini e da professora doutora Nara Soares Couto.
O curso, com carga horária de 35 horas aulas, será ministrado aos sábados, no período da manhã, no Lar Mei Mei. O inicio está marcado para o dia 13 de outubro.
Os módulos serão ministrados por especialistas, mestres e doutores nas áreas de desenvolvimento infantil psicológico e físico, primeiros socorros, higiene, aspectos éticos e legais, atividades de musicalização, leitura e contação de histórias, brincadeiras e outras para o pleno desenvolvimento das crianças.
As matrículas podem ser feitas via e-mail (estela_mancini@hotmail.com) ou pessoalmente mediante solicitação.
Vale lembrar que é necessária sempre uma profissionalização por parte de todos os brasileiros, independente da área em que está inserido. O curso de Cuidador de Criança vem ao encontro de uma área que cresce constantemente e agrega conhecimento aqueles que já atuam na área. Um profissional devidamente qualificado agrega valor em sua mão-de-obra.

Serviço — Contatos e informações sobre o curso podem ser obtidos pelos fones 99703 6112 e 98174 7561 ou pelos e-mails estela_mancini@hotmail.com e narasoarescoutocouto@gmail.com.br.

Fonte: Redação do Garca.Jor


Motorista é preso por embriaguez ao volante em Tupã

Um homem foi preso por embriaguez ao volante na tarde desta quarta-feira, 26 de setembro, em Tupã. Segundo testemunhas, o motorista dirigia um caminhão em zigue-zague próximo à rua Lélio Piza.
Ao ser abordado pelos policiais, o homem disse que mora em Bauru e teria ido para a cidade fazer entregas, mas que acabou bebendo demais.
De acordo com a PM, ele apresentava sinais claros de embriaguez, por isso a equipe o levou para a delegacia da cidade, onde foi preso em flagrante. O motorista pagou fiança de R$ 1 mil e foi liberado.
Ainda conforme a polícia, o homem foi multado e pode ter a CNH suspensa. O veículo foi recolhido ao pátio.

Fonte: G1


Universidade da região investe em bibliotecas virtuais

A Unimar (Universidade de Marília) adquiriu licença das bibliotecas virtuais “Elsevier” e “Minha Biblioteca”. O objetivo é oferecer aos acadêmicos e docentes de todos os cursos de Graduação e Pós-Graduação um enorme acervo digital, somando o novo investimento ao seu acervo físico, o maior de toda a região.
De acordo com o reitor da Universidade, Márcio Mesquita Serva, a aquisição das bibliotecas virtuais atende a necessidade dos atuais estudantes. “Nossos jovens estão em um mundo conectado e podem usufruir da tecnologia também para estudar. A nossa biblioteca física já possui um acervo com 70 mil títulos e esse novo investimento potencializa ainda mais a disseminação do conhecimento e incentiva a pesquisa de nossos acadêmicos e docentes”, explica.
A plataforma "Minha Biblioteca" conta com mais de 8 mil títulos em diversas áreas de conhecimento, e suas ferramentas de auxílio, como marcação de texto, citações automáticas, criação de notas e compartilhamento destas com outros usuários, permitem que os usuários tenham total liberdade no manuseio dos livros virtuais. A impressão também é permitida, desde que atenda à legislação de direitos autorais que prevê, por exemplo, a cópia de partes da obra.
Já a base de dados "Evolution da Elsevier", maior editora de literatura médica e científica do mundo, fazendo parte do grupo Reed Elsevier, possui, somente na área médica, 270 títulos sobre anatomia, bioquímica, cardiologia, cirurgia, dermatologia, embriologia, farmacologia, fisiologia, gastroenterologia, genética, entre outras. Há ainda outros 180 títulos que tratam das demais áreas da saúde.
A bibliotecária da Unimar, Andreia Juliani Arimoto explica que ambas as plataformas possuem acessibilidade. “Estamos muito satisfeitos com o novo investimento da nossa Universidade, principalmente por acreditar que essas aquisições vão auxiliar muito os estudantes e professores”, finaliza.
Andreia complementa informando que tanto a plataforma "Minha Biblioteca" quanto a "Elsevier" estão disponíveis para acesso a partir da área do aluno, no site ou aplicativo da Unimar, no Menu “Biblioteca Virtual”. O acesso para o docente poderá ser feito pela área do professor.

Fonte: Marília Notícias


Adultério deixa de ser crime na Índia

O Tribunal Supremo da Índia descriminalizou o adultério no país, ao declarar inconstitucional uma lei do Código Penal, de quase 160 anos, que tratava a mulher como objeto, deixando o marido decidir se as relações sexuais com outro homem eram causa de crime ou não.
A lei em vigência tem consonância com a sociedade indiana, predominantemente patriarcal, na qual existe forte preferência pelos homens, já que perpetuam a linhagem, cuidam dos pais na velhice e lhes asseguram uma renda.
A isso se somam os caros (e ilegais) dotes que as mulheres devem pagar no casamento. Depois que se casam, elas passam a fazer parte da família do marido.
A decisão do Tribunal Supremo foi tomada depois de outra sentença histórica este mês a favor da igualdade, na qual o principal órgão de Justiça declarou inconstitucional outro artigo da época colonial no qual as relações homossexuais eram penalizadas.
A turma composta por cinco juízes e liderada pelo presidente do Supremo, Dipak Misra, declarou que o artigo 497 do Código Penal, que impunha penas de até cinco anos de prisão por adultério  não consentido pelo marido, é inconstitucional.
"Qualquer disposição que trata a mulher com desigualdade não é constitucional", afirmou Misra, que redigiu seu veredito em parceria com mais dos juízes da turma, enquanto os outros três magistrados pronunciaram sentenças individuais, nas quais concordaram com a inconstitucionalidade do artigo.
"Está na hora de dizer que o marido não é dono de sua esposa. A soberania legal de um sexo sobre o outro é errada", ressaltou o presidente do principal órgão de Justiça indiano, que insistiu na "arbitrariedade" do artigo.
Misra afirmou, além disso, em posição contrária àqueles que defendem esta lei como protetora da não dissolução do casamento, que "o adultério poderia não ser a causa de um casamento infeliz, mas o resultado".

Fonte: Agência Brasil


quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Alegando haver poucas datas, Prefeitura cancela realização da Festa das Nações

Convocada pelo secretário municipal de Informação, Comunicação e Eventos, Fábio Bonassa, foi realizada na manhã desta quarta-feira, 26 de setembro, uma reunião na Casa dos Conselhos para informar que a XII Festa das Nações de Garça não será realizada neste ano.
"Em setembro não tivemos como fazer, já que estava marcada a Festa Franciscana. Em outubro, teremos a realização da Festa do Peão. Em novembro houve a coincidência com um grande evento da reforma da Matriz de São Pedro. Em dois finais de semana teremos a realização dos exames do Enem e não queremos atrapalhar os estudantes, já que o som da Concha acaba se propagando e atrapalhando quem está prestando o Exame. Dezembro já é fim de ano e o comércio começa a funcionar à noite", explicou o secretário.
"Além disso, teremos em outubro, no dia 06, a festa da escola Fisk, no dia 12 o evento para o Dia das Crianças do Fundo Social de Solidariedade, dia 14, outra festa para o Dia das Crianças com realização do Léo Clube e no dia 21 o evento do Outubro Rosa, com promoção dos Amigos da Dalvinha e realização de um passeio ciclístico", sustentou o secretário.
Com essas situações, o secretário apontou que a Prefeitura Municipal de Garça, encarregada pela organização do evento, decidiu cancelar a Festa das Nações, já que o objetivo é oferecer uma oportunidade para que os clubes de serviços, igrejas e instituições sem fins lucrativos possam arredar fundos que colaborem com o seu funcionamento.

Fonte: Redação do Garca.Jor


MP abre inquérito para investigar desvio de função na Prefeitura de Marília

O Ministério Público Estadual (MPE) abriu mais um inquérito civil para investigar supostas ilegalidades na Prefeitura de Marília. O caso pode acarretar na acusação de improbidade administrativa contra o prefeito Daniel Alonso (PSDB).
O alvo da apuração são supostos desvios de função nos cargos de motorista da administração municipal, envolvendo dezenas de funcionários. O inquérito pode resultar em uma ação civil pública ou, caso não sejam encontradas irregularidades, o procedimento será arquivado.
A investigação foi aberta após representação feita por aprovados em concurso público da Prefeitura de Marília justamente para cargo de motorista e que aguardam nomeação. Os representantes apresentaram uma lista com dezenas de nomes de pessoas que estariam dirigindo os veículos e máquinas da administração municipal, mas oficialmente ocupariam outros cargos – o que configuraria o desvio.
A representação aponta operadores de máquinas, trabalhadores braçais, serviços gerais, coletores de lixo, marceneiros, eletricistas, pintores, mecânicos, frentistas e auxiliares de escrita atuando como motoristas na Prefeitura.
A suposta irregularidade estaria gerando problemas como o acúmulo de milhares de horas extras e consequente prejuízo ao cofre municipal que paga por isso. Na representação feita ao MPE existem informações sobre profissionais acumulando entre 15 mil e 20 mil horas no banco, o que será verificado no decorrer do inquérito.
A situação, se confirmada, também contraria recomendações feitas pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP). O promotor Oriel da Rocha Queiroz, tutor do patrimônio público, assinou a portaria de instauração do inquérito no último dia 21 de setembro e deu prazo para a administração se manifestar sobre o assunto.
Ouvidos pelo Marília Notícia, os responsáveis pela denúncia reivindicam a nomeação para os cargos em que foram aprovados. Para isso, seria necessária a regularização dos desvios de função. “Eu e mais uns 50 motoristas aprovados no concurso daqui da cidade estamos brigando pelo que é nosso de direito, que é a posse no cargo. Mas existem uns 80 motoristas na Prefeitura que não são [concursados para o cargo de] motoristas”, disse um homem que não quis se identificar com medo de represálias.
“Fizemos uma reunião com o secretário da administração, Ricardo Mustafá. O que ele nos passou, foi que não estão nos chamando porque estão com as finanças apertadas. Mas todos os dias saem no Diário Oficial da cidade alguma contratação. Mas sempre de outros cargos. Enquanto houver desvio de função na Prefeitura, eles nunca vão nos chamar”, reclama.
A reportagem teve acesso a fotocópias de autorizações para condução de veículos da Prefeitura dadas a funcionários que, segundo o Diário Oficial, são nomeados para cargos de carpinteiro e encarregado do setor de alvenaria.
Os concursados dizem ter feito várias denúncias na Corregedoria do Município, mas não obtiveram informações sobre o avanço das apurações internas. O assunto também conta em ao menos um requerimento da Câmara de Marília para a Prefeitura.
A reportagem procurou a administração municipal para comentar as denúncias. No entanto, não houve retorno até o fechamento desta matéria.

Fonte: Marília Notícias


Garça realiza concurso de qualidade de café no próximo mês de outubro

Nos próximos dia 18 e 19 de outubro ocorrerá em Garça o VII Encontro dos Cafeicultores da Região de Garça. O evento tem promoção da Casa da Agricultura de Garça com apoio da Prefeitura Municipal. A programação terá paletras técnicas mostrando as últimas novidades da cafeicultura, exposição de máquinas e implementos e uma novidade: o primeiro Concurso Qualidade do Café da Região de Garça, com promoção da GSCA (Garça Specialty Coffee Association).
As inscrições para o concurso vão até dia 01 de outubro. As amostras serão separadas e enviadas para análise técnica da Ufla (Universidade Federal de Lavras). Não haverá nessas amostras a indicação do produtor, ou seja, a análise será feita "às cegas". As amostras dos dez melhores cafés serão enviadas de volta a Garça e, nos dias do Encontro, haverá um camping com os produtores e uma rodada de negócios entre os interessados.
No dia 18 de outubro, às 19h30, ocorrerá o lançamento oficial do projeto da IG (Indicação Geográfica) dos cafés da região de Garça. Para essa apresentação serão convidados os prefeitos, secretários de agricultura e secretários de desenvolvimento econômico de todos os nove municípios que participam do projeto: Álvaro de Carvalho, Alvinlândia, Fernão, Gália, Garça, Lupércio, Marília, Pirajuí e Vera Cruz. Também devem estar representantes do Sebrae, que é parceiro no projeto, participantes do VII Encontro de Cafeicultores da Região de Garça e os interessados no assunto.

Fonte: Redação do Garca.Jor


Acidente entre Dobló e Van deixa feridos em frente à fábrica da Farinha Deusa

Quatro pessoas ficaram feridas, entre elas uma criança de sete anos, ficaram feridas em dois acidentes ocorridos no final da noite de ontem na rodovia SP-294, em Garça. Os dois veículos envolvidos têm placas de Marília e um deles era uma Van da Prefeitura daquela cidade.
Um Fiat Doblò estava retornando de viagem para Marília e, por motivos que ainda estão sendo apurados, o condutor perdeu o controle, vindo a capotar na altura do quilômetro 418 da rodovia, em frente à fábrica de farinha Deusa.
O Doblò ficou parado no meio da pista, sem sinalização e com um dos ocupantes preso nas ferragens. A Van da Prefeitura de Marília, que vinha logo atrás, para não bater contra o veículo acidentado, conseguiu desviar mas acabou batendo contra a mureta de concreto que divide as pistas.
As vítimas dos acidentes (quatro adultos e uma criança de sete anos) foram socorridas por equipes do Resgate do Corpo de Bombeiros e ambulâncias, sendo socorridas à Unidade de Pronto Atendimento de Garça, uma delas em estado grave. Não há informações oficiais se os feridos estavam nos dois veículos ou somente no Doblò.

Fonte: Visão Notícias


Oficina em Garça nesta quinta-feira aborda a questão das entrevistas em documentários

Nesta quinta-feira, 27 de setembro, das 18h30 às 22h30, será realizada em Garça mais uma Oficina Pontos MIS na Biblioteca Municipal. Ministrada por Bruno Carneiro a oficina tem como tema: “Como Fazer Entrevistas Melhores para Documentários”. A capacitação oferece 20 vagas e os participantes devem ter mais de 16 anos.
Hoje é simples realizar um documentário. Os recursos estão disponíveis e os filmes podem ser exibidos para muita gente via internet. Com toda a força da linguagem audiovisual, documentários são caminhos para compreender aquilo que é diferente, para conhecer outros pontos de vista, para manter a atenção e o respeito à diversidade da vida. Entrevistas são a base da maioria dos documentários. Portanto saber entrevistar é essencial para realizar filmes significativos. Para os espectadores, pode parecer fácil realizá-las. Mas existem conhecimentos que, se aplicados com sensibilidade, transformam uma entrevista em algo especial. O objetivo desta oficina é ensinar e praticar esses conhecimentos.
As inscrições estão abertas e informações adicionais podem ser obtidas através do telefone 3471 1616.

Fonte: Redação do Garca.Jor


Jovem achada carbonizada em Assis foi morta por ciúmes, aponta polícia

A Polícia Civil de Assis concluiu nesta terça-feira, 25 de setembro, o inquérito sobre o assassinato de Fabiana Martins, de 16 anos, cujo corpo parcialmente queimado foi encontrado no dia 23 de julho em uma estrada da zona rural da cidade.
Quatro suspeitos, dois homens e duas mulheres, já estão presos pelo crime. Três deles foram detidos quatro dias após o crime. O quarto suspeito, um mototaxista, foi preso em 23 de agosto.
Segundo as investigações da Polícia Civil, a motivação do crime teria sido o ciúme de uma das mulheres em relação a seu namorado.
A mulher e o namorado negaram o crime, mas mesmo assim as prisões temporárias dos investigados foram convertidas em preventivas, e todos permanecem à disposição da Justiça.
O laudo do exame de corpo de delito comprovou que as queimaduras no corpo da jovem ocorreram após a morte da vítima, causada por asfixia mecânica e esganadura. A vítima foi identificada pelo padrasto por meio de uma tatuagem no braço e uma pulseira.
Durante a investigação, policiais constataram que um dos suspeitos mentiu no depoimento e foi um dos últimos, juntamente com o mototaxista, a manter contato com a vítima.
O inquérito apontou ainda que próximo ao local onde o corpo de Fabiana foi achado também foi localizado um carro igual ao utilizado pelo mototaxista. Dentro do porta-malas foram encontrados fios de cabelo e uma mancha no carpete.

Fonte: G1


Prêmio de Ideias e Negócios de Garça: inscrições prosseguem até o dia 12 de outubro

Entra na reta final o prazo para que os interessados em participar do “1.º Prêmio de Ideias e Negócios de Garça – Olga Kazue Takazaki Lourenço” façam as suas inscrições. Visando o empreendedorismo, a geração de empregos, o progresso a Associação Comercial e Industrial de Garça (Acig) lançou o desafio para que os empreendedores da cidade apresentassem suas ideias. O trabalho conta com o com o apoio do Sebrae (escritório de Marília) e Ciesp (Centro das Indústria do Estado de São Paulo) e o prazo de inscrições termina no próximo dia 12 de outubro.
Conforme informou o gerente da Acig, Fábio Dias, o prêmio já contabiliza alguns inscrições e o número vem ao encontro das expectativas, mas ainda há tempo para que outros empreendedores se aventurem e inscrevam seus projetos.
“Até a semana passada tínhamos o registro de 15 inscrições. Muitos podem até achar que é pouco, mas não é. Temos que pensar que são projetos que envolve ações empreendedoras e, em muitos casos, os sonhos de seus autores.”, falou o gerente lembrando que muitas pessoas têm o desejo de iniciar um negócio e, guardam para si, seus projetos, seus sonhos.
O “1.º Prêmio de Ideias e Negócios de Garça – Olga Kazue Takazaki Lourenço”, além de promover a geração de emprego, o empreendedorismo, visa também despertar empreendedores do município. O objetivo é selecionar projetos de base tecnológica ou ideias que possam se transformar em empreendimentos.
“Esse foi o primeiro passo para despertar o interesse da população. Contamos, e muito, com o apoio do Sebrae e do Ciesp. É muito importante que as pessoas ganhem coragem e se inscrevam, pois além do prêmio financeiro o projeto premiado será implantado no município. Queremos motivar o cidadão garcense com perfis de empreendedores, sejam eles estudantes, universitários, profissionais autônomos. Cidadãos que demonstrem inciativa empreendedora para organizar suas ideias e produtos em um plano de negócios”, frisou ele.
Por isso, Dias salienta que mais que selecionar projetos ou ideias que possam ser transformadas em empreendimentos para desenvolvimento e comercialização de serviços ou produtos, o concurso visa ainda as vagas de emprego na cidade, estimular a cultura do empreendedorismo e a inovação, e a contribuição para a criação de novas empresas.
Conforme lembrou o gerente, até o final do prazo de inscrição a expectativa é recebe mais projetos e o ponto interessante será interessante investigar e identificar os pontos que venham contribuir para o desenvolvimento consistente, e de forma dinâmica, não só do comércio, mas também da indústria de Garça.
Para participar do concurso e concorrer ao “1.º Prêmio de Ideias e Negócios de Garça – Olga Kazue Takazaki Lourenço”, a principal condição é que o inscrito seja garcense, morador em Garça, mas também pode se associar a outros empreendedores de fora, desde que o assinante do trabalho seja da cidade.
O vencedor, primeiro colocado, ganhará um prêmio de 5 mil reais e certificado, já para o segundo colocado a premiação será de 3 mil reais e o terceiro colocado ganhará 2 mil reais. As inscrições são gratuitas e vão até o dia 12 de outubro. Elas devem ser feitas exclusivamente pela internet no endereço www.garcaonline.com.br/premio. Na mesma página os interessados terão acesso ao regulamento do concurso. Os projetos pré-selecionados serão apresentados a uma Banca Avaliadora na Acig entre os dias 15 a 19 de outubro.
“Aqueles que forem aprovados pela Banca Avaliadora serão convidados a participar do workshop para Elaboração de Planos de Negócios na Incubadora de Empresas de Garça, entre os dias 22 a 31 de outubro”, disse Dias.
O vencedor terá direito de desenvolver seu projeto em um espaço na incubadora de Empresas, mas se ele, por algum motivo não quiser, o projeto ficará à disposição para que qualquer outro investidor de Garça o coloque em prática.
Outras informações sobre o Prêmio podem ser obtidas na Associação Comercial e Industrial de Garça, à avenida Rafael Paes de Barros, 347.

Fonte: Redação do Garca.Jor


Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio de R$ 2,5 milhões

A Mega-Sena pode pagar hoje, 26 de setembro, um prêmio de R$ 2,5 milhões para o apostador que acertar sozinho as seis dezenas do concurso 2.082.
O sorteio está marcado para as 20h (horário de Brasília) no Caminhão da Sorte estacionado na cidade de Palmas, no Paraná.
Os apostadores podem fazer os seus jogos até as 19h (de Brasília), em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa em todo o país. A aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 3,50.

Fonte: Agência Brasil


Mais de 4 mil pessoas perderam o emprego em Tupã neste ano

O município de Tupã contratou 4.329 funcionários e demitiu 4,2 mil entre os meses de janeiro a agosto deste ano, segundo os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). O saldo positivo de 11 empregos registrados no mês de agosto ajudou o município a manter o saldo de 129 empregos criados, nos oito meses deste ano.
As demissões realizadas pelo mercado de trabalho tupãense aumentaram em 15,13% nos oito meses deste ano, na comparação com igual período do ano passado.
Segundo os dados do Caged, 3.648 funcionários foram demitidos de suas funções entre os meses de janeiro a agosto de 2017. No mesmo período deste ano, o mercado de trabalho formal desligou 4,2 mil trabalhadores de seus setores da economia.
As contratações apresentaram aumento de 10,49% no período analisado. Nos oito meses de 2017, foram contratados 3.918 trabalhadores em Tupã. No mesmo período deste ano, 4.329 funcionários foram admitidos por empresas do município.
Em relação ao mês de agosto do ano passado, o número de contratações no mercado de trabalho formal aumentou 6,63% neste ano, em relação ao igual mês do ano passado.
No mês de agosto de 2017, 437 funcionários foram admitidos pelo mercado de trabalho formal tupãense. No mês passado, 466 funcionários foram contratados em Tupã.
As demissões apresentaram alta de 14,32% na comparação dos dois meses.
No mês de agosto de 2017, foram demitidos 398 trabalhadores em Tupã. No mês passado, o Caged registrou 455 demissões no município.

Fonte: Diário de Tupã


terça-feira, 25 de setembro de 2018

Empresa de Duartina é investigada em operação envolvendo cervejaria Proibida

Uma operação da Secretaria Estadual da Fazenda, deflagrada na manhã desta terça-feira, 25 de setembro, está investigando um suposto esquema usado por empresas do setor cervejeiro, que pode ter causado prejuízo em torno de R$ 100 milhões pelo não recolhimento de ICMS, imposto sobre circulação de mercadorias e serviços
Empresas de três cidades da região de Bauru estão sendo investigadas durante a operação Happy Hour, entre elas, Duartina, São Manuel e Botucatu. Os fiscais foram até os endereços das empresas investigadas para analisar a documentação de operações comerciais que são alvos da investigação.
De acordo com as informações declaradas em notas fiscais das empresas e também com o cruzamento de dados, os agentes fiscais identificaram problemas na circulação da mercadoria com relação ao que era indicado nos documentos.
A suspeita é de que, para driblar o pagamento dos tributos sobre a circulação real do produto, as empresas envolvidas estejam simulando operações de venda, e também de devolução, juntamente com empresas transportadoras e até exportadoras de mercadoria.
Ao todo, são quatro empresas da região investigadas na operação. Uma delas é um estabelecimento atacadista em Duartina, no entanto, de acordo com a Secretaria da Fazenda, o local serve apenas de fachada e não há nada dentro do imóvel.
Uma das empresas investigadas fica em São Manuel. Na cervejaria, duas marcas são envazadas e a investigada é a fabricante da cerveja Proibida. De acordo com as investigações, o grupo simulava vendas para supostas empresas exportadoras em outros estados e simulava também operações de devoluções de vendas para anular impostos.
Segundo a procuradoria geral do estado, a fabricante da cerveja Proibida deve ao estado de São Paulo R$ 30 milhões em impostos declarados e não pagos.
De acordo com o delegado regional tributário de Bauru, Cléber Stefani, cerca de 36% das vendas eram tidas como "devolução".
"Ao cruzar os dados da Secretaria da Fazenda, nós percebemos que é um volume muito incomum de mercadorias devolvidas, cerca de 36%. Uma das hipóteses envolve a simulação de operações interestaduais, tanto para outros fabricantes, como para empresas transportadoras. Além disso, há também a devolução fictícia de mercadorias", explica.
Ainda, há duas empresas transportadoras de Botucatu que prestam serviços para a fabricante da cerveja Proibida.
Segundo informações da Secretaria da Fazenda, já foram expedidos autos de infração para as quatro empresas, totalizando mais de R$ 25 milhões.
A operação Happy Hour contou com 60 agentes fiscais de nove Delegacias Regionais Tributárias. A ação tem o apoio da Divisão de Crimes contra a Fazenda do Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC) e de membros do Grupo de Atuação Especial para Recuperação Fiscal (Gaerfis) da Procuradoria Geral do Estado (PGE).
Os fiscais apreenderam documentos e computadores em 23 empresas do grupo da cervejaria Proibida, que participariam de um esquema em São Paulo, nas cidades de São Gonçalo e Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, e na cidade de Simões Filho, na Bahia.

Fonte: G1


PM prende idosa de 74 anos por furto de celular em Lucélia

Uma idosa de 74 anos foi presa por policiais militares na noite desta terça-feira, 18 de setembro, acusada de furtar celular de uma adolescente de 11 anos em uma igreja em Lucélia.
Segundo a Polícia Militar, a adolescente esqueceu o aparelho sobre o banco, no interior da Igreja Matriz da Sagrada Família, e a idosa teria pegado o aparelho. Através do sistema de videomonitoramento da igreja, os policiais confirmaram as características da senhora.
Os policiais realizaram várias diligências pela cidade, porém não conseguiram localiza-la. Após o término do serviço, um policial de folga, no trajeto para sua residência, identificou duas suspeitas no interior de uma loja de revenda de veículos.
As idosas eram mãe e filha, a mais velha foi questionada e informou que teria encontrado o aparelho e iria devolver posteriormente na seção de achados e perdidos da agência dos correios.
Os militares realizaram uma diligência até a casa da acusada, onde ela apresentou o celular ainda com o chip. Diante dos fatos, os policiais deram voz de prisão à idosa pelo crime de furto. Ela permaneceu presa e está à disposição da Justiça.

Fonte: Marília Notícias




XI Encontro de Carreiras Jurídicas acontece nesta quarta-feira em Marília

O Univem (Centro Universitário Eurípides de Marília), por meio do Projeto de Cidadania Proativa e Direito - ProAto, realiza nesta quarta-feira, 26 de setembro, as 19h30, no Salão Nobre da instituição, o XI Encontro de Carreiras Jurídicas com a presença de promotores, juízes, procuradores, delegados e demais profissionais da área do Direito. O evento é gratuito e aberto a alunos do curso de Direito, ensino médio, universitários e comunidade em geral.
Segundo a coordenadora do ProAto, Prof.ª Daniela Marinho, o objetivo é propiciar aos alunos do curso de Direito o contato com os profissionais que se destacam na área jurídica para que possam conhecer e escolher a carreira que irão trilhar no futuro. Do mesmo modo, oferece, aos alunos do ensino médio, a oportunidade de compreender os diversos caminhos e possibilidades da profissão, conhecer os pontos mais importantes, os prós, os contras e tirar dúvidas sobre cada uma das várias vertentes do Direito.
Segundo a ela, o encontro é uma oportunidade que ajuda os jovens no processo de escolha. “Para muitos, esse é um momento de dúvida. O evento vem ajudá-los a entender melhor a diversidade da área jurídica e a pensar sobre seu futuro”, disse.
Participam do XI Encontro de Carreiras Jurídicas: a defensora pública, Andréa Lima; o advogado corporativo - chefe departamento jurídico do grupo Jacto, Roger Pampana Nicolau; o Promotor de Justiça e docente do Univem, Gustavo Cordeiro; o Juiz de Direito, Guilherme Fachini e a delegada de polícia, Darlene Rocha.
Durante o encontro os profissionais farão uma breve apresentação sobre a carreira e a importância da escolha de um curso de excelência para o sucesso no mercado. O evento contará ainda com a apresentação do grupo Pro-Ato.
As inscrições para o XI Encontro de Carreiras Jurídicas podem ser feitas pelo site www.univem.edu.br.  Informações pelo telefone (14) 2105 0824.

Fonte: Visão Notícias


Câmara de Marília rejeita pedido de CPI contra Mário Coraini

A Câmara de Vereadores de Marília rejeitou nesta segunda-feira, 24 de setembro, por unanimidade, a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) contra o vereador Mário Coraíni (PTB).
O petebista transformou-se em alvo de um pedido de cassação após se exaltar na sessão do último dia 10 com as vaias de alguns manifestantes e mandá-los “enfiar seus votos no rabo”.
O pedido de investigação foi feito pelo ex-vereador Roberto Monteiro, que acompanhava a sessão no plenário da Câmara, que entendeu que o parlamentar cometeu quebra de decoro ao ofender os manifestantes que estavam na galeria. Durante seu discurso Coraíni falou: "Não estou aqui à procura de voto. Não quero voto de ninguém, tá? Enfiem no rabo".
Na sessão desta segunda-feira, o requerimento elaborado pelo ex-vereador foi lido logo no começo da sessão. Não houve discussão a respeito do caso e todos os vereadores votaram contra a abertura de investigação.

Fonte: G1


Fiscalização municipal realiza ação junto a empresas do comércio garcense

O Departamento de Fiscalização Municipal realiza anualmente uma revisão em toda parte de documentação nas empresas municipais.
O objetivo é verificar se todas as empresas estão com a documentação regulamentada junto ao município e outros órgãos. Segundo o divulgado, o objetivo da visita não é multar e sim orientar e notificar quando existe uma irregularidade. O trabalho de revisão já está acontecendo com os fiscais visitando todas as empresas do município, sendo elas do ramo comercial ou industrial.
Se o proprietário quiser, pode procurar o Departamento de Fiscalização, instalado à avenida Rafael Paes de Barros, 129, ao lado dos Correios, das 08 às 11 horas e das 13 às 16 horas. Informações pelo fone 3407 6614.

Fonte: Redação do Garca.Jor


Sindicatos da Argentina fazem greve geral contra acordo com o FMI

As principais centrais sindicais da Argentina realizam nesta terça-feira, 25 de setembro, a quarta greve geral contra o presidente Mauricio Macri, no mesmo dia em que ele discusará na 73ª Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova Iorque.
Macri aproveitou a viagem aos Estados Unidos para assegurar aos mercados que conseguirá renegociar o acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI), fechado em junho, e que não há risco de o país decretar moratória da dívida externa, como em 2001.
A greve – que paralisará transportes públicos, aeroportos e bancos – foi convocada contra as medidas de ajuste econômico, que o presidente se viu obrigado a adotar para obter uma linha de credito de US$ 50 bilhões do FMI.
Desse total, US$ 15 bilhões já foram utilizados para conter a corrida cambial de maio. O resto seria liberado a cada três meses, sempre e quando a Argentina cumprisse as metas acordadas – e que agora estão sendo revistas.
O ministro da Economia argentino, Nicolas Dujovne, prometeu zerar o déficit público no próximo ano em troca da antecipação dos desembolsos previstos para 2020 e 2021. O pedido de renegociação foi feito depois de a Argentina sofrer uma segunda corrida cambial em agosto, que o governo atribuiu à desconfiança dos mercados em sua capacidade de honrar seus compromissos em 2019.
Horas antes no início da greve geral, milhares representantes de movimentos sociais, partidos de oposição e da Central de Trabalhadores da Argentina (CTA) marcharam ontem (24) até a Praça de Maio, no centro da capital, Buenos Aires.
“Amanhã (terça-feira) vamos mostrar ao mundo a foto de um país que diz não. Não ao FMI.  Não ao orçamento do FMI. E não às demissões”, disse o deputado e líder da CTA, Hugo Yasky, no ato de encerramento da manifestação, em frente ao palácio presidencial. Os manifestantes prometeram ocupar as ruas até convencer o governo a voltar atrás. 
O governo depende do Congresso, onde não tem maioria, para aprovar o orçamento de 2019, que prevê cortes nos gastos públicos – justamente em ano de eleição presidencial.
Macri disse que é candidato a um segundo mandato e que não mudará o rumo da política econômica, apesar de estar pagando um alto preço político. Desde o início do ano, o peso argentino perdeu metade de seu valor; a inflação prevista para 2018 é de 42%; e o país está em recessão.
O governo argentino atribuiu a crise a fatores que escapam do seu controle, entre eles, a pior seca em 50 anos e a guerra comercial entre Estados Unidos e China. Mas, segundo Macri, o pior já passou e a economia deve voltar a crescer no segundo semestre.
O ministro da Produção, Dante Sica, considerou a greve geral “inoportuna” e disse que o governo continuará negociando com a oposição para conseguir um consenso.

Fonte: Agência Brasil


Polícia Civil e Promotoria apuram desfalque na Câmara de Iacanga

A Polícia Civil e o Ministério Público (MP) apuram o desvio de valores supostamente destinados a adiantamentos de viagens de parlamentares de Iacanga. Durante fiscalização, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) constatou que recursos empenhados em 2017 para esta finalidade não foram utilizados e acabaram sendo "devolvidos" posteriormente com recursos da própria Casa de Leis. O suspeito do desfalque é um servidor da Câmara que afastou-se do trabalho por problemas de saúde assim que as supostas irregularidades foram descobertas.
O pedido de abertura de inquérito policial para a apuração de eventual crime foi feito na semana passada à Polícia Civil pelo presidente do Legislativo em exercício na ocasião, Dorival Lupiano de Assis (PR). Segundo ele, após auditoria feita em junho, técnicos do TCE deram prazo de 20 dias à Câmara para que justificasse irregularidades em adiantamentos de viagens concedidos em abril, junho, julho e agosto do ano passado, no total de pouco mais de R$ 43 mil. "Nenhum deles tinha a devida comprovação", diz.
A notificação do TCE foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) em agosto, mas o Legislativo só soube dos apontamentos neste mês. De acordo com Assis, contador concursado da Casa desde 2014, Robertson de Sá Gallo, suspeito dos desvios, teria concentrado o recebimento dos e-mails de empresa de assessoria em seu nome. "Em meados de junho, julho do ano passado, esse funcionário entrou em contato com a empresa e excluiu algumas pessoas de interesse para receber essas publicações", conta.
Ainda segundo o vereador, quando o servidor soube que a Câmara havia tomado conhecimento da notificação do TCE, ele apresentou atestados médicos sequenciais e pediu afastamento por problemas de saúde. Após apuração interna, Assis revela que, além do desvio de R$ 43 mil apurado em 2017, valor posteriormente "devolvido" aos cofres da Casa, foi constatado neste ano o "sumiço" de cerca de R$ 70 mil. "Ele estava devolvendo esse dinheiro (desviado) com próprio dinheiro da Câmara", diz. "Nós descobrimos que, no duodécimo da Câmara de 2017, ele devolveu (à prefeitura) R$ 40 mil a menos".
Na delegacia de Iacanga, foi instaurado inquérito para apuração de eventual crime de peculato (desvio de dinheiro público). Além disso, a Polícia Civil irá investigar suposta falsificação de documento já que, nos cheques dos adiantamentos, constam as assinaturas do contador e da presidente da Casa, Mariene dos Santos Alvares Boiani (PSB). Procurada pela reportagem, ela informou que encaminhou representação ao MP e ao Conselho Regional de Contabilidade (CRC) para a apuração dos fatos.
O assessor jurídico da Câmara, Giovani Gomes de Moraes, conta que conseguiu um prazo maior para prestar as informações ao TCE sobre os apontamentos feitos. Segundo ele, o Legislativo irá instaurar procedimento disciplinar para apurar a conduta do servidor. O JC telefonou para o celular de Gallo e deixou recado em sua caixa postal, mas não houve retorno até o fechamento desta edição.

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru


Campanha em Tupã busca conscientizar motoristas a parar para pedestres na faixa

A Prefeitura de Tupã, por meio da Secretaria Municipal de Educação, lançou nesta segunda-feira, 24 de setembro, mais uma edição da Campanha "Pé na Faixa, Pé no Freio”, em parceria com as Secretarias Municipais de Obras e Trânsito, Tiro de Guerra de Tupã, Policia Militar de Tupã e a empresa Centro Norte Sinalização Viária.
A cerimônia contou com a presença dos secretários Mauro Guerra, Claudio Zopolato, Ruy Oshiro (Finanças), Marco Pinheiro (Esporte), Brenda Alves (Planejamento), Leusia Romano (Assistência Social), Lucas Godoy (secretário interino de Cultura), Marcos André (Juventude) e Célio Oliveira representando o secretário de Obras e Trânsito Renan Pontelli. Além da presença dos vereadores Antônio Carlos Meireles, Capitão Neves, autoridades da Polícia Militar, Tiro de Guerra, Faculdades de Tupã, Conselho Municipal da Educação e o representante da empresa Centro Norte, Saulo Ferrão, parceiro da campanha.
Segundo o secretário Municipal de Educação, Mauro Guerra, o objetivo da campanha é estimular o respeito mútuo entre os pedestres e condutores e mostrar que é possível contribuir com a segurança quando cada um faz a sua parte.
"É com grande alegria que novamente estamos lançando mais uma edição da campanha, que conta com diversos parceiros. Esse ano queremos inovar, superando o sucesso da campanha do ano passado, que fez parte da programação da semana Nacional de Trânsito. Essa campanha envolverá cerca de 4 mil crianças, com idade entre 0 a 11 anos, e visa promover conhecimento, aquisição de valores, princípios e respeito no trânsito”, comentou.
De acordo com Guerra, a campanha será realizada por meio de bloqueios em avenidas movimentadas da cidade, onde os motoristas serão alertados da necessidade em parar o seu veículo quando um pedestre adentra a faixa para atravessar a rua.
"Como fator de ensino, as crianças das escolas municipais irão participar efetivamente desta campanha, com objetivo de ensinar as crianças, futuros motoristas, a maneira correta de conduzir um veículo e de como se comportar no trânsito, além de que elas possam auxiliar e cobrar dos pais e familiares a forma correta de dirigir com segurança e principalmente com respeito ao pedestre.
O secretário explicou ainda a programação da campanha "Pé na faixa, Pé no freio” e falou da importância da campanha. "Unindo forças nós podemos fazer muito mais pelo nosso trânsito e é por isso que estamos nos dedicando para que esse ano consigamos atingir o máximo de pessoas com as ações. Estaremos realizando panfletagem, bloqueios com a presença de parceiros e alunos com o objetivo de conscientizar os condutores da importância de se respeitar os pedestres. Tudo isso e muito mais para incentivar os condutores a respeitarem o trânsito e os pedestres e vice e versa. Essas ações terão início já nesta terça (25) com a realização de um bloqueio de conscientização com alunos da Paula Souza e da rede municipal de educação. A paralisação será entre a Tamoios com a coroados”, completou.
Para finalizar, Guerra ainda agradeceu o apoio das demais Secretarias participantes, do Poder Legislativo, dos parceiros e também da empresa Centro Norte Sinalização Viária, pela participação efetiva na campanha.
"Desde já gostaria de agradecer o apoio das Secretarias Municipais de Planejamento e Cultura, dos professores, agentes de trânsito e do Tiro de Guerra de Tupã, que também faz um trabalho lindo com os atiradores mirins. Agradeço também o apoio da Polícia Militar de Tupã, sempre parceiros das campanhas e projetos da Prefeitura, e a empresa Centro Norte Sinalização Viária, com quem contamos desde o início desse projeto e é um grande parceiro. Quero ainda agradecer a parcerias das Faculdades Faccat, Faculdades Fadap, Universidade Brasil, Escola Paula Souza, Instituto Federal e o Conselho Municipal de Educação. Fico muito honrado por novamente realizar essa campanha e também pela confiança do prefeito Ricardo, do vice Caio e dos vereadores que estão nos apoiando”, concluiu.
Segundo representante da empresa de Sinalização Centro Norte, Saulo Ferrão, a campanha tem como objetivo educar o cidadão para um trânsito melhor e mais seguro.
"Sempre foi um sonho nosso fazer algo na Semana do Trânsito para educar a sociedade e fazer com que Tupã seja segura. Desde o ano passado estamos com essa campanha, que foi um grande sucesso, e esperamos superar esse sucesso junto com a Secretaria de Educação e parceiros. É de grande importância campanhas como essas porque nos fazem refletir sobre o direito de cada um, seja motorista ou pedestre. Gostaria de agradecer o secretário Mauro por desde o início acreditar nesta ideia e o prefeito Ricardo Raymundo e o vice Caio Aoqui, por apoiarem e acolherem essa campanha”, disse.
Representando a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros de Tupã, o Cabo Fábio Luis, falou sobre a importância das ações preventivas no trânsito e ainda ressaltou que muitos acidentes podem ser evitados com a educação no trânsito.
"Gostaria de parabenizar a Prefeitura, a Secretaria de Educação e a todos os parceiros, entre esses a empresa Centro Norte Sinalização Viária, por novamente apoiar um assunto tão importante como a educação de trânsito. A preocupação com relação à segurança no trânsito deve ser constante na vida do cidadão. Precisamos resgatar a consciência de toda população, porque o trânsito tem tirado a vida de muitos tupãenses, então a preocupação não deve ser apenas das autoridades, mas também dos condutores que ao adentrar o veículo ou subir na moto, deve ter consciência de que ali vai estar a vida dele e que ele está sujeito a se envolver em acidente e ele pode se machucar ou machucar alguém. A Polícia Militar estará participando e acreditamos em resultados positivos, já que o objetivo é transmitir conhecimento e tudo aquilo que vier para colaborar com uma segurança no trânsito da sociedade”, comentou.

Fonte: Redação do Garca.Jor


segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Homem armado invade agência bancária e rouba clientes em Marília

Um homem armado e encapuzado assaltou uma agência bancária na Rua Paraná, em Marília, na noite de domingo, 23 de setembro.
Segundo informações do boletim de ocorrência, o suspeito estava com uma máscara e obrigou três pessoas que estavam no local a entregar o dinheiro que estavam sacando, além de documentos pessoais, celulares e um cheque no valor de R$ 580.
Ele conseguiu fugir da agência e, até o momento, não foi localizado pela polícia.
Em nota, a Caixa Econômica Federal esclareceu que está colaborando integralmente com as investigações. Informou também que, por procedimento padrão do banco, as imagens do circuito interno são cedidas exclusivamente à autoridade policial responsável.

Fonte: G1


Confira os resultados dos jogos do final de semana do suíço e master de Garça

Os campeonatos do futebol master e suíço tiveram rodadas completas ao longo do último final de semana. Confira os resultados e a classificação atualizada das competições:

Futebol suíço master - Semifinal (jogos de volta) - Sábado, 22 de setembro

Aliança* 4 x Internacional 0
Salec* 2 x Dinos 3 (prorrogação 0 x 0)
*classificados para as finais

Futebol suíço - Quartas de final (jogos de ida) - Domingo, 23 de setembro

São Lucas 1 x Arte Elétrica 2
Vimec 1 x Flamengo 0
Kosminho 0 x Os Pior 1
Dinos 1 x Levi's 5

Fonte: Redação do Garca.Jor


Acig prepara ação no Centro voltada para comemoração do Dia das Crianças

Mais um Dia das Crianças se aproxima e o comércio de Garça já se prepara com foco em alavancar as vendas e oferecer boas oportunidades de compras ao consumidor de toda a região. Segundo a Acig (Associação Comercial e Industrial de Garça), a data comemorada em 12 de outubro não é uma das maiores propulsoras de vendas, como o Dia das Mães ou Natal, mas é considerada um momento importante para o comércio.
"Muitos acham que esse dia não está entre os principais, mas se formos analisar ele é importante, sim. Hoje em dia o público infantil tem uma gama maior de produtos voltados para ele e as crianças, em sua maioria, acabam por influenciar na escolha dos pais", observou Fábio Dias, gerente da Associação.
O perfil dos presentes também passou por uma mudança, sendo que os itens que eram comuns no passado hoje concorrem com produtos diferenciados, principalmente na área tecnológica.
"Antes, ao falarmos em crianças, logo se pensava nos brinquedos que elas gostam de ganhar e nas roupas que os pais gostam que elas ganhem. Hoje essa realidade mudou. A tecnologia também se faz presente no universo infantil e abre um leque de possibilidades, bem como o setor de alimentos, como doces ou bombons. O comerciante só precisa fazer a diferença", indicou Dias.
O gerente lembrou que, a exemplo do ano passado, a Acig está preparando um momento de festa e descontração para marcar a data. Essa ação deverá ser desenvolvida no dia 11 de outubro (véspera de feriado), quando o comércio ficará com as portas abertas das 09 às 22 horas. No dia 12 de outubro, as lojas do comércio local estarão com as portas fechadas.
O quarteirão dois da rua Carlos Ferrari será novamente fechado no dia 11, a partir das 18 horas, para a diversão das crianças. Serão instalados no local brinquedos como pula-pula, tobogã inflável, piscina de bolinhas, assim como haverá a distribuição de pipoca e algodão doce.
“Também teremos alguns personagens infantis circulando pelo Centro e interagindo com as crianças, como fizemos no ano passado”, disse o gerente.

Fonte: Jornal Debate


Prefeitura de Garça anuncia reestruturação dos serviços de saúde do município

A Prefeitura de Garça decidiu efetuar uma mudança radical na gestão do setor de saúde do município. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, 20 de setembro, o prefeito João Carlos dos Santos (DEM) apresentou uma série de ações que serão implementadas ao longo das próximas semanas, num processo de privatização desse segmento, modificando as formas de gerenciamento desde as atividades básicas até os serviços de maior complexidade.
Segundo o prefeito, essas adequações estão sendo pensadas há vários meses e foram tomadas diante de um quadro amplo, no qual existia a necessidade do apoio ao Hospital São Lucas, o cumprimento de um Termo de Ajustamento de Conduta junto ao Ministério Público para a gradativa contratação (pelo município) de funcionários do setor da saúde, entre outras questões. Assim, se buscou uma reestruturação para atender os diversos segmentos da saúde, modificando o padrão de terceirização, já que esse tipo de atividade no município já era efetuado por privados (São Lucas e Caminho de Damasco).
"Dividimos em três blocos. O primeiro de atenção básica, com as 12 unidades de saúde com as 14 equipes, o Centro de Especialidade Odontológica, as quatro residências terapêuticas e o Núcleo de Atenção de Saúde da Família. Esses serviços todos estarão dentro de um único termo de colaboração que pretendemos colocar em pé a partir de outubro ou novembro, com esses serviços ficando sob a gestão de uma única entidade. O outro bloco, de média complexidade, são os serviços que englobam UPA, fisioterapia, Centro de Especialidades Médicas, Caps 1, Caps AD, o futuro Samu e também o serviço de atendimento domiciliar. Fora isso fica o Hospital. O decreto de intervenção, dentro de alguns dias, fica revogado e a intervenção termina", disse.
Dentro desse processo, o município vai privatizar o serviço de atenção básica para uma entidade, que será o Caminho de Damasco, que hoje já oferta seus serviços para o município. A média complexidade e o serviço do Hospital São Lucas, por sua vez, por meio de uma compactuação, vai ser gerida por uma empresa a ser contratada. Segundo o prefeito, há três empresas pleiteando assumir o serviço e o conselho da Santa Casa de Misericórdia será o responsável por decidir qual delas irá passar a desenvolver o serviço, sendo que a Prefeitura posteriormente assinará com tal empresa um termo de colaboração.
"A atenção básica será gerida pela Sociedade Beneficente Caminho de Damasco, só que num formato de gestão integral, com termo de colaboração, metas qualitativas e quantitativas. Os serviços de média e hospitalar estão sendo organizados dentro dos âmbitos da Irmandade. Porém, a impossibilidade econômica e financeira da Irmandade para sustentar esses serviços e fazer frente à quitação de débitos anteriores se torna impossível. Para isso, a diretoria do hospital já vem trabalhando nos últimos meses no sentido de fazer parcerias com outras instituições, entidades ou empresas que possam fazer gestão efetiva dos serviços hospitalares e dos serviços de média complexidade. A Irmandade não deixa de existir, ela só não terá mais a operacionalidade dos serviços de saúde", indicou Santos.
Para o prefeito, as alterações se darão em nível gerencial, ao passo que para a população não serão notadas mudanças mais efetivas. "A população continua com o mesmo patamar de serviço, com o grande objetivo de melhorar a eficiência e a qualidade do serviço prestado", ressaltou.
Diante das mudanças, o bloco de atenção básica terá uma mudança efetiva quanto à Farmácia Municipal. Ela passará a ser centralizada, informatizada, deixando os postos de saúde de contar com suas próprias farmácias, ante a dificuldade de cumprir a legislação de que cada farmácia deveria contar com um profissional farmacêutico. Outra mudança é quanto à unidade Glenda Rodella (voltada para moradores da zona rural), que passará a atender em um prédio no antigo Hospital Samaritano. A Unidade Dr. Barros, por sua vez, ocupará o prédio hoje ocupado pela unidade Glenda. A Secretaria da Saúde passa a ocupar uma área onde hoje funciona a unidade Dr. Barros, local que também passará a contar com o estacionamento das ambulâncias.

Trabalhadores — Com a mudança, os contratos de trabalho com os profissionais que atuam na saúde e que são vinculados à Irmandade serão rescindidos. O novo gestor, por sua vez, efetuará a recontratação de todos esses colaboradores. Os passivos trabalhistas, segundo o prefeito, serão respeitados, dentro de um acordo coletivo homologado pela Justiça. "É natural que nesse momento não adianta se falar que vai parcelar e pagar em dinheiro. A Irmandade tem patrimônio e tem liquidez e que pode fazer frente a todas as responsabilidades assumidas por meio desse acordo coletivo que respeita o direito das pessoas", disse.
Com a reestruturação, acredita Santos, a grande maioria dos postos de trabalho será preservada. Os profissionais que vão migrar — da Irmandade para a empresa escolhida — terão a garantia de emprego pelo prazo de 180 dias. Ao longo desse período, serão avaliados por desempenho, assiduidade e comprometimento.
"Se a partir dos 180 dias a instituição julgar conveniente substituir alguém por falta de desempenho, assiduidade ou algo semelhante, ela vai contratar outra pessoa com a mesma remuneração para desempenhar a função. Aí, a gestão não tem mais a mão da Prefeitura", explicou Santos, que indicou que cerca de 35 servidores municipais concursados que hoje atuam na média complexidade vão ser "cedidos" para a empresa, sendo que tais profissionais seguirão as normas de trabalho da empresa. Já os agentes de saúde e de endemias também serão "cedidos", sendo pagos pelo município, mas com a gestão do terceiro.
Quanto ao financiamento do processo, Santos indicou que essa reestruturação não deverá significar uma economia para os cofres municipais no que se refere ao trabalho de saúde, mas também não se pensa em valores mais altos. Ele indicou que em 2017 foram gastos 27% do orçamento com o setor (cerca de R$ 30 milhões) e que, com a mudança, o que se quer é continuar desembolsando um valor próximo a esse, mas com maior qualidade e eficiência nos serviços.

Fonte: Jornal Debate


De novo: várias regiões da cidade podem ficar sem água até quarta-feira

O Saae (Serviço Autônomo de Águas e Esgotos) de Garça divulgou em seu site que hoje, amanhã e quarta-feira, 24, 25 e 26 de setembro, podem ter novamente torneiras secas. Em razão das obras de melhorias no abastecimento de água o garcense tem passado pela falta de água a maior parte do dia.
O Saae realiza a interligação da nova rede de água no centro da cidade, visando melhorias na qualidade do abastecimento de água da cidade. Assim haverá o desligamento do fornecimento de água durante todo o dia. A previsão é de que o serviço volte à normalidade a partir das 18 horas nos três dias.
De acordo com o que já foi divulgado pelo diretor superintendente, Ulysses Bottino Peres, a autarquia está setorizando a rede de distribuição de água e, em breve, se for necessário o desligamento para a realização de obras, a cidade inteira não será afetada, como ocorre atualmente, mas apenas a região em que for realizado o trabalho.

Fonte: Redação do Garca.Jor


Juiz manda tirar Rádio 950 do ar após erro com propaganda eleitoral

O juiz auxiliar da propaganda eleitoral de Marília, Afonso Celso da Silva, determinou que a Rádio 950 AM fique oito horas fora do ar como forma de punição pela utilização ilegal da emissora durante horário eleitoral pelo deputado estadual Abelardo Camarinha (PSB).
O parlamentar é sócio do veículo de comunicação e a suspensão temporária da programação deve acontecer após o horário eleitoral do meio-dia em, até 48 horas após a intimação dos responsáveis pela rádio.
A decisão do magistrado saiu no domingo, 23 de setembro, e caso seja descumprida a multa prevista é de R$ 20 mil por dia. Os fatos que deram origem ao procedimento judicial aconteceram nos dias 10 e 11 de setembro.
A ação foi movida pela candidata a deputada estadual Dani Alonso (PR), que alegou ter sido atacada por Abelardo Camarinha. O pai dela, prefeito Daniel Alonso (PSDB) também sofreu críticas do acusado.
De acordo com Dani Alonso, com seus atos Abelardo teria favorecido seu filho, Vinícius Camarinha (PSB), que também disputa uma vaga na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, por onde já teve passagem.
O juiz, no entanto, entendeu que as críticas feitas por Abelardo, fazem “parte do jogo democrático”. O problema foi a não veiculação adequada da propaganda eleitoral.
A defesa de Abelardo alegou que um problema técnico impediu a transmissão e, por isso, o parlamentar estadual utilizou os microfones.
Em caso de reincidência, a próxima suspensão da programação pode ser aumentada para até 24 horas seguidas.
Outros pedidos feitos por Dani Alonso, não tiveram o mérito julgado e resultaram em extinção das representações.
Ela havia solicitado, sem sucesso, que Abelardo fosse proibido de fazer comentários e dar entrevistas na Rádio 950 AM. A candidata também havia solicitado a determinação de que o parlamentar se abstivesse de realizar ataques e citações sobre ela.
Em entrevista ao Marília Notícia, Abelardo Camarinha considerou justa a decisão do magistrado no caso e exaltou o arquivamento da representação nos aspectos que o envolvem sem julgamento do mérito. “O juiz fez Justiça”.
“Eu não fiz críticas a ela [Dani Alonso]. Fiz e vou continuar fazendo contra o Daniel Alonso. Tenho dado entrevistas sobre a abertura do terminal, a falta de uniforme, 25 mil marilienses protestados”, disse o deputado.
Abelardo também afirmou que Daniel tem governado visando interesses próprios e não aceita críticas.
Sobre a punição contra a Rádio 950 AM, o deputado também considerou “justa e legítima”. “A rádio deixou de transmitir 24 minutos do horário eleitoral. Então, quem errou, paga pelo erro”.

Fonte: Marília Notícias


Vietnã nomeia primeira mulher na Presidência da República

A Assembleia Nacional do Vietnã nomeou Danh Thi Ngoc Thinh presidente provisória da República Socialista, após a morte, na sexta-feira, 21 de setembro, em Hanói, do chefe de Estado anterior, Tran Dai Quang, segundo comunicado oficial.
Thinh, até o momento vice-presidente do país, se tornou a primeira vietnamita a chegar à chefia de Estado, embora seja de forma interina, pois se espera que a Assembleia Nacional eleja um novo presidente em sua sessão plenária de outubro ou, em no mais tardar, em maio de 2019.
A nova governante, de 59 anos, ocupou a vice-presidência desde abril de 2016 depois de ter se destacado como vice-presidente da União das Mulheres Vietnamitas, associação muito influente no Vietnã, e como secretária-geral do Partido Comunista na província de Vinh Long, no sul do país.
Thinh assume seu novo cargo com funções representativas e pouco poder executivo, enquanto o regime comunista prepara o funeral de Estado de Quang para os dias 26 e 27, declarados de luto nacional.
Na quarta-feira, 26 de setembro, os vietnamitas poderão se despedir de Quang na Casa Funerária Nacional de Hanói antes da cerimônia de quinta-feira, quando o corpo será levado para sua província natal, Nin Binh, para ser enterrado.
Durante os dois dias de luto, as bandeiras nacionais serão hasteadas a meio-mastro nos prédios oficiais e serão proibidos todos os eventos de entretenimento público.
Quang, de 61 anos, permaneceu ativo até sua morte por causa de uma doença viral contraída há um ano e sobre a qual as autoridades não revelaram mais detalhes.

Fonte: Agência Brasil


MP pede liminar para obrigar hospital mariliense a retomar exames de ressonância

O Ministério Público do Estado de São Paulo protocolou na Justiça um pedido de liminar para que o Hospital das Clínicas de Marília e a Fazenda Pública do Estado providenciem em 120 dias um equipamento ou contratem uma empresa terceirizada para retomar os exames de ressonância magnética.
Os exames estão paralisados há mais de um ano por defeitos do único equipamento disponível no hospital, que é referência para atendimento pelo SUS em Marília e mais 61  cidades da região.
A promessa de um repasse de recursos para compra de novo equipamento feita há quase um mês, no final de agosto, ainda não saiu do papel.
O juiz Walmir Idalêncio dos Santos Cruz abriu prazo para que o HC e a Fazenda do Estado apresentem sua defesa antes de decidir sobre o pedido da liminar,
O exame de ressonância permite investigar doenças ou lesões neurológicas, ortopédicas e diferentes formas de problemas que envolvem diagnóstico de doenças como câncer, esclerose ou infartos.

Fonte: Giro Marília


Univem participa de Congresso da Paz realizado em Bogotá

O Centro Universitário Eurípides de Marília – Univem esteve presente no III Congresso da Paz, em Bogotá, Colômbia. O evento foi realizado na Universidade Católica da Colômbia  - UCC, nos dias 11 e 12 deste mês.
Representaram a instituição de ensino superior o Pró-Reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, Prof. Dr. Lafayette Pozzoli e a Pró-Reitora de Graduação, Profª Drª Raquel Ferraroni Sanches, além de alunos da graduação e mestrado em Direito do Univem que apresentaram artigos em grupos de trabalho.
Segundo explicou o Prof. Dr. Lafayette Pozzoli, o III ConPaz representou a consolidação de um projeto de desenvolver congressos não só na área do Direito, mas que envolvessem todas as áreas do conhecimento.
“O conceito de paz está presente em todas as áreas. Nossa preocupação, num primeiro momento, foi trabalhar a internacionalização do Univem, oferecendo aos nossos alunos a oportunidade de discutir a paz dentro do Direito e de fazer algum trabalho fora do país. Hoje, essas discussões atingiram profissionais e alunos de outras áreas do conhecimento”, destacou. Durante o III ConPaz o Prof. Lafayette Pozzoli proferiu a palestra “La paz, el principio constitucional de la fraternidade y el derecho como función promocional de la dignidade de persona humana”, afirmou o Prof. Dr. Lafayette.
“A cada Congresso ampliamos nossa noção de entendimento sobre os processos que conduzem a paz”, comentou a Profª Drª Raquel Ferraroni Sanches que proferiu a palestra “La constante búsqueda por la formación humanista para la enseñanza jurídica”.
Segundo ela, esse é um importante processo de imersão onde diferentes países discutem mecanismos que devem ser adotados para alcançar um caminho de convivência harmônica. “Esse é o papel da educação como um todo: promover a consciência do cidadão para que ele trabalhe cada vez mais em busca da paz, e o Univem já trabalha a passos largos nesse trabalho”, destacou.
Aluna do 6º termo do curso de Direito do Univem, Maria de Fátima Rodrigues de Oliveira, participou das três edições do Congresso da Paz. Para ela, uma oportunidade ímpar de agregar conhecimento.
“É fundamental conhecermos a visão de Direitos de outros países. É uma possibilidade de absorver e incorporar experiências para o nosso país. No mundo atual, onde o poder e a disputa imperam, é preciso ser firme no propósito de termos um mundo melhor, mais fraterno, livre dos problemas e conflitos, e nós, como operadores do Direito, temos que lutar por isso”, ressaltou.
A previsão é de o IV Congresso da Paz seja realizado na Argentina, o V no México e o VI ConPaz na República Dominicana. Mais informações estão disponíveis no site do Mestrado do Univem ou por e-mail mestradojus@univem.edu.br

Fonte: Visão Notícias


sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Reunião apresenta Plano Diretor Municipal de Controle de Erosão Rural

Convocada pela Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, uma reunião foi realizada na noite da quinta-feira, 20 de setembro, para apresentação à sociedade garcense do Plano Diretor Municipal de Controle de Erosão Rural. O levantamento foi realizado pela empresa Ventus e detalha a zona rural do município.
São 14 mapas que abordam diversas frentes de análises como tipo do solo, quais culturas são praticadas, extensão das estradas rurais e asfaltadas, extensão dos rios, todas as nascentes catalogadas, altitudes que podem verificadas dentro do território total - as nossas vão de 440 metros no ponto mais baixo a 700 metros no ponto mais alto.
O prefeito João Carlos dos Santos (DEM) falou sobre o motivo da realização do plano: "Agora nós podemos definir algumas prioridades. Ele trata de nossos recursos hídricos e das nossas oportunidades de manutenção e preservação de toda uma área de recursos naturais muito importante para o município. Nós somos um município cheio de riquezas e que precisam ser preservadas em nossos 550 Km², e este trabalho nos traz um direcionamento para as áreas que precisam de um esforço maior nessas ações", disse.
Um outro fator importante são os dados técnicos necessários quando da necessidade de buscar recursos públicos. O Prefeito também falou sobre isto: "Principalmente na hora de buscar dinheiro dentro dos programa federais é importante termos uma forte sustentação técnica, e o plano é uma das exigências. Agora estamos preparando o município tecnicamente para termos acesso a estes recursos nos adequando à legislação atual".
Sobre alguns dados apresentados, o prefeito destacou: "Hoje nós sabemos que, dentre as oito pontos da zona rural, duas delas precisam de melhorias. Sabemos que temos 183 km de estradas rurais. Ficamos sabendo também, com muita surpresas, que há 1052 nascentes dentro do nosso espaço, e todas estão catalogadas e identificadas com as coordenadas geográficas. Temos hoje noção de onde precisam ser feitas as melhorias para que possamos continuar a ter em nossa cidade a captação de água de superfície. É bom deixar claro que Garça é o único município dentro dos mais de 60 que integram as bacias do Aguapeí e Peixe que faz este  tipo de captação".
Os dados que foram apresentados devem ser disponibilizados em breve por meio do site oficial da Prefeitura na internet.

Fonte: Redação do Garca.Jor


Cup of Excellence: 300 amostras disputam título de melhor café especial do Brasil

Nesta sexta-feira, 21 de setembro, foi finalizado o processo de pré-seleção do Cup of Excellence Brazil 2018, que classificou 300 amostras para a fase nacional nas categorias "Naturals" e "Pulped Naturals". Ao todo, foram inscritos mais de mil lotes, dos quais 300 permanecem na disputa pelo reconhecimento de melhores cafés especiais do país na safra 2018. O principal concurso de qualidade do mundo integra as ações do projeto setorial "Brazil. The Coffee Nation" e é realizado pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Alliance for Coffee Excellence (ACE).
Na categoria Naturals, 150 lotes de café foram classificados à fase nacional, com destaque para a Indicação de Procedência da Mantiqueira de Minas Gerais, que conta com 42 representantes (28% do total) na próxima etapa. Na sequência, vêm as origens produtoras do Sul de Minas e da Denominação de Origem do Cerrado Mineiro, cada uma com 33 amostras (22%); Matas de Minas, com 20 lotes (13,3%); Chapada Diamantina, na Bahia, e Média Mogiana, em São Paulo, com cinco cafés (3,3%) cada; Indicação de Procedência da Alta Mogiana Paulista, com quatro amostras (2,7%); Montanhas do Espírito Santo, com três (1,3%); e Planalto Central, região paulista de Ourinhos e Avaré e Indicação de Procedência do Norte Pioneiro do Paraná, com um lote (0,7%%) cada (resultado completo no site da BSCA http://brazilcoffeenation.com.br/contest-edition/show/id/10).
A Indicação de Procedência da Mantiqueira de Minas Gerais também se destacou na categoria Pulped Naturals. A região terá 33 amostras na fase nacional, respondendo por 22% do total de 150 classificadas para esta etapa. Entre os demais qualificados, 31 lotes (20,7%) são originários das Matas de Minas, 29 (19,3%) da Chapada Diamantina, 20 (13,3%) da Denominação de Origem do Cerrado Mineiro, 14 (9,3%) do Sul de Minas, 12 (8%) das Montanhas do Espírito Santo, quatro (2,7%) do Planalto de Vitória da Conquista (BA), três (2%) da Chapada de Minas e da Indicação de Procedência do Norte Pioneiro do Paraná e uma (0,7%) da Média Mogiana Paulista (resultado no site da BSCA: http://brazilcoffeenation.com.br/contest-edition/show/id/11).
Os melhores cafés da categoria Pulped Naturals, destinada aos grãos cerejas descascados e despolpados/desmucilados, serão reavaliados na fase nacional entre os dias 4 e 7 de outubro. Já os pré-selecionados na Naturals, que engloba os cafés colhidos e secos com casca, passarão por nova análise de 8 a 11 do próximo mês. O júri nacional analisará esses cafés de acordo com propriedades como corpo, sabor, doçura e grau de acidez, dando notas de 0 (zero) a 100 pontos, conforme tabela oficial do Cup of Excellence.
As 40 melhores amostras de cada categoria que voltarem a ter desempenho igual ou superior a 86 pontos serão classificadas para a fase internacional do concurso, que ocorrerá entre 15 e 21 de outubro no Assoxupé Club, em Guaxupé, Sul de Minas Gerais, e tem a cooperativa Cooxupé e a empresa SMC Specialty Coffees como anfitriãs. Os lotes que mantiverem seu padrão de qualidade com base na pontuação do concurso serão eleitos os melhores cafés especiais do Brasil na safra 2018 e ofertados, em disputado leilão via Internet, aos principais compradores mundiais. Todo o trâmite do Cup of Excellence Brazil 2018 está sob auditoria da Agricert Brasil.
O projeto setorial é desenvolvido em parceria pela BSCA e pela Apex-Brasil e tem como foco a promoção comercial dos cafés especiais brasileiros no mercado externo. O objetivo é reforçar a imagem dos produtos nacionais em todo o mundo e posicionar o Brasil como fornecedor de alta qualidade, com utilização de tecnologia de ponta decorrente de pesquisas realizadas no país. O projeto visa, ainda, a expor os processos exclusivos de certificação e rastreabilidade adotados na produção nacional de cafés especiais, evidenciando sua responsabilidade socioambiental e incorporando vantagem competitiva aos produtos brasileiros.
 Iniciado em 2008, a vigência do atual projeto se dá até maio de 2020, tendo como mercados-alvo: (i) Alemanha, Austrália, Canadá, China, Coréia do Sul, Estados Unidos, Itália, Japão, Noruega, Nova Zelândia, Polônia, Reino Unido, Rússia, Taiwan (Formosa) e Turquia para os cafés crus especiais; e (ii) Argentina, China e Estados Unidos para os produtos da indústria de torrefação e moagem.

Fonte: Redação do Garca.Jor